1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Inferno : Existe ou não ?!

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Suaox, 25 Abr 2003.

  1. Suaox

    Suaox tr00 Norwegian

    Será o Inferno e o Demônio, apenas uma mera criação da igreja para trazer "fiéis" aos templos ?!

    E a Bíblia, outra criação, ou apenas um livro escrito por aqueles que nada tinham a fazer e simplesmente gostavam de literatura, já que a Bíblia é uma estória de um homem (Jesus) ?!

    E Jesus seria apenas um homem que adorava a Solidariedade, e ficou famoso apenas por isso, mas ao longo do tempo a história foi aumentando até chegarmos no "Filho de Deus que fazia Milagres" ?!
     
  2. -Feanor-

    -Feanor- Usuário

    Inferno não existe e jesus era apenas um fanático religioso militarista que foi romantizado para fins políticos.
     
  3. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Se existe ou não, pelo menos tem sua função.
     
  4. Ellion Cold

    Ellion Cold Usuário

    Concordo. Apesar de não haver provas suficientes, é nisso que acredito até o presente momento.
     
  5. Silenzio

    Silenzio Visitante

    Ditto
     
  6. Liurom

    Liurom Usuário

    Alto lá! :x Esse tópico é para discutir o inferno ou Jesus? :o?: :o?: :o?: Ao menos, não vamos culpar Jesus pela idéia de inferno. Ela é bem mais antiga do que ele.

    Agora vou dar meu palpite sobre o inferno. Mas não venham me contradizer (que nem naquele tópico sobre Deus), dizendo que não está provado, porque não está mesmo. É só um palpite, uma crença pessoal. Não tenho a menor pretensão de convencer ninguém. Cada um acredite no que quiser.

    Quanto ao inferno, na minha opinião, ele não existe como "um lugar" cheio de fogo e enxofre. Pelo menos não é nem um pouco parecido com a visão católica do inferno. Essa noção foi obviamente elaborada para fins políticos, especialmente na Idade Média. Convenhamos, que o inferno precisava mesmo ser uma coisa muito terrível para meter medo nos medievais, que já tinham uma vida bem miserável. :wink:


    Para mim, o inferno é um estado de espírito, de dor intensa e infelicidade pelos desejos e sonhos frustrados. A pessoa pode estar viva aqui na Terra e estar no inferno. Deus não condena ao inferno. É a própria pessoa, por ignorância, que se condena. Digamos que a vida após a morte seja parecida com a nossa vida. Se a pessoa sofre, odeia, inveja, sente-se culpada, durante a vida, após a morte vai continuar experimentando as mesmas sensações, só que talvez de forma mais intensa, porque os sentidos do espírito são mais perfeito que os sentidos humanos. A "auto-condenção" ao inferno está longe de ser eterna. Só persiste enquanto persistem os mesmos vícios.
     
  7. Avenger

    Avenger Usuário

    O inferno não existe da forma q foi colocado no primeiro post, o demonio é uma egrégora.
    Para a época em q Jesus viveu ele não foi nenhum fanático religioso.
    Qto a sua existencia não há muitas provas concretas além da bíblia, de uma lápide do suposto irmao dele e do santo sudário. Se ele existiu como pessoa foi alguem notável mas não teve muita repercussão na época em q vivia.
    Os primeiros seguidores de Jesus não eram populares, mas com o tempo foram convertendo cada vez mais gente até q o governo romano por conveniencia adotou o cristianismo e criou a Igreja Catolica e usou para seus fins politicos. Jesus ou os apóstolos não tem nada a ver com as deturpações e uso q fizeram de suas idéias.
    O antigo testamento da biblia é uma copia do Talmude que é praticamente um tratado de ocultismo, mas adaptada pela Igreja e ai foram agradados diversos livros de autores pós-Jesus, tambem adaptados conforme a necessidade da Igreja, dai sugiu a biblia.
     
  8. Ellion Cold

    Ellion Cold Usuário

    Se o inferno for um tipo de auto-condenação, algo psicológico, é falho. Um assassino, por exemplo, pode não "ir" a este inferno com uma auto-crítica, pois pode não ver nada demais nos atos que cometeu.
     
  9. Liurom

    Liurom Usuário

    Compreendo a sua crítica, L-Som e ela é muito lógica. Tiro o chapéu para você :wink: Teria até uma resposta para ela, mas não sei nem se vale a pena postar. Na verdade, já tenho muito receio de postar em tópicos como esse, porque não posso provar nada. Nada mesmo! :osigh: Acho que tópicos assim são válidos como uma espécie de coletânea de crenças, de percepções de mundo diferentes. Mas não é muito bom para discutir, porque qualquer discussão esbarra na impossibilidade de provar e, logo, de convencer (pelo menos no meu caso).

    Por isso é que eu gosto de escrever livros, porque lá posso falar as coisas mais estapafúrdias, fazer os raciocínios mais estranhos e se alguém discordar, digo que é opinião do personagem. :lol: Afinal, nessas questões cosmológicas eu tenho dúvidas e algumas crenças (das quais às vezes duvido). E só.
     
  10. Pavanelli

    Pavanelli Usuário

    Um assassino não precisa ir pra um inferno pra sofrer. Se vc acredita em espiritismo (não que eu acredite mas acho bem interessante), a alma da pessoa que foi assassinada fica atormentando ela até o assassino se matar.

    Segundo essa "religião" existe o umbral, que é como se fosse o inferno. Só que vc não fica sendo açoitado, vc faz o seu inferno lá e sofre por quanto tempo vc quiser, até vc deixar ser ajudado pelos espiritos "bons".

    Se tudo fosse tão fácil assim....

    Pra mim não existe nem céu nem inferno e quando a gente morrer vai ficar flutuando num espaço vazio até encontrar um outro corpo pra habitar.
     
  11. Eönwë

    Eönwë Usuário

    Eua ccho que não existe Inferno, por uma razão muito simples: não há motivos para ele existir.

    O que a Igreja Católica diz é que você vai pro inferno pra ser punido pelas coisas ruins que você fez em vida. Mas está mais do que claro que a punição não é solução pra quase nada. Ir para o Inferno ia te punir, sim, mas você, em outra possível vida, ia continuar cometendo os mesmos erros. Exemplo concreto: muitos bandidos vão para a cadeia, passão um tempão lá sendo punidos, mas quando saem continua fazendo as mesmas besteiras. O Inferno, como proposrto pela Igreja, não ia funcionar, e por isso não teria motivo pra existir.

    Se o objetivo de existir um Inferno é que as pessoas não cometam mais os mesmos erros, ele deveria ser um lugar de conscientização e reeducação, não de punição. Ia funcionar muito melhor.

    (Mas eu não acredito em Inferno, de jeito nenhum.)
     
  12. patrah

    patrah Usuário

    Inferno é um estado de consciência. E é de acordo c/o arrependimento ou remorso, e depende do conhecimento ou ignorância que se tem de algo que se fêz. è um estado da alma.
    O conceito de ser o inferno um lugar "fisico" onde tem um :evil: te esperando c/um garfo, é o mesmo conceito que a maioria tem de um Deus de barbas brancas sentado num trono (são linguagens metaforicas).

    De onde saiu a idéia de que JC. era militarista? Não sou evangélica nem coisa nenhuma, mas, JC foi um grande homem, um ser iluminado, e a Igreja Católica, infelizmente distorceu muita coisa a respeito dele...
     
  13. muäh

    muäh Usuário

    Hehe eu não sei dizer o q eh o inferno, mas acho q não é um lugar q ficar deibaixo da terra com fogo p/ todos os lados, e um diabinho com chifrinhos, rabinho e um tridente na mão :mrgreen:

    Acho q esse lance de inferno, demônio e tal... é algo q existe dentro da gente, sei lá, como se todo esse papo de inferno fosse inventado p/ retratar o lado mal das pessoas, não sei se estou sendo clara pq sou horrível pra explicar esse tipo de coisa...
     
  14. Litzhel

    Litzhel Delirium

    Quem diz que Inferno é um estado de espirito ou consciencia, apenas quer justificar porque crê nele. As pessoas as vezes querem mostrar que algo existe, sem dizer com as mesmas palavras que a maioria diz, pra tentar fazer com que a pessoa ache certo. Mas eu continuo achando errado. Nem céu, nem inferno existem, até que me provem o contrario... coisa que eu só vou saber quando morrer, ou nem assim talvez. Uma coisa é certa, a Igreja 'criou' o inferno pra ter algo pra chamar os fieis a sua crença, um jeito de dizer "se você não crer em Deus, você definhará por todos os dias no Inferno, sendo torturado, estuprado, e sofrendo nas mãos do Demonio", ah cara, poupe-me. Pior que tem gente que tem medo mesmo. Na verdade nao me interessa o que virá depois de eu morrer, o que interessa é o que eu faço agora. Se minha consciencia estiver de bem com o resto do qeu existe em mim, é que interessa. Se eu matar alguem, minha consciencia já nao vai ser mais a mesma... e isso vai me prejudicar na minha vida aqui, nao to interessada se me prejudicará depois, quando morrer. O que interessa é o que vivemos aqui, e como nos sentimos aqui.
     
  15. Faram¡r

    Faram¡r Dr. Benway

    Afinal ... o que se discute aqui? A existencia do Inferno, de fato? Porque se for isso, a discussão invariavelmente caira para a Teologia, pois nenhuma Ciência se propoe a discutir questões dessa ordem.

    Bem ... então vou considerar algumas coisas. A Igreja não criou o Inferno, pois ele é vagamente descrito nos textos bíblicos, que são anteriores a formação dessa instituição. O que a Igreja, ou as Igrejas fizeram foi interpretar esses textos antigos, a Bíblia, e usa-los para os mais diversos fins essa interpretação, inclusive o citado controle social.

    A partir desse pressuposto, existe um campo vastissimo de estudos, sobre as representações do Inferno, pelas mais variadas culturas, religiões e neveis sociais, muitas delas que persistem ate hoje.
     
  16. Green Arrow

    Green Arrow Usuário

    O Inferno não existe por questões lógicas que desafiam o conceito da divindade única:

    Por que Deus, sendo infinitamente justo e bom, condenaria uma pessoa, por mais errada que estivesse, a uma eternidade de provações?

    Por isso, na nossa ignorancia criamos uma definição de inferno que não corresponde a realidade.
     
  17. Arandelis

    Arandelis If I can dream

    Discordo de ti. O inferno religioso, aquele com o demo e etc, de fato pra mim não existe. Mas o inferno, como tudo o mais na Bíblia, pra mim é uma alegoria. Quem faz ou não o próprio inferno somos nós. A gente colhe aquilo que a gente planta, simples assim.

    Quanto à crítica do L-Som, com relação ao inferno de "auto-condenação". Eu concordo com ela. Mas o inferno de cada um vai ser feito de acordo com a noção que cada um tem do bem e do mal, do certo e do errado. O inferno para o assassino pode ser diferente do que é para nós.

    Quanto a Jesus... eu não creio que ele tenha sido de fato o Messias. Se é que ele existiu, ele foi um homem que viu muito à frente do seu tempo. Tão à frente que até hoje seu pensamento e suas palavras influenciam parte da humanidade :wink:

    Liurom, eu gostaria de ver a sua resposta ao L-Som, se você puder postá-la. =)
     
  18. Jesus existe sim...
    assim como já existiu joão.. joaquim...zé da eskina...lalalala

    Inferno?
    pura inveçõa da igreja medieval pra fazer com que todos cultivassem o catolicismo...
     
  19. Sméagol

    Sméagol Usuário

    Não acredito em inferno como um lugar em chamas, cheiro de enxofre e outras coisas que dizem. Como acredito um muita coisa espírita, acredito mais que o "inferno" seria um estado espiritual, devido uma encarnação mal vivida. Mas, cada um tem sua opinião, isso não tem como ser provado... :wink:
     
  20. Sra. Pseudo

    Sra. Pseudo I'm a blueberry pie.

    Mt bem lembrado.Mas há duas coisas que não há como negar: 1- A Biblia é interpretação pura.2- A Igreja n CRIOU o inferno mas se utiliza dele muito bem.

    Prova deste segundo ponto é um livro chamado " A Divina Revelação do Inferno".
    Há algum tempo atraz (quando eu ainda "era catolica") meu maior medo era de ir pro inferno (:lol:). Pq eu pensava diferente de tudo o que o padre dizia. Eu achava q eu iria pro inferno por pensar do modo como eu pensava. Dai li esse livro. A mulher q escreveu disse ter recebido a visita de Jesus Cristo enquanto estava doente e este havia lhe mostrado o céu e o inferno para q ela escrevesse um livro sobre isso, pra contar as pessoas. Bizarrissimo o livro. Eu fiquei horrorizada e mais neurotica do q ja era. Depos percebi q akilo n passava de uma tentativa de AMEDONTAR as pessoas.

    Quem puder(e encontrar) leia. Vale a pena. Como bra de ficção é mt bom e inda por cima vcs vao confirmar essa "teoria".
     

Compartilhar