1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Idoso de 86 anos realiza sonho e cursa matemática na UFMS

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por ricardo campos, 13 Mar 2012.

  1. ricardo campos

    ricardo campos Debochado!

    Aos 86 anos e com força de vontade para encarar os estudos, o aposentadoBartolomeu Queiroz começou a cursar matemática na Universidade Federal de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    (UFMS). As aulas tiveram início na semana passada, no campus de Aquidauana, a143 km de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .
    Durante a vida profissional, Queiroz foi pedreiro, carpinteiro, mestre deobras e motorista de caminhão. A dificuldade para conciliar trabalho e estudo ea necessidade de sustentar a família fizeram com que ele abandonasse a escolacinco vezes, ao longo da vida. “Parei de estudar porque eu fazia viagens com ocaminhão e não tinha tempo”, disse. A volta aos estudos foi a realização de umsonho, segundo o aposentado.

    Para conseguir a vaga na universidade, Queiroz cursou o Ensino de Jovens eAdultos (Enseja) em uma escola pública em frente à casa dele, em
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ,cidade vizinha a Aquidauana. Depois de obter o certificado, fez o ExameNacional do Ensino Médio (Enem) e conseguiu a aprovação para o ensino superior.O aposentado diz que escolheu a matemática pela facilidade que tem com números.O aposentado conta que sempre incentivou seus 12 filhos a estudar, tanto quedez já têm formação em ensino superior. Ele busca preservar em si mesmo adedicação transmitida aos descendentes. “Sempre estudo e todos os dias estoupraticando, procuro saber cada vez mais”, disse Queiroz.

    O acadêmico mais velho do primeiro semestre do curso de matemática é tambéminspiração para os mais jovens. Adão Freitas, de 17 anos, disse que admira adeterminação do colega. "Muitos jovens da minha idade não têm a força devontade do Bartolomeu", explica.

    Os responsáveis por ensinar uma pessoa tão experiente na vida encararam umamissão. “Ter um aluno com uma idade tão avançada é um desafio para qualquerprofessor. Fazer compreender e saber a matéria é a vitória”, disse ocoordenador do curso de matemática da UFMS, Jader Otavio Dalto.

    Fonte:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)





     
  2. Haleth

    Haleth There's no such a thing as a mere mortal

    Meus colegas entrevistaram uma senhorinha muito idosa semana passada. Não sei que idade tem, mas quando era mocinha teve judeus escondidos no porão de sua casa na Bélgica. Façam contas. E não é que ela está estudando russo na universidade? =) E no fim, disse que ia embora pq ainda tinha que fazer tai shi.
    Acho o máximo esses velhinhos assim!
     
  3. Vinnie

    Vinnie Usuário

    Fantástica a matéria, Ricardo... minha vó é um exemplo também.. .se formou em enfermagem aos 40 anos.... naqueles tempos, imaginem como foi dureza... era até xingada pelos vizinhos por seus "modernismos". Também já dei aula prum cara com mais de 80.... acho esses velhinhos d+.
     

Compartilhar