1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Homem e mulher das cavernas invertiam papel social, diz estudo

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 1 Jun 2011.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Um estudo sobre os primeiros ancestrais humanos que viviam nas cavernas Sterkfontein e Swartkrans, na África do Sul, mostra que as mulheres invertiam seu papel social e abandonavam o núcleo original para unirem-se a outro, enquanto os homens permaneciam no lugar onde nasciam.

    A pesquisa, publicada no último número da revista "Nature", é sem precedentes porque relata a existência de uma estrutura social pré-histórica.

    A prática feminina de deixar o grupo original para acompanhar o de seus companheiros é comum em algumas culturas.

    Esse mesmo padrão é verificado entre chimpanzés e bonobos, mas a maioria dos outros primatas, como os gorilas, o comportamento é o oposto. As fêmeas ficam com o grupo no qual nascem e os machos mudavam para outros lugares.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Crânio de um "Paranthropus robustos", conhecido como SK 48, que viveu em Swartkrans, na África do Sul

    ANÁLISE

    Os pesquisadores geralmente encontram dificuldades para entender como os primeiros hominídeos usavam a terra e se moviam pelo território somente com a análise morfológica e filogenética.

    Liderado pela paleoantropóloga da Universidade do Colorado (EUA) Sandi Copeland, o grupo do estudo atual usou um indicador geoquímico --isótopos de estrôncio que se encontram no esmalte dental-- para determinar os movimentos dos hominídeos.

    Foram analisadas dentes e restos de oito espécies Australopithecus africanus e mais 11 Paranthropus robustus, grupos que viveram entre 1,7 milhão e 2,4 milhões de anos.

    Ambos viveram em savanas arborizadas, provavelmente se alimentando com uma mistura de frutas, grama, sementes e nozes.

    Segundo a análise, apenas 10% dos machos se originaram fora de um raio de 30 quilômetros quadrados, contra mais da metade das fêmeas.

    Em outras palavras, os homens só se aventuravam, e raramente, a mais de alguns quilômetros de suas cavernas.

    O estudo também contesta o senso comum sobre como os primatas deixaram de se locomover em quatro patas e tornaram-se bípedes para percorrer grandes distâncias em busca de abrigo e comida.

    Os indícios sugerem que os machos limitaram suas viagens às atividades de caça e coleta. Ou seja, a mudança para a posição ereta pode ter sido influenciada por outras necessidades.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Excluído045

    Excluído045 Banned

    isso derruba muitos preconceitos, não? Acho que a ideia da inferioridade feminina é um grande mito, eu creio mais que houve uma fossilização dos papeis sociais confiados aos gêneros em sociedades históricas, talvez resultado de uma racionalização de casta.
     
  3. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Eu vou discordar de você, você acha que é um mito, eu tenho certeza que é um mito, é mais uma imposição masculina paternalista chamar as mulheres de sexo frágil, quando as mulheres aguentaram tanta coisa na história que nenhum homem aguentaria.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  4. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Certeza eu posso dizer que tenho, mas... sabe como são essas coisas, não dá pra afirmar assim, não sem maiores pesquisas. Mas o problema émais ideológico mesmo, pode ser racional, mas é uma racionalidade falha, um erro de raciocínio.
     

Compartilhar