1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Humanos podem ter implante como Wolverine, mas de espuma de titânio

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 24 Set 2010.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Wolverine não será o único a ter metais fundidos no corpo se uma espuma feita de titânio for eficaz substituindo ou fortalecendo ossos humanos.

    Embora não haja rejeição pelo corpo, o implante feito atualmente com materiais sólidos, geralmente o titânio, é mais duro que o osso.


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Wolverine e as garras feitas de metal; pesquisador alemão criou espuma de titânio inspirada na porosidade de ossos

    Isso significa que pode acabar arcando com o peso de um dos ossos ao redor, o que poderia levar a uma deterioração do osso e a uma troca do implante, explica Peter Quadbeck, do Instituto de Pesquisa Fraunhofer de Manufatura Tecnológica e Materiais Avançados de Dresden, na Alemanha.

    Quadbeck e seu grupo desenvolveram um implante de titânio cuja estrutura se assemelha a uma espuma, inspirada no fato de os ossos serem naturalmente esponjosos.

    Como a espuma é porosa, o osso poderia crescer ao redor e dentro dele, verdadeiramente se integrando ao esqueleto humano. Os pesquisadores também descobriram que a espuma de titânio responde melhor ao osso do que os metais sólidos em termos de flexibilidade, além de encorajar a recomposição do mesmo. ​

    Ainda sem aprovação para o uso em seres humanos, Quadbeck está trabalhando com médicos para explorar quais tratamentos em que o material poderia ser usado.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Interessante isso. Em vez de placas de metal parafusdas ao osso, a espuma será integrada a ele, afinal o osso crescerá também em seu interior.

    Parece ser mais sólido, mas será que facilita no tempo de duração para a cicatrização do osso? Porque quando o osso é fixado com pinos e placas comuns, ele demora um bom tempo para cicatrizar.
     
  3. §Sarah§

    §Sarah§ A Lua que encobre a noite...

    Mas é cada uma ein ^^'
     

Compartilhar