1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Homem contratado para matar forja homicídio com ketchup

Tópico em 'Planeta Bizarro? Estranhices? Bizonhices?' iniciado por Elriowiel Aranel, 21 Set 2011.

  1. Elriowiel Aranel

    Elriowiel Aranel Usuário

    O baiano Carlos Roberto de Jesus teve um plano inusitado para enganar a mandante de um crime do qual ele seria o executor. O caso veio à tona quando Maria Nilza Pereira Simões procurou a delegacia de polícia de Pindobaçu, município a 400 km de Salvador, para registrar que R$ 1 mil teriam sido roubados em um assalto. Ao ouvir o suspeito, a polícia descobriu que a mulher havia sido trapaceada pelo ex-presidiário. As informações são do telejornal “Bahia Meio Dia”, da TV Bahia.

    Maria Nilza pagou o valor de R$ 1 mil para que Carlos Roberto matasse Erenildes Aguiar de Araújo, mas ele conhecia a vítima e armou uma estratégia para não cometer o assassinato. O homem entrou em contato com a mulher que seria morta e eles armaram um plano.

    Carlos levou a vítima para um matagal, amarrou suas mãos e pés com uma corda e a amordaçou. Então, deu o toque final para que a cena parecesse real: espalhou ketchup por todo o corpo de Erenildes e “fincou” um faca entre o peito esquerdo e o braço. Com tudo pronto, Carlos Roberto tirou uma fotografia do "crime" e entregou à Maria Nilza como prova do serviço.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Matador e vítima encenaram o assassinato para enganar a mandante do crime

    Dias depois de receber a foto, a mandante do crime viu a mulher que deveria estar enterrada aos beijos com o matador, em uma feira da cidade.

    A notícia do caso, que aconteceu em 24 de junho, foi divulgada na semana passada pela polícia da cidade. Segundo o delegado Marconi Almino de Lima, o homem disse que teria aceitado o serviço porque estava desempregado.

    Ninguém está preso, mas os três envolvidos respondem a processos na Justiça. Maria Nilza responde por ter encomendado o crime, enquanto Carlos Roberto responde por crime de extorsão e Erenildes por co-participação na trama.

    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • LOL LOL x 4
    • Gostei! Gostei! x 2
    • Ótimo Ótimo x 1
  2. Raphael S

    Raphael S Desperto

    A criatividade e espertalheza do Brasileiro não tem limites.

    Imagina o que ele não faria por 5 mil. ^^

    By Raphael S
    Nekomancers
     
  3. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Já pensou se os três ficassem na mesma sela por pelo menos um dia rsrs
     
    • LOL LOL x 1

Compartilhar