1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Japonesas perdem posto de mais longevas

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 29 Jul 2012.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    O tsunami que varreu a costa japonesa em março de 2011 levou consigo um título pelo qual o país asiático costumava ser lembrado: o de população feminina mais longeva.

    Essa coroa estava no cocuruto das japonesas há 26 anos, de acordo com rankings globais de expectativa de vida. Na semana passada, o governo japonês lamentou a queda, culpando o desastre e o aumento nos suicídios.

    Com as quase 20 mil mortes ou desaparecimentos, a expectativa de vida feminina caiu 0,4 pontos no Japão, ficando com 85,9 anos. Em Hong Kong, o índice é 86,7.

    Os homens japoneses vivem em média 79,44 anos, o que significa um empate com os italianos. Os mais longevos são os suíços, com 80,2.

    No Brasil, dados do IBGE dão conta de que mulheres tinham expectativa de vida de 77,32 anos, em 2010. O número para homens era 69,73.

    O Japão é o 10º país mais populoso do mundo. Com avanços no sistema de saúde e uma taxa de natalidade em declínio, essa nação asiática tornou-se também uma das sociedades mais velhas e de envelhecimento mais veloz.

    É uma tendência particularmente acentuada no nordeste do arquipélago, em que a falta de postos de trabalho já havia afugentado jovens.

    CIRCUNSTANCIAL

    O conceito de "expectativa de vida ao nascer" se refere ao número de anos que um recém-nascido deve viver caso as circunstâncias atuais permaneçam as mesmas.

    Outros desastres já tinham tido impacto semelhante nesse índice, incluindo pandemias, guerras mundiais e demais eventos de mortalidade.

    Especialistas apontam que nas próximas pesquisas as japonesas devem recuperar a coroa das mais longevas. Mas é necessário ter cautela, se quiserem manter esse título.

    Altas taxas de fumo, suicídio e massa corporal têm recentemente colocado o mérito de viver mais em risco no país.

    Além disso, a expectativa de vida tem seu revezes, como a manutenção do sistema de saúde. Mais de uma a cada cinco pessoas no Japão são mais velhas do que 65 anos. Na área rural, uma a cada três.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Foi um episódio triste mesmo, e as maiores vítimas nestes casos sempre são os idosos e as crianças. E não é uma queda muito acentuada; em pouco tempo eles recupreram o título.

    Beeeeem diferente das terras de cá onde a expecativa de vida masculina diminui em função da violência e da feminina em decorrência de doenças. Com a saúde que temos, não sei como não temos a longevidade de um cidadão romano.
     
  3. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Essa taxa de suicidio alta é uma coisa que assusta na sociedade japonesa que é sempre uma coisa muito conflitante uma pessoa nascer nesse país tendo acesso a excelentes escolas, hospitais, altíssima tecnologia, mas a felicidade não é plena.
     

Compartilhar