1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

História decente para um malkaviano original com desculpa...

Tópico em 'RPG' iniciado por Pavanelli, 12 Ago 2004.

  1. Pavanelli

    Pavanelli Usuário

    ...para assassinato

    Isso mesmo. Tava tentando escrever uma história decente para um malkaviano (Dark Ages) para que ele pudesse matar sem sentir remorsos. Vejam isso:

    Resumidamente:

    Husak nasceu em kiev, filho de um barão com uma escrava. Como a rainha Baronesa não tinha dado filhos ainda ele foi aceito com alegria e a sua mãe passou a ser criada especial da baronesa. Ele sempre soube da história e gostava das 2 mães. As 2 gostavam dele (mas a mãe verdadeira não podia chama-lo de filho, para que a corte não se escandalizasse). De qq forma, anos depois a baronesa teve um filho. Ele sempre se deu bem com o irmão, até que a mãe teve uma outra filha e morreu no parto. Quem fez o parto foi sua mãe verdadeira e seu meio irmão ficou put.o da vida e culpando-a pela morte de sua mãe matou a mãe de Husak. (Agora, bem no estilo Balam e Balim de Brumas de Avalon), ele jura que vingará a morte injusta da sua mãe, e mata seu irmão.
    Sentindo-se culpado porque gostava de seu irmão, e fez apenas a sua obrigação como filho, ele se suicidou. Ou tentou, pq foi transformado em vampiro (não sei por quem ainda, nem porque).
    Ele acha agora que está morto, e que aqui é o inferno. Seu mestre só o confundiu mais ainda falando coisas como "Vc não é mais um mortal", "O seu mundo é a noite", "Vc não precisa mais se alimentar". Ele tem plena convicção de que foi para o inferno, e pretende encontrar seu irmão para tirá-lo de lá. Não apenas seu irmão, mas todos que ele gostava e encontrar por aqui. Ou seja, ele irá matar todas as pessoas que ele gosta, achando que elas estão no inferno. E matará as más para elas alcançarem o purgatório e serem julgadas definitivamente por deus.

    Que que vcs acham, alguma dica?
     
  2. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Tu quer que o teu malkav mate sem sentir remorso? Coloca o mínimo de pontos possíveis em consciência e auto controle, pois esses dois fatores determinarão o teu nível de humanidade... deixa uns 3 ou 4 pontos que já dá pra matar sem piedade, em alguns casos...
     
  3. Maedrhos

    Maedrhos Usuário

    Logico que o fator planilha influencia mto mas naum eh tudo isso sem estar unido a uma boa historia de nda adianta
     
  4. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    É óbvio... mas não se esqueça que o prelúdio e a ficha tem que andar juntos... não adianta um ir pra um lado e o outro pro outro...
     
  5. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    Eu achei interessante a sua história, principalmente na loucura dele, ele achando que está no inferno.....

    Talvez ele ache que está no inferno e que todas as pessoas que estão lá também são más e matando-as ele irá se redimir e poder ir para o purgatório.

    Eu não sei se seria necessário uma humanidade tão baixa. Se você fizer desse jeito, por exemplo, ele poderia até ter uma humanidade alta, porque acredita que está fazendo a coisa certa para o resto do mundo destruindo os maus.

    Você só precisa agora pensar no senhor dele, porque essa é uma parte importante do prelúdio do personagem.
     
  6. Pavanelli

    Pavanelli Usuário

    Justamente, Barlach, era esse o meu empecilho. Colocar humanidade baixa não é o que eu queria. Porque ele não mata por maldade, mas porque acha que assim estará livrando as pessoas do inferno. Ele acredita que está sendo uma boa pessoa. Eu acho que o melhor pra ele seria trocar humanidade por alguma outra trilha, mas não sei bem qual. Agora não consigo pensar num motivo pra alguém ter transformado ele em vampiro, nem pro mestre dele ter continuado deixando ele pensar que está no inferno, onde ele nunca mais poderá ver o sol.

    Mas uma coisa já é certa, conforme ele for se envolvendo com outros personagens do grupo, ele vai querer matá-los, pra livrá-los dessa existÊncia. Já falei com o mestre, e nessas horas ele vai estar disfarçado e quem vai comanda-lo será o mestre. É claro, essa história nenhum dos outros personagens do grupo saberá. Aliás, ninguém saberá nem mesmo que ele é malkaviano só pra disfarçar. Irei colocar na ficha provavelmente caitiff.
     
  7. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    Quanto ao mestre, lembre-se q ele também era um malkaviano, então os motivos dele não precisam fazer muito sentido também....

    Mas existem outras razões possíveis. Como o seu personagem tentou se suicidar, é provavel que quem tenha transformado ele em vampiro quisesse salva-lo, mas não conhecia o assunto bem o suficiente para explica-lo o que estava acontecendo. Isso abre muitas possibilidades.
     
  8. Pavanelli

    Pavanelli Usuário

    É, verdade, um malkaviano não precisa de muitas desculpas pra transformar alguem em vampiro. O que eu tava pensando é que o cara que transformou-o em vampiro pode ter entregado ele para outro mestre vampiro, por algum motivo secreto ou pra pagar alguma divida sei lá. Mas ae a história começa a ficar mais confusa.
     
  9. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    Você não precisa fechar todas as pontas. Deixar algumas coisas em aberto pode ser interessante ou até necessário porque detalhes demais podem prender o seu personagem.

    Nessa hora é sempre bom discutir o assunto com o narrador. Ás vezes ele tem alguma coisa em mente para a história que se encaixaria perfeitamente no seu personagem. Vocês dois têm que criar o personagem juntos.
     

Compartilhar