1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Homosexualidade e adopçao

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Malaman, 20 Abr 2007.

  1. Malaman

    Malaman Passion, what else?

    Muito se tem vindo a falar da adopção de crianças entre casais homossexuais.
    Embora o actual regime jurídico da adopção discrimine abertamente os casais homossexuais,muitos destes casais têm vindo a manifestar a sua vontade em adoptar crianças
    Gostaria de de saber as vossas várias opiniões e as suas justificações
    Vamos lá?

    *yams*
     
  2. Peonia Cachopardo

    Peonia Cachopardo Supercalifragilisticament e

    Eu sou a favor.
    Atualmente o conceito de família "pai, mãe e filhos" já não é mais um modelo. Temos famílias sem o pai, outras sem a mãe, outras onde só há os avós. Você ter dois pais ou duas mães já é comum, por exemplo quando sua mãe é separada e casa de novo. Como os casais de homossexuais não podem ter filhos biológicos a adoção é o caminho.
    Até hoje não se sabe se o homossexualismo é genético ou se deve a um fator psicológico. Não acredito que um menino ou menina tornar-se há homossexual por ter pais homossexuais.
    Uma família existe onde há amor e carinho. E sejam dois homens, ou duas mulheres, há que se ter amor, paciência e responsabilidade.
     
  3. Malaman

    Malaman Passion, what else?

    Entao voçe nao é do tipo de pessoa que pensa que o facto de uma criança crescer no meio de pais/maes homsexuais pode criar problemas mentais para as crianças?
    Do tipo, a criança esta na escola e perguntam a um colega:
    "como se chama a tua mae?" e ele responde "maria"
    "e o teu pai?" "José"

    Ai a professora vira-se para a criança e pergunta:
    "O teu pai?" e ela responde "Manuel"
    "e a tua mae?" "Francisco"

    A criança ai pode ser "vitima" de um ataque de gozo por parte dos colegas...
    O que é prejudizial para a sanidade da criança nao?
    *yams*
     
  4. Lukaz Drakon

    Lukaz Drakon Souls. I Eets Them.

    Eu não tenho nada contra, só um pouco de dó da criança adotada. Por mais que os pais se esforçem, a criança vai acabar ficando sem a perspectiva de um dos lados do casal, seja homem ou mulher.
     
  5. Peonia Cachopardo

    Peonia Cachopardo Supercalifragilisticament e

    Então Gaara, eu espero que um dia isso não aconteça mais. Afinal eu tenho esperanças de que as crianças do futuro sejam mais abertas a aceitar as diferenças.
    Uma criança adotada por um casal homosexual não responderia meu pai chama Manuel e minha mãe Francisco. Ela diria simplesmente não tenho mãe. Meus pais são Manuel e Francisco. Acredito que o papel da professora é muito importante nesse momento, mediando a situação de forma responsável e natural.
    Eu dou aulas e na minha sala de aula meus alunos de 5 anos convivem com uma criança adotada por um casal heterossexual. Ainda existe preconceito quanto à isso, mas quando o assunto é tratado normalmente os problemas ficam minimizados.
    Acredito que numa fase de transição alguns ainda terão que sofrer pelos muitos que serão beneficiados no futuro.
    E não trate o preconceito como um problema mental. Problema mental pra mim não é isso. Eu chamaria de problema psicológico. Nada que um acompanhamento com psicólogos desde cedo não resolva.
     
  6. Malaman

    Malaman Passion, what else?

    Eu nao sou contra a adopção, apenas pus as perguntas mais frequentes aqui por portugal...
    Como todos ja viram portugal ainda e cheio de preconceitos e quando ha miudos ricos tambem rebaixam os miudos mais pobres, imagine o que farão a uma criança adoptada por um casal homosexual...
    Eu espero que um dia o preconceito acabe, visto que ninguem e mais do que ninguem...

    Estou a rezar para que voçe esteja certa...
    *yams*
     
  7. Peonia Cachopardo

    Peonia Cachopardo Supercalifragilisticament e

    Pelo visto Portugal ainda é um país muito tradicional.
    Aqui no Brasil não acho que as coisas sejam tão radicais assim. Mas isso deve envolver os fatores históricos. Aqui tudo sempre foi mais "misturado". Mas também há preconceito.
     
  8. Kyo

    Kyo Big bad wolf

    Pessoalmente não vejo problemas em relação a esse tipo de adoção. Podem argumentar que a criança não teria uma "base psicológica adequada" por não ter a figura do pai e da mãe. Argumentos desse tipo pra mim se baseiam somente em preconceito e uma visão retrograda de mundo. A família "tradicional", constituída de pai, mãe e filhos há muito deixou de ser o que mais se encontra pro ai. Acredito que questões como valores e carinho são muito mais importantes do que a sexualidade dos pais, e infelizmente questões como preconceito e provocações acontecem sempre entre crianças, não dependem exclusivamente da estrutura familiar destas.
     
  9. Ishtar Lillith

    Ishtar Lillith Usuário

    Sou a favor. Antes eu não tinha opiniao formada qto a isso, achava q a criança poderia ser prejudicada mas hj ja nao penso mais assim. Saiu uma matéria numa revista [epoca ou veja, nao me lembro] sobre esse assunto, e mostrando q crianças criadas por casais homossexuais nao sao influenciadas a virarem gays tambem.Normalmente o casal tem uma base solida e explica à situação para a criança desde cedo,acho q tem esse ponto benefico de a criança crescer aprendendo a conviver com as diferenças e com menos preconceito.Nessa materia, mostravam exemplos de casais brasileiros q conseguiram adotar crianças, e os filhos eram perfeitamente heterossexuais. Eles nao sentem vergonha nem problema nenhum com isso, o q pode acontecer, infelizmente,é a gozação e preconceito por parte de outras crianças ou até mesmo adultos,mas acho q dai eles tem q suportar isto desde cedo e saber lidar com isso, ignorar. Outro ponto q conta a favor da adoçao por homossexuais é q a maioria dos casais tem unioes estaveis e boa condiçao de vida a dar para a criança.
     
  10. A Arlequina

    A Arlequina Sumida e inconstante

    Acho que não é uma idéia tão sem cabimento.A base p/ a família é o amor ,e isso, independentemente da opção sexual de cada casal,pode ser dado_O problema é justamente esse que o Lukaz falou,a criança não vai as duas referências,homem e mulher, e também o preconceito.Mas enfim,tendo um bom suporte,acho até que uma criança criada por um casal homossexual pode ser mais mente aberta,menos intolerantes às diferenças.
     
  11. Kyo

    Kyo Big bad wolf

    Só que tem que ver que a familia não é a única base em que a criança se apóia pra formar seu caráter. Escola e amigos também tem uma grande influencia sobre isso (e tambem a religião, com suas excessões, é claro). Não dá pra dizer que a criança não vai ter uma figura masculina ou feminina na vida dela. Muitas vez até crianças que tem pai e mãe encontram uma figura masculina mais num professor que seja do que no próprio pai. Dizer simplesmente que não vai ter tal figura é ignorar certos aspectos psicologicos da formação humana.
     
  12. Rustu Pai

    Rustu Pai Usuário

    Também sou a favor - como,felizmente, a maioria. Além da ausência da figura materna poder ser superada existem outras pessoas como avós ou amigas etc que podem fazem esse papel.
    E sobre o preconceito, devemos acabar com ele e não nos moldarmos para que ele não se mostre.
     
  13. AnGmaR"

    AnGmaR" Usuário

    Em relaçao a homosexualidade nao tenho nada contra..cada um tem seus gostos e respeito suas escolhas e gostos..em relaçao a adoçao sou contra(nao por mim)..penso que neste momento o mundo ou melhor as pessoas nao estao prontas pra uma mudança dessas..e a criança iria sofrer psicologicamente pois iria ser gozada ou ate poderia mesmo vir a sofrer maus tratos por outras criancas e tb por adultos pois ainda ha muito preconceito na mente das pessoas..se nao fosse isso era a favor!
     
  14. Capitão Nemo

    Capitão Nemo Cientista Maluco

    minha opinião eh a mesma do AnGmaR, enfim, o problema não eh o fato de a criança ter dois pais ou duas mães, mas o enorme preconceito que existe na nossa sociedade atualmente^^
     
  15. Peonia Cachopardo

    Peonia Cachopardo Supercalifragilisticament e

    Desse jeito ninguém assinaria a abolição da escravatura porque era melhor que os primeiros negros libertos não sofressem...
    Penso que para toda mudança há um preço. As primeiras crianças sofreriam mais, mas a longo prazo (bem logo) a mentalidade das pessoas vai mudar. Se nós pensarmos que a criança vai sofrer e tal ninguém nem tem filhos.
     
  16. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Dane-se o preconceito. A criança órfã já sabe o que é ser rejeitada, e os pais/mães homossexuais também sabem como dói não ser desejado.

    Por mais que o preconceito seja doloroso, nada é mais doloroso que não ter ninguém para te amar.

    Crianças e sociedade sempre serão cruéis, é nossa natureza. Se o único casal que pode oferecer amor é um casal homossexual que não fica escolhendo bebês de olhos azuis e pele branquinha, que seja!
     
  17. Bellcross

    Bellcross Ei, Ó o Auê aí ó !

    Contanto que se deixe a criança descobrir a sua sexualidade por sí só, sem interferencia... acho que é válido!
     
  18. Kyo

    Kyo Big bad wolf

    Vale a mesma coisa pra casais heterossexuais e tal... quantos pais heterossexuais não pressionam os filhos pra seguir determinado "caminho", impedindo que manifestem sua própria sexualidade com medo de desagradar os pais.
     
  19. Imadofus

    Imadofus Banana Hammock!

    Olha, o que eu acho é que se a gente for se preocupar com o preconceito que a criança vai sofrer daquia pouco vão estar proibindo até que pais pobres tenham filhos. Também não é porque uma criança negra pode sofrer preconceito no futuro que nós vamos impedi-los de ter filhos.
    A verdade é que todo mundo vai acabar sofrendo no futuro, não só filhos de casais homossexuais. Então não faz nenhum sentido proibi-los de criar filhos apenas pra "proteger" as crianças do sofrimento futuro. Além do mais, isso é papel dos pais, e não do governo.
     
  20. sou a favor, acho que a sexualidade dos pais nao interfere tanto assim na da criança, é tudo uma qestao de respeito.
    o essencial mesmo é que esta criança que já se encontrou sozinha e num sistema cruel tenha a chance de ter uma familia amorosa e dedicada.
    uma pessoa que decide adotar nao é para ser levada levianamente, isto mesmo sendo solteira.
    eu fui criada apenas por mulheres, nunca tive um homem em casa (enfim, agora casei e tenho filho) mas nem por isso sou lesbica rss, a minha mãe me criou sozinha e nem por isso tenho o meu relacionamento com homens mal resolvido, muito pelo contrário, com respeito as minhas tias e outras amigas que moraram com a gente durante anosa penas tenho a agradecer, porque a verdadeira familia é aquela que nasce no coração, na convivencia e respeito do dia a dia.
    tem que deixar o povo mesmo é ser feliz :upa:
     

Compartilhar