1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Internação involuntária para usuários de crack, sim ou não?

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Vini- O, 9 Mar 2012.

  1. Vini- O

    Vini- O Usuário

    Ao invés de postar matéria, estou postando um video sobre o assunto.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    E ai, internação compulsória, resolve o problema?
     
  2. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Nunca!!
    É um absurdo isso!! É imoral, anti-humano!!
    Eu nem sei como argumentar contra isso, de verdade, eu acho tão fora da realidade voce internar compulsoriamente QUALQUER doente que eu acredito que nem precisa debater contra.

    Isso me lembra uns grupo de extrema direita nos EUA que querem internar todos os contaminados com o virus da AIDS em hospitais.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  3. Amon_Gwareth

    Amon_Gwareth Paragon

    Então, é conhecimento comum que internamento não resolve o problema da dependência se não existir vontade espontânea do dependente. isso pode ser constatado em absolutamente qualquer clínica - desde as particulares extremamente especializadas e eficientes, até as ineficientes que são as públicas.

    além do problema citado pelo Felagund, temos esse, o que torna a proposta em si mais absurda ainda. Quer dizer, se o objetivo é curar o dependente, temos que é impossível. Se é isolá-lo, é anti-constitucional, pois não existe acusação formal que justifique isto.

    (btw, cabei de comprar o vigiar e punir :joy:)
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  4. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Por mais que a internação seja pro bem, sou contra tudo que é feito de forma involuntária, pois se abre o precedente pra que outras coisas/ações involuntárias sejam feitas também.
     
  5. Vini- O

    Vini- O Usuário

    Excelente livro, de Foucault recomendo também, "A microfísica do poder".

    Ambos livros esclarecedores.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  6. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    É bem por aí. Se de livre e expontânea vontade já é complicado o cara se curar, imagina contra a vontade. Ainda mais com o vício do crack, que dizem que é um dos piores de largar.
     
  7. Pearl

    Pearl Usuário

    É estranho que a ideia do plano de saúde mental do governo é diminuir leitos/hospitais psiquiátricos, o que já gera problemas quando há necessidade de internação. Além de antiético o SUS não tem estrutura para receber esse número de dependentes. Mas... eu sou muito a favor de invenstimento nas CAPS ou nas SERSANS e são muito poucas. Já procurei aqui na minha cidade e é dificil acho que tudo são apenas 7.
     
  8. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Dependendo da situação do doente sou a favor de medidas judiciais de contenção. Não vou ficar parado vendo uma pessoa apodrecer para posar de defesa de que a solução para todos os problemas do mundo é que "cada um faz o que quer". Para casos de perturbação pública perigosa que são uma forma de o doente pedir socorro a sociedade, uma interdição judicial deve ser providenciada e o viciado convocado.

    Em casos de tentativa de agressão contra patrimônio particular ou contra pessoas vale a regra da defesa pessoal. Na hora de invasão e crime nunca dá para perguntar se o sujeito possui ou não diagnóstico.
     
  9. Pearl

    Pearl Usuário

    Bom, nesses casos há realmente um crime que a pessoa é inimputável. Então deve-se conter para tratamento do doente. Mas na internação compulsória o único crime (apesar de hoje não ser visto mais assim) é ser usuário de droga, não existe o crime atrelado.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  10. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Ocorre pressão ideológica para desconectarem a palavra vício da realidade. Como vício tem a ver mais com descontrole do que com crime fazem vista grossa para o risco que existe. No Brasil especialmente existe uma cultura de subestimar riscos graves e acidentes grandes como incêndios e desabamentos em chuva acontecem quando as pessoas fazem piada do risco e ninguém faz nada. O brasileiro é desunido na hora de se prevenir e também o é na hora de encontrar solução. O facebook anda povoado de usuários que preferem inflar uma polêmica do que ficar do lado da solução.
     
  11. Ivo Basay®

    Ivo Basay® Banned

    A internação pode até ser uma atitude positiva, mas não é solução definitiva não.
     

Compartilhar