• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

ICANN aprova novos domínios na internet

Morfindel Werwulf Rúnarmo

Geofísico entende de terremoto
Companhias, cidades e organizações poderão registrar seus próprios domínios genéricos, após a decisão adotada nesta segunda-feira pela ICANN (Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números).

A iniciativa, considerada o maior marco nos 40 anos da história da internet, foi anunciada pela ICANN mediante um comunicado emitido ao fim da reunião que seu conselho de administração manteve em Cingapura.

Durante a reunião, 13 membros votaram a favor da medida, um contra e dois se abstiveram.

Tal iniciativa permitirá que os domínios possam terminar com o nome da companhia, cidade, etc, em vez de.com,.net ou.org.

"A ICANN abriu o sistema de endereços da internet às ilimitadas possibilidades da imaginação humana. Ninguém pode prever aonde esta histórica decisão nos levará",
disse o presidente e chefe-executivo da organização, Rod Beckstrom.



Diretores da ICANN durante a votação nesta segunda-feira (20)

A ICANN é a organização responsável internacionalmente por atribuir espaço de direções numéricas de protocolo de internet (IP), identificadores de protocolo e das funções de gestão do sistema de nomes de domínio de primeiro nível genéricos (gTLD) e de códigos de países (ccTLD), assim como pela administração do sistema de servidores raiz.

Ela começará a aceitar aplicações de solicitação para os novos domínios gTLD a partir de janeiro do ano que vem. As aprovações iniciais devem ocorrer no final de 2012.

Até o momento se empregam 22 domínios gTLD --como.com,.org e.info-- e cerca de outros 250 nacionais --como.br para o Brasil e.uk para o Reino Unido. Depois da mudança, a expectativa é de que centenas de novos gTLD sejam registrados.

REGRAS


Os novos nomes podem incomodar organizações sociais e religiosas, disse Dengate Thrush, caso alguém resolvesse criar, por exemplo, o domínio.nazi.

Segundo ele, as pessoas que investiram no registro de nomes.com lucrativos verão o valor de seus ativos diluído pelas novas regras.

Definir as regras e superar as objeções exigiram anos, disseram membros da ICANN.

Por exemplo, embora o salgado preço de US$ 185 mil para a criação de um desses novos domínios superiores possa servir para dificultar a ação dos invasores virtuais de marcas, empresas com nomes conhecidos podem ter problemas se alguém criar endereços como coca-cola.paris ou google.zambia.

A ICANN espera eliminar esses problemas por meio de um processo rigoroso de aprovação que demorará meses e também envolverá governos e outras agências.

"Nossa expectativa era lançar o sistema por volta de 2009",
disse disse Antony van Couvering, presidente-executivo da Top Level Domain Holdings, acrescentando que a mudança também demorou porque governos queriam lidar com as questões de marcas registradas em seus territórios.

"O processo se estendeu por tanto tempo que algumas das pessoas que queriam participar dele agora estão quebradas ou se decepcionaram",
afirmou.

De acordo com especialistas, as grandes empresas estariam entre as primeiras a se registrar, o que pode resultar em nomes de domínio terminados por marcas como.toyota,.apple ou.coca-cola.

A decisão é vista como grande oportunidade para que as marcas tomem maior controle de sua presença on-line e encaminhem visitantes de forma mais direta a certas áreas de seus sites.

A japonesa Canon, por exemplo, já anunciou que pretende solicitar os direitos para nomes de domínio com o sufixo.canon.

Além de pagar a taxa de US$ 185 mil, pessoas ou organizações terão de apresentar justificativa legítima para solicitar um domínio. A ICANN vai utilizar centenas de consultores, que avaliarão as solicitações de forma terceirizada.

"É a próxima expansão da internet, o futuro da internet,"
disse Kieren McCarthy, presidente-executivo da Nxt, uma empresa de San Francisco que lida com questões de política e governança da internet.
"Creio que nossos filhos vão nos achar malucos porque falávamos tanto em.com."

Fonte
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium
Excelente resolução :clap:

Já estava mais que na hora de sairmos da mesmice de sempre!

Que com o tempo esses novos domínios venham a baratear, mas por enquanto vou tocando meu edufer.com do jeito que tá.
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.495,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo