1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Incesto na história de Túrin

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por hoffsant, 4 Nov 2004.

  1. hoffsant

    hoffsant Usuário

    Uma coisa que me chamou a atenção ao ler o Silma e os CI foi a situação do incesto entre Túrin e Niennor. Acho que foi o lado mais podre da maldição de Morgoth e é chocante talvez devido à época em que foi escrito e por quem foi escrito, pois assuntos envolvendo sexo, e principalmente tabus como esse, não são muito recorrentes na obra de Tolkien. Penso o que o teria levado a ir por esse caminho, o que foi muito bom pois, como eu disse, deu um peso na história que pareceu o tiro de misericórdia (??) na da família de Húrin.
     
  2. pelego

    pelego Usuário

    O que pode ter levado a esse fato foi que bom, Tolkien deu uma amplitude magnífica a obra, sendo assim ele tentou criar as mais diversas situações possíveis na cabeça dele. É foi esse um episódio muito triste mesmo, eu não queria (acho q ninguem queria), mas é preciso reconhecer q foi escrito com maestria.
     
  3. ervadorei

    ervadorei Usuário

    um fato realmente chocante para a êpoca que foi escrito..mais tb chocante para
    quem lê atualmente...um incesto assim tão na cara...e com um desfecho
    de dois suicidas..dificil imaginar qual mensagem por tras desta estoria
    não sei se foi um tiro de misericordia.....foi algo mais assustador...talvez pq
    tenha tantos fatos marcantes a balada de Turin seja a ++sombria de tds as obras
     
  4. Tilion

    Tilion Administrador

    A história de Túrin é simplesmente a versão de Tolkien para uma história presente no Kalevala, o épico finlandês. A história em questão é a de Kullervo, onde também ocorre o incesto. Túrin é o Kullervo de Tolkien.

    Para mais detalhes entre as duas histórias, leia este meu post:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  5. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    Bom, Tolkien não diz explicitamente "E então Turin e Niniel foram para a cama e etc...". Quase nem se repara nesse facto. Não é nada propriamente chocante. Tolkien mantinha sim um certo tabu, pois se repararem bem esse facto é de certa maneira "ocultado"... Quase não é perceptivél no meio de todos os outros grandes acontecimentos da história de Turin.
     
  6. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    O incesto de Tolkien era mais sadio, ñ era algo tão fisico tão sexual, era um amor diferente, ñ apenas atração
     
  7. Eli Nerwen

    Eli Nerwen Usuário

    Caraca, acho que nunca tinha visto esse tópico... mas é como você disse, isso não tira de maneira alguma o mérito de Tolkien.
    A história de Túrin é, para mim uma das mais belas (e tristes) escritas por Tolkien, ainda mais com o tema que ele aborda na história e na época que foi escrito...

    Tolkien não abordava o amor dessa maneira direta, e, fazer isso nesse conto, seria até insensível, na minha opinião. Mas não é uma coisa imperceptível também. Devo confessar que eu estranhei um pouco no começo, não imaginei que Tolkien abordaria um tema como esse, mas ele mostrou mais uma vez sua maestria, e a história ficou sensível e bela...
     
  8. ervadorei

    ervadorei Usuário

    sim realmente Tolkien não fala que os dois foram para a cama
    mais a Nienor ficou gravida...certo?
    e se foi baseado em uma outra estoria que falava sobre sexo entre irmãos
    como Tolkien sendo um catolico fervoroso(segundo sempre ouço falar)
    resolveu se basear nisso para compor a balada ?

    ps:desculpem encher o saco mais tô com isso na cabeça :oops:
     
  9. Débora Elbereth

    Débora Elbereth Usuário

    Exatamente por fugir á regra e por ser surpreendente que eu gosto tanto desta história. É muito chocante e triste.

    Quem disse que uma história, pra ser boa, tem que terminar bem? :nope:
     
  10. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    O sexo provavelmente ñ era apenas por prazer mas devia ser algo como um demostração de grande amor, por isso ñ é errado
     
  11. Swanhild

    Swanhild Usuário

    É que Tolkien além de católico fervoroso era também um estudioso de línguas antigas, um medievalista e apreciador da mitologia do norte da Europa. A especialidade dele era o norueguês/islandês antigo e os mitos escandinavos, mas ele tinha também muito interesse no Kalevala.
     
  12. hoffsant

    hoffsant Usuário

    Independente de Tolkien ser católico fervoroso, penso que o artista sempre se sobressairá às roupagens comportamentais postas em sua mente durante sua vida. Ele também não escreveu sobre a reencarnação dos elfos? O artista é "herege" por natureza.
    E não canso de dizer: que tragédia sublime a dessa história!!!!
     
  13. Ettelen

    Ettelen eu sou mesmo um

    Shakespiriana, eu diria...ou ateh, citaria Álvares de Azevedo e seus contos macabros de amor e morte
     

Compartilhar