1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

“Homeopatia não funciona”, diz estudo

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 10 Abr 2014.

?

Você acredita na eficácia da homeopatia?

  1. Sim

    23,8%
  2. Não

    76,2%
  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Médicos especialistas testaram pesquisas e tratamentos para 68 condições e descobriram que elas não tiveram efeito.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Crédito da Imagem: Homoeopathy Consultants.​

    A homeopatia não é mais eficaz do que um placebo, de acordo com um amplo
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .

    O estudo da Australia’s National Health and Medical Research Council (NHMRC), avaliou a pesquisa sobre a eficácia da medicina alternativa em 68 condições de saúde e concluiu que “não há nenhuma evidência confiável de que a homeopatia é eficaz”.

    A homeopatia alega que “semelhantes curam semelhantes”, usando formulações altamente diluídas.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    afirma que “a prática trata pacientes por completo, tendo em conta a personalidade, estilo de vida e fatores hereditários, bem como o histórico de doenças.”

    Mas a revisão da NHMRC, conduzida por um
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , disse que não teve nenhum impacto em uma série de condições e doenças, incluindo asma, artrite, distúrbios do sono, gripes e resfriados, síndrome crônica, eczema, cólera, queimaduras, malária e vício em heroína.

    Para as 68 condições – incluindo aqueles listados – a revisão concluiu definitivamente que a homeopatia não foi mais eficaz do que um placebo, ou pelo menos não havia nenhuma evidência confiável para sugerir que era.

    “Nenhum estudo bem delineado foi feito com um número de participantes suficiente para um resultado significativo, nem que a homeopatia causou melhora na saúde em relação a uma substância sem efeitos (placebo), ou que a homeopatia causou melhora na saúde em relação àqueles que não receberam tratamento”, diz o resumo do relatório.

    Os médicos comemoram os resultados.

    John Dwyer, um imunologista e professor emérito de medicina na University of New South Wales, disse ao Guardian Australia que o relatório era esperado.

    “Obviamente, nós entendemos o efeito placebo. Sabemos que muitas pessoas têm doenças que são de curta duração, que por sua própria natureza, seus corpos irão curá-los, por isso é muito fácil as pessoas cairem em armadilhas,” disse Dwyer.

    Dwyer, que também é co-fundador do grupo de lobby científico e vigilante da Friends of Science in Medicine, disse que não era ético para as pessoas prescrever um placebo e “enganar as pessoas”, e disse que as preparações homeopáticas devem ser “postas para fora” de uma vez por todas.

    Ele disse que o maior perigo na homeopatia estava em seu uso como uma vacina.

    “No meu ponto de vista como um imunologista, a questão mais grave foi a difusão do conceito de que as vacinas homeopáticas eram inofensivas e tão boas como as vacinações ortodoxas. As pessoas que acreditam em homeopatia, não estão protegendo a si mesmas e nem aos seus filhos”, disse Dwyer.

    “As vacinas homeopáticas estavam sendo oferecidas para o HIV, a tuberculose, a malária… em nenhum dos casos ela foi eficaz”, disse Dwyer.

    O presidente da Austrália Ocidental da Australian Medical Association (AMA), Richard Choong, concordou e disse que a AMA tem prendido por muito tempo que não há nenhuma evidência para apoiar a homeopatia.

    “A homeopatia não é uma ciência. Não é baseada em ciência”, disse a Guardian Australia.

    “Em muitos casos, ela pode ser considerada perigosa e pode representar um risco de vida para as pessoas, e a vacinação é um exemplo clássico disso”, disse Choong.

    “Os pacientes têm sido levados a acreditar que eles foram vacinados de alguma forma usando homeopatia, quando não há nenhuma evidência para dizer que eles tenham sido imunizados contra uma doença que pode causar danos a eles.”

    Choong e Dwyer pediram a cessação dos subsídios de seguros médicos privados e a venda de preparações homeopáticas em farmácias. Ambos também criticaram o ensino da prática no ensino superior.

    O relatório afirma que “nem todas as provas possui o mesmo valor”, descartando apoio anedótico para a eficácia da homeopatia, e pediu que os profissionais de saúde estarem cientes dos resultados e informar seus pacientes.

    “Não é possível dizer se um tratamento de saúde é ou não eficaz simplesmente por considerar as experiências dos indivíduos ou as crenças dos profissionais de saúde”, segundo o relatório.

    As inscrições de grupos de interesse em homeopatia e o público estavam entre os estudos avaliados pela NHMRC, mas “não alterou as conclusões” do Conselho, em alguns casos, devido à má qualidade dos estudos apresentados.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  2. Pearl

    Pearl Usuário

    Essa briga entre homeopatia e alopatia é antiga. Os homeopatas se defendem dizendo que os chamados estudos controlados não possuem uma visão holística da condição do paciente e portanto nunca poderão ser reproduzidos nesses estudos. Enfim, para muitos a homaopatia não é tão diferente de uma filosofia ou credo.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Resumindo em poucas palavras: Não acredita? Não use.
     
  4. Bruce Torres

    Bruce Torres Let's be alone together.

    Diga isso pro moleque que tá sendo medicado com isso porque a mãe acredita que funciona. :P
     
    • Ótimo Ótimo x 3
    • Gostei! Gostei! x 2
  5. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Quando alguém tiver uma overdose de remédio homeopático eu acredito que água pode curar alguma coisa. Já vi gente se suicidar consumindo remédio com princípio ativo, agora com princípio inativo seria a primeira vez.
     
    • LOL LOL x 2
  6. Bruce Torres

    Bruce Torres Let's be alone together.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • LOL LOL x 9
  7. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Ô, Bruce! Pqp! Bem, tá certo. Esse é o único jeito de homeopatia funcionar ativamente. :rofl:
     
    • LOL LOL x 2
  8. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Tudo bem, você tem razão. Só que não é a mesma coisa que a mãe tratando o câncer do filho com maconha, né? Além disse, vale a negativa da frase do Morfindel: Provem que faz mal.
     
  9. Lew Morias

    Lew Morias Luck is highly overrated

    Faz mal no seguinte sentido, Grimnir: o governo adota como politica de saude publica. Gasta dinheiro, profissionais e tempo com algo que nao eh comprovadamente eficaz. Ai toda uma populacao comeca a tomar, basicamente, agua achando que isso vai curar suas enfermidades.

    O mal da homeopatia nao eh fazer mal em si, mas levar as pessoas a acreditar que faz alguma coisa, quando nao faz. Ai o sujeito, ao inves de procurar um tratamento adequado, confia nisso e pode acabar tendo seu quadro piorado.
     
    • Gostei! Gostei! x 6
    • Ótimo Ótimo x 5
  10. Pearl

    Pearl Usuário

    Eu não sei exatamente qual a conduta de um médico homeopata para dizer que ele vai tentar curar 100% dos males mesmo quando reconhecer que o paciente irá precisar de tratamento alopático. Eu não sei como é.
     
  11. Fëanor

    Fëanor Fnord Usuário Premium

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Basicamente o que o Lew já disse, mas com alguns pontos a mais. A questão é que os remédios homeopáticos podem não fazer mal em si (efeitos colaterais), mas existem vários aspectos negativos ligados à utilização da homeopatia.
     
    • Ótimo Ótimo x 2
  12. Tek

    Tek Girls tend not to like me

    Eu não sei nada profundo sobre homeopatia pra poder dar uma opinião válida e responsável, mas não me vejo fazendo uso dela em situações mais graves que dores de cabeça e cólicas.

    Só um detalhe:

    Os médicos na Inglaterra são tão preocupados com a história do paciente e com a prevenção de doenças ou o primeiro que a Tuff procurou foi pura sorte de ser assim? Lembrando também que ela visitou uma "travel clinic". Um clínico geral comum e que pratica medicina tradicional também teria tido o mesmo cuidado? E se ela tivesse procurado também 10 médicos convencionais, quantos teriam se preocupado com história e prevenção?

    Achei essa parte bem tendenciosa.

    Sobre as vacinas:
     
  13. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Mas mesmo essa contraindicação de vacinas tem de ser baseada na especificidade de um determinado paciente, não? Alguma susceptibilidade intrínseca, como no caso de uma reação de hipersensibilidade, por exemplo. Ou as convicções pessoais também podem ser utilizadas como base para isso?

    No mais eu acho um absurdo que ainda haja quem negue a importância da vacina no meio da medicina humana. É de cair o cu da bunda.

    E é no mínimo irônico um homeopata ser contrário às vacinas, levando-se em consideração o "similia similibus curantur" a vacina seria o único "produto homeopático" com eficácia cientificamente comprovada :P
     
    Última edição: 11 Abr 2014
    • Ótimo Ótimo x 2
  14. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Que gastos de saúde pública com homeopatia são esses? Não conheço.
     
  15. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    • Gostei! Gostei! x 9
  16. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Eu acho que estudos definitivos para comprovar a eficácia definitiva da homeopatia teriam de ser conduzidos somente com pacientes animais, daí estaria eliminado o efeito placebo. E duvido que um homeopata que tivesse que tratar de algo porrada, como uma leptospirose aguda ou uma tuberculose em paciente HIV fosse usar só homeopatia. Senta lá Claúdia.
     
    • Gostei! Gostei! x 6
  17. Tek

    Tek Girls tend not to like me

    Susceptibilidade intrínseca e reação de hipersensibilidade.
     
    • Gostei! Gostei! x 5
  18. Lew Morias

    Lew Morias Luck is highly overrated

    Voce pode ver
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . O trecho que interessa:

    "O investimento federal em consultas homeopáticas também foi incrementado: cresceu em 383%. Em 2000, o MS aplicou R$ 611.367,00 no custeio de consultas. Em 2008, investiu R$ 2.953.480,00."

    Soh pra destacar: DOIS MILHOES NOVECENTOS E CINQUENTA E TRES MIL QUATROCENTOS E OITENTA reais apenas no ano de 2008 em consultas em algo que, diversos estudos apontam, eh tao eficaz quanto placebo. Complicado, neh?

    E soh mais duas coisas: primeiro, nao eh uma questao simplesmente de gastos, neh? Pra mim, o maior problema com a homeopatia eh o fato dela colocar em risco a saude de pessoas que poderiam ter sido tratadas de forma eficaz ou, sendo um pouco mais cuidadoso, de forma que temos razoes para acreditar que eh eficaz.

    E, uma parte que eu esqueci de comentar no meu post anterior:

    Provar que faz mal? Uma forma de tratamento eh proposta e voce quer que as pessoas que nao acreditem na sua eficacia 'provem que faz mal'? Qual a logica disso?
     
    • Ótimo Ótimo x 3
  19. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Olha, eu tendo a concordar sobre a questão dos gastos. Medicina alternativa deve no máximo ser regulada pelo governo para que não sejam autorizados métodos que prejudiquem as pessoas. E aí aproveito para responder a sua segunda pergunta: Qual é a lógica do "provem que faz mal"?

    As pessoas racionais e capazes se tratam como desejarem. Se eu tiver câncer e quiser tratar com cromoterapia, o problema é meu, né? O máximo que talvez possa ser exigido do "médico" é que ele explique que a cromoterapia é algo complementar. Agora, se procuro algum tratamento alternativo que piora (diferente de não melhorar) a minha condição, a situação é diferente.
     
  20. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Sim, o famoso "o corpo é meu e tenho direitos sobre ele" tão em moda e tão prezado hoje em dia. Mas trocando em miúdos cada um é livre para escolher a forma de se tratar ou morrer, se for o caso, em que acredite.
     

Compartilhar