1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Indenização por informação errada em site

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Edrahil, 28 Fev 2007.

  1. Edrahil

    Edrahil Usuário

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Se a moda pega ...

    Eu sou contra essa moda de indenização. Logo não poderá nem se espirrar do lado de alguém, que poderá gerar uma indenização.

    Concordo que a empresa deveria manter suas informações atualizadas, mas gerar uma indenização por não proceder assim é algo meio que forçado.
     
    Última edição: 28 Fev 2007
  2. Anna Cwen

    Anna Cwen Ourificada

    eu não acho absurdo ele ir à justiça, mas acho o valor da indenização alto demais.

    quanto à essa coisa de 'a moda pegar', eu até entendo o seu ponto de vista - realmente não gostaria de ver o brasil adotar o american way neste sentido - mas às vezes as empresas exageram também, né? e só mesmo indo à justiça e fazendo elas gastarem para que elas passem a se preocupar...

    no entanto, o argumento da empresa de que ela não firmou compromisso com o usuário é válido :think: afinal, ele não tinha comprado o bilhete, né? então não se confirmou a relação de consumo...
     
    Última edição: 28 Fev 2007
  3. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Na boa, acho que um cara desses tem é que tomar um banho de mijo pra deixar de ser fresco. A intolerância quanto a falhas tá chegando a um limite inaceitável.!

    Nem é o caso do american way, mas sim de entupir o judiciário de frescurinhas.... como se já não tivéssemos processos demais tramitando por aí :jornal:
     
  4. Ramalokion

    Ramalokion Mecha-de-Folha

    Bah... vcs são muito cheios de frrescuras! tem que processar mesmo e pegar indenização.

    Em 1 ano vc vai ver tudop que é emporesa trabalhando direitinho pra evitar confusão. O judiciario tá lotado? Façam mais concursos e teremos mais servidores. Simples.

    Viva as indenizações!
     
  5. Sarcasmo

    Sarcasmo Funfamento

    Em parte accho que ele está certo, mas o valor é absurdo. Pra mim tinha que ser pago tudo que ele gastou durante o tempo que ficou esperando e mais uma quantia para mostrar o quão a empresa lamenta. Agora duvido que essa bagaça chegue a 3.5 mil reais...
     
  6. Silenzio

    Silenzio Visitante

    Não, o que acontece é que o nível de exigência dos consumidores é que vem crescendo.
    E o advogado está certíssimo em correr atrás de seus direitos. Não pode-se permitir que as empresas comecem a oferecer produtos/serviços abaixo da qualidade aceitável. A concorrência e as indenizações são mecanismos que impedem isso de acontecer.

    Você pode achar que é apenas frescura dele, mas um executivo que tenha que enfrentar 17 horas de espera numa rodoviária com certeza não pensará assim. Pois 17 horas dele custa bem caro. Imagine um consultor que cobre R$ 500,00 reais (um valor não tão absurdo assim) por hora e tenha perdido todo esse tempo.
    Eu pessoalmente não entraria direto com uma ação. Primeiro entraria em contato com a empresa (de preferência com alguém do cargo de gerência pra cima) para reportar a situação e pedir algum uma posição, mesmo que seja a certeza de que medidas serão tomadas. Caso eu seja destratado, ai sim recorreria a meios legais.

    O advogado pode ter tido apenas a intenção de "fuder" a empresa e lucrar algo com isso, mas ainda assim está no seu direito como consumidor. O site da empresa é um meio de comunicação, e ela tem obrigação de zelar pelas informações contidas nele.
     
  7. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Weeeeeeeeee! Nós vivemos num país riquíssimo onde todas as pessoas são felizes e o presidente é o Mickey Mouse!!! :eba:

    Jedan, em tese tu tá certo, mas a realidade é bem diferente. A desorganização é inerente ao mundo. Esse mesmo advogado que processou a empresa de ônibus perdeu um prazo de um processo do cliente e deixou o cara na mão e deu uma desculpa esfarrapada.
     
  8. Anna Cwen

    Anna Cwen Ourificada

    Como eu falei, acho que principal atunuante pra empresa é que ela não vendeu a passagem. O cara simplesmente chegou lá na hora querendo comprá-la. Se o ônibus estivesse lotado, ele ia ficar na rodoviária do mesmo jeito.
     
  9. Edrahil

    Edrahil Usuário

    O artigo 37 do Código de Defesa do Consumidor é claro: é enganosa qualquer tipo de publicidade que divulga informação total ou parcialmente falsa capaz de induzir o consumidor a erro de julgamento.

    Assim, não há a necessidade de venda da passagem.
     
  10. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Na boa, o CDC reinventou o conceito de hipossuficiência...
     
  11. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    A minha rede de autocarros tem uma maneira mais engraçada e subtil de fazer as coisas - todos os anos, altera os horários sem avisar ninguém. Mas eu já resolvi esse assunto: passei a andar a pé. Até porque dificilmente isso iria para a frente num tribunal português...
     
  12. Isildur

    Isildur Oh, no... More Porcelaine!

    Eu acho que o cara tá certo mesmo. Se eu perder 17 horas da minha vida, ainda mais se estiver indo a algum lugar a trabalho, por causa de um erro crasso que a companhia teve 3 anos pra corrigir, acho justo que o meu tempo perdido seja pago.

    Assim como jornais e revistas online, os sites de serviço tem que ser chamados a responsabilidade pelas coisas que constam em seus sites. Pelo amor de Deus, são três anos!
     
  13. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    sei lá.
    Eu achei meio exagerado mesmo.

    Da próxima vez que eu for no Mcdonalds e me disserem que acabou um sabor X do sorvete, eu tb vou processar por 3,5 mil reais já que no site tá escrito que tem.
     
  14. Shazan

    Shazan siscapuliu

    Para quem tem pouco tempo ou urgência 17 horas podem sim ser MUITO desgastante, principalmente mentalmente. A empresa teria que se preocupar com a qualidade da informação ou ao menos prever isso em contrato ou algo do tipo, para não sofrer esse tipo de dano. É, o mundo é assim, dos "espertos". Interpretem positiva e negativamente, só não deixem de estar atentos.

    Se eu sofresse um atraso parecido em uma de minhas idas relativamente frequentes a Belo Horizonte, sendo que tenho apenas 36 horas pra ficar na cidade a cada 1 mês, eu não só ficaria bravo como ficaria absurdamente bravo, pra ser repetitivo e não usar palavras piores.
     
  15. Isildur

    Isildur Oh, no... More Porcelaine!

    Sim, se você ficar impossibilitado de sair de um Mcdonalds por 17 horas por causa de uma informação incorreta e que está desatualizada a três anos no site da loja, você tem mesmo que processar eles.
     
  16. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Ele só ficou 17 horas lá pq ele ainda quis pegar algum onibus daquele local.
    Poderia ele ter tentado ir de carro, avião, outra rodoviária.

    Se eu ficar esperando até o sabor que eu quero chegue naquele mcdonalds, bem capaz de ter que ficar esperando horas tb.
     
  17. Silenzio

    Silenzio Visitante

    O McDonald's anunciou em algum meio de comunicação o suposto sabor?
    Você dependia dele para a realização de possíveis negócios? A situação lhe causou algum constrangimento? Qual?
     
  18. Isildur

    Isildur Oh, no... More Porcelaine!

    Bom, se isso acontecer no Rio de Janeiro, você não vai pra outra rodoviária não, a menos que existam duas e ninguém nunca tenha me dito (obviamente estou falando de lugares onde saem ônibus pra outros estados). E se eu tivesse dinheiro pra ir de avião (ou se eu pudesse pagar por isso facilmente) eu já teria ido para o aeroporto.

    De qualquer forma, até onde me consta Teófilo Otoni não tem aeroporto. E muito provavelmente só tem uma rodoviária. :mrgreen:
     
  19. Elminster

    Elminster Usuário

    Realmente nossa justiça é de se espantar 8-O

    Temos uma ótima constituição de acordo com as de outros países

    Mas é como se algumas delas estivesse nas mãos de palhaços brincando :lol:
     
  20. Lukaz Drakon

    Lukaz Drakon Souls. I Eets Them.

    Eu concordo com quem disse que o valor da indenização é muito alto.

    Apesar de ter ficado 17 horas parado em uma cidade por culpa da empresa, ele também não se interessou em confirmar a informação na empresa antes de pegar o onibus. Caso isso tivesse sido feito, ninguém teria problemas.

    Até da pra pensar que o cara fez isso de propósito. :think:
     

Compartilhar