1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Irmão Padre, Irmã Puta (Princess, 2006)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Elfo_Surfista, 27 Set 2006.

  1. Elfo_Surfista

    Elfo_Surfista Peidei...

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    WOOT... Esse é o quarto filme que assisto nesse festival (os outros foram, dália negra, babel e the wind that shakes the barley) e pelo menos para mim a satisfação continua totalmente em alta.

    O filme é bem diferente, pois mistura animação com cenas reais achei isso particularmente interessante pois sobrecarrega a personalidade dos personagens tornando-os mais "humanos".

    A história do filme é sobre um padre que fica sabendo da morte da irmã por overdose e volta para suas origens após o ocorrido. Acontece que a irmã do padre era uma atriz pornô que deixou uma fiilha bem novinha, a qual o padre encontra sendo criada num bordel. A partir daí o religioso começa a tentar retirar do mercado todo o material da irmã numa espécie de cruzada contra a pornografia.

    O Filme tem uma carga bem pesada em torno do sexo como tema (claro vindo junto com bastante violência), principalmente quando se utiliza da menininha para potencializar isso com cenas que realmente ficariam intragáveis se feitas com atores reais como na cena em que a menina praticamente oferece "serviços orais" ao padre.

    Enfim, saí do cinema um pouco pesado mas filmes do gênero me agradam bastante mesmo com a sensação de assisti-los não serem das mais agradáveis. Um prato cheio para quem deseja assistir um filme/desenho forte e impactante.

    Quase igual aos da disney :obiggraz:
     

Compartilhar