1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Império EA

Tópico em 'Jogos Eletrônicos' iniciado por [F*U*S*A*|KåMµ§], 6 Jan 2005.

  1. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    A vocação americana da busca por hegemonias vem atacando os games nos ultimos tempos.
    Enquanto todos axavam q essa ameaça viria com a MS, pois esta xegou adquirindo empresas como a RARE, tentando adquirir empresas do tamanho da Sega e até boatos em cima da Nintendo. Otra empresa vem assumindo essa fome. E o q é pior, uma empresa q tem como meta apenas a vendagem e naum se acanham em fazer jogos bizonhos com apelo meramente comercial de franquias de sucesso e tradicionais.
    Se aproveitando do atual momento tecnológico do mercado de games onde um jogo xega a custar custa milhões e milhões contando desde sua produção até o marketing, ela vem adquirindo empresas q naum mais conseguem acompanhar esse ritmo frenético e vão ficando endividadas.
    A empresa focada pela EA no momento (e q assusta a todos devido às suas franquias) vem sendo a Ubisoft. Ela já conseguiu 20% de suas ações e causou um furor enorme entre os gamers (naum os casual) e atingiu as otras empresas de vg também. Vivendi e Infogrames já se pronunciaram a respeito e até ofereceram ajuda a Ubi em nome das empresas européias para naum se curvarem à gigante americana.
    Essa prática é mto ruim pra nós, pois franquias keridas dessas empresas caem nas mãos dos interesses da EA. E mesmo se ela naum tivesse a característica inerente de nunca kerer evoluir e inovar suas franquias de sucesso até q elas parem de vender bem, seria dificil ter tantas franquias renomadas na mão, manter um grande nivel em todas elas e ainda assim lucrar (a mestra nisso ainda é a Nintendo).
    Uma notícia boa é q pelo menos algumas empresas tradicionais dificilmente cairão nas garras da EA, fazendo fusões para tentar arcar com essas despesas todas. Um bom exemplo foi a Square-Enix q juntou as 2 empresas q detem as franquias de RPG de maior sucesso nos consoles.

    E naum pára por aí.
    A poco tempo atrás otra notícia tb causou polêmica: a tentativa da EA em adquirir exclusividade sobre licensas como a NFL e NBA.
    A primeira foi conquistada enquanto a segunda (graças a deus) naum foi.
    Isso mostra claramente otra estratégia q ela vem tendo (vide FIFA como o melhor exemplo) em relação a jogos de esportes. Para a maior parte dos gamers (novamente, naum os casual), WE e os games de esporte da SEGA (incluindo o de basquete) são superiores aos respectivos jogos da EA em termos de jogabilidade. Contudo, a EA se mantém firme com o FIFA devido principalmente à licensa adquirida para o uso dos clubes e seleções reais e tentou abrangir essa estratégia para otras de suas franquias esportivas. E, dessa maneira, continuar a negligenciar pontos como simulação e jogabilidade para apenas se apoiar na atualização do plantel dos times e uma melhora gráfica.


    Bom. Nos resta rezar ( :pray: ) para q alguma luz recaia sobre a EA e mostre q o mundo dos games possui consumidores interessados em qualidade relacionados a áreas diferentes de apenas os gráficos.
    Torcer pra q a EA tenha problemas ou venha a falir nem é uma opção. Nem tanto pela dificuldade de isso acontecer, mas pelo fato q ela levaria diversas franquias com ela pro tumulo.

    Fazer o q, neh naum? É impressionante a capacidade americana de ter tanto dinheiro assim.
     
  2. Nunis

    Nunis Steve Young

    Em se tratando de jogos, odeio a EA mais que tudo. Até o governo francês enviou suporte a UbiSoft.

    Essa empresa nojenta entope o mercado com jogos para casual gamers que ficam felizes com qualquer merda de FIFA e The Sims. Essa da UbiSoft (maior revelação dessa geração) foi a gota d'água, desse jeito vão aparecer jogos PODRES a cada 3 meses de excelentes franquias como Prince of Persia : Fazendo a Festa, Splinter Cell : Na Universidade ou Beyond Good & Evil : Vivendo a vida na maior alegria. :puke:

    Basta esperar a definição desse assunto e torcer para que a UbiSoft não tenha a EA comandando boa parte dela. E se vocês ainda não viram, existem boatos da EA interessada na CAPCOM ou na NAMCO. Dinheiro para isso ela tem. Que Deus nos abençoe.

    Fifa, The Sims e EA que explodam =P
     
  3. Omykron

    Omykron far above

    o unic jogo realmente bom da EA é o battlefield, e o vitenam nem é lah aquelas maravilhas, é um trambolho no quesito grafico... mas decaiu muito na jogabilidade
     
  4. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    e o pior é q eu axo q a EA tem potencial pra fazer jogos maravilhosos.....
    dinheiro pra investir e contratar gente competente ela tem.....franquias renomadas ela tem.....
    o q falta mesmo é algum interesse......no sentido puro de qualidade gamística, mesmo q naum venha a acarretar rios e rios de dinheiro e lucros......
    ela estagna uma franquia qdo esta passa a vender bem e mantem assim enqto estiver vendendo bem.....as vezes até retrocessa em alguns pontos.....é fod*.....



    tem boatos q algumas dessas empresas japonesas pensam em seguir o q a Square e a Enix fizeram pra superar esses problemas de despesas......
    se naum se cuidarem, a EA só tá sondando.....ela deve ter dinheiro pra fazer algumas aquisições grandes......
     
  5. Nunis

    Nunis Steve Young

    Se bobear a EA deve ter grana suficiente pra bancar um console dela na boa. Melhor que a SEGA na época do Dreamcast ela está. De longe e brincando ainda. Se eu não me engano, ela tinha 2 bilhões de dólares só pra investir em outras softhouses. Só lembrando, que a Microsoft comprou a Rare da Nintendo por 375 milhões de dólares. É MUITO dinheiro.

    A EA é o típico caso que vende só porque tem nomes que os americanos querem. É claro que NBA, NFL e MLB vão vender por lá. Logo, eles nem tomam o trabalho de fazer algo bom, já que vai vender do mesmo jeito.

    É claro que jogo de Senhor dos Anéis vai vender. O que ela faz? Copia FFX que já não é lá essas coisas, deixa ele pior e muito mais limitado e faz a merda que é o Third Age. E assim as coisas caminham.
     
  6. DW

    DW Usuário

    A Ea ñ faz todos os seus jogos faz? Que eu saiba ela publica (ou sei la como chama isso) a maioria deles.
    Battlefied por exemplo, ela vende o jogo, mas que fez o engine dele foi uma outra empresa, que eu ñ lembro o nome.
    Mesma coisa o Far Cry. É publicado pela Ubisoft mas quem fez o jogo foi a CryTek.
     
  7. Nunis

    Nunis Steve Young

    Sim, ela é a maior Publisher do mundo. Maior que a Nintendo até. E se você for ver, são os jogos feitos por essas outras softhouses que são os melhores dos que tem EA no nome. Porque dos estúdios internos dela só sai merda.

    Mas mesmo assim, ela como maior investidora dessas softs, faz com que elas se apressem para produzirem o maior número de jogos num espaço de tempo bem pequeno, o que acaba num decaimento de qualidade.
     
  8. Kerdied

    Kerdied Usuário

    Bem,The Two Towers Return of the King e a série Medal of Honor são verdadeiras joias.

    E eu nem joguei The Third Age e Battle for Middle Earth para opinar.

    Quanto aos jogos de esportes da EA: :puke:

    As seguintes empreas que NÃO podem cair na mão da EA (na verdade nenhuma, mas...)

    Infrogames
    Ubi Soft
    ID Software
    Blizzard Entretainment
    Squaresoft
    Hudson
    Gravity
    WebZen
     
  9. Nunis

    Nunis Steve Young

    Hmm, os jogos de Senhor dos Anéis são até legaizinhos, mas poderiam ser bem melhores, mais longos e com maior variedade. Já Medal of Honor, FOI bom, quando era de Playstation. Na nova geração decaiu de mediano para ruim.

    E os 007 dela são vergonhosos. Teve um que foi bom, teve tantos que agora eu me confundo, acho que foi o Under Fire. O Rogue Agent é uma vergonha. E ainda carrega o nome de Goldeneye. Até nisso essa empresa é FDP. Aproveita o nome do clássico perfeito da RARE em um jogo meia boca só pra vender mais. Nojento.
     
  10. Aurus

    Aurus Neon God

    Eu não gosto da EA, so me da decepções, e espero que ela não chegue nem perto da Capcom, espero também que aconteça algum desastre com ela, que ela mude seu logotipo horrivel, e que ela mude sua politica de muitos jogos por semana com graficos bons fazem gamers felizes, e um dia o mundo será melhor.
     
  11. DW

    DW Usuário

    Essas empresas que o Kerdied sitou são fodas demais pra Ea tomar conta!
    Como exemplo, veja a Id e a Blizzard como se viram muito bem sozinhas.

    Medal of Honor eu achei legal, pq usa o engine do Quake 3, que é um bom engine (na época)
    O único 007 que eu achei que prestou foi o Goldeneye.
     
  12. Kerdied

    Kerdied Usuário

    Mas pode fazer uma (con)fusão com a EA e pode ser um 8 ou 80.

    Ou vai dar MUITO certo ou vai ser o ARMAGEDON.
     
  13. Nunis

    Nunis Steve Young

    Que não tem nada a ver com a EA, por sinal. =P
     
  14. Kyo

    Kyo Big bad wolf

    Quando falam que a Square não podia se unir com a EA, vale lembrar que vários jogos dela, incluindo Final Fantasy VII, só foram distribuidos nos EUA mediante um acordo entre as duas, que criou a Square EA, feita para facilitar a vinda de jogos para o mercado americano.

    Não gosto muito da EA, mas acredito que as reações de uns e outros aqui estão bastante exasperadas, quando dizem que qualquer empresa comprada por ela tende a cair em desgraça. Tá certo que a maioria dos jogos que ela lança são no máximo medianos, mas existem algumas excessões que viram jogos ótimos.
     
  15. Kerdied

    Kerdied Usuário

    Alguém se lembra que a EA, junto com a Adeline (cadê esta SoftHouse ?) lançaram uma obra prima dos jogos de adventure :Relentless - Little Big Adventure (Twinses's Adeventure)
     
  16. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    aí é q tá.....excessões......
    uma empresa do tamanho da EA naum deveria se contentar em viver com excessões......mto menos nós consumidores deveríamos viver de suas excessões.....
    o q eu critico é essa apatia q a EA tem com a qualidade gamística e da estagnação de alguma de suas franquias depois q alcançam fama......
    mas como tinha dito, ela tem potencial sim......tem bastante know how adquirido......e, com isso, às vezes lança alguns bons jogos......mas parece q prefere economizar isso......
     
  17. Nob

    Nob Usuário

    A EA faz muitos bons jogos, sim. Mais do que a maioria das softhouses, embora seja a empresa que mais lança bombas.

    É que nem os EUA no cinema. É um dos países que mais tem merdas, mas de lá também saem os melhores filmes.

    E com essa ideologia dela a EA não vai produzir nenhum console. Afinal, o plano dela é lançar jogos multiplataforma. Por isso é que lucra tanto (aliado a outros fatores).

    Há alguns dias saíram fotos do NBA Street Vol. 3 pro GC, que tem Mario como um dos "extras". Isso mostra que a EA faz mesmo de tudo pra atrair todo o público possível.
     
  18. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    talvez a melhor comparação seja com a Disney dos ultimos anos em longa-metragens......
    levando fama pelos filmes da Pixar.....enqto q dela mermo sairam apenas desenhos horrorendos como Atlantis e Dinossauros.....
     
  19. Kerdied

    Kerdied Usuário

    A EA até tem potencial, mas a ganância falou mais alto.


    Triste... :(
     

Compartilhar