1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Hellboy (Hellboy, 2004) Pós estréia

Tópico em 'Cinema' iniciado por nana, 30 Jul 2004.

  1. nana

    nana Usuário

    Tá certo. O filme é foda. Assistam.

    Mas bem.. algumas coisas tem que ser citadas por puristas - se não, por quem mais? =]
    Ahm.. pode-se caracterizar por um spoiler, contudo, se você está aqui, deve imaginar que tenha, se não quiser saber, não leia, whatever.

    Não gostei que o Prof. Broom não morre como nas HQs, não está ruim, não.. mas achei que deveria ser como na HQ.

    Não gostei do Myers ter flertado a Liz.. e nem muito do final.. sabe? Quando o sr. Boy beija.... quem poderia ser né? :hellboy: Até é coolzinha a cena mas blabla, né?

    Infelizmente o Abe aparece bem pouco no filme.. o personagem dele é muito bom..

    A maquiagem está impressionante.. todos já falaram do Abe mas o Hellboy está perfeito demais, igual a HQ - e aquilo tudo.. é o corpo dele mesmo.. wow :babar:

    Achei foda o menino do inferno sorrindo.. é foda realmente..
    e muito muito do filme é como as HQs, extremamente foda !!!!

    Cool as lutas dele com "o" Sammael, foda o Kroenen lutando com as toenfas, sério.. as cenas que mais gostei, tem uma plasticidade incrível.

    Ok.. o resto do filme simplesmente deixa insignificante as licensas poéticas =P


    PS: Uglúk: não vou postar porque pra mim está ótimo, foi perfeito 8-)

    Bem, assistam. Ou será, que.. já que vc está aqui.. e ja que leu até aqui.. deve ter assistido né? =]
     
  2. Eu esperava bem menos, porque tinha ouvido várias pessoas dizendo que era filme para fã, que quem não leu as HQs ia ficar meio deslocado. Mas funcionou perfeitamente pra mim.

    O começo foi a parte mais empolgante, provavelmente porque eu lembro daquela cena nos quadrinhos - ah, sim, eu li umas 2 ou 3 revistas do Ugluk, mas foi pouca coisa e é insignificável o que eu lembro disso. Anyway, mas pode ter sido porque a cena em si é foda mesmo e faz arrepiar os pêlos do braço de até quem entrou na sala errada.

    O Hellboy bebezinho é cuti. :grinlove:

    E ele grandão é melhor ainda. Tipo, o sarcasmo dele contribui para dar a ele um carisma tremendo. Ele é o tipo de personagem que você quer que fique falando o tempo inteiro, porque sabe que toda vez que ele abre e boca é para dizer algo cool e engraçado. O lance da relação conturbada com o Professor e com a Liz dá uma dimensão dramática à personalidade do herói, e isso foi maneiro.

    O Abe também é muito foda, etc.

    Quanto a morte do Prof. Broom... alguém pode me dizer como ele morre nas HQs? Só de curiosidade, porque essa cena no filme, tendo nos quadrinhos ou não, foi bem trágica e me afetou consideravelmente. Aliás, quando o Hellboy pega o pai nos braços, morto, me deu um verdadeiro nó na garganta - e eu juro que não estava preparado para isso quando fui ver esse filme.

    As cenas de ação empolgam, querer mais o quê?

    Enfim, adorei. Estava esperando menos da metade disso, sério.

    O que? :eh:

    Ps: E o Uglúk, como ele tá? Vivo ainda? :D
     
  3. Knolex

    Knolex Well-Known Member In Memoriam

    Ristow! :doh:

    O PS dela foi o recado do orc e não um recado pro Orc! Seu sapo tosco!
     
  4. Putz, é mesmo :oops:

    Ps: Fiquem durante os créditos, tem uma cena adicional hilária :mrgreen:
     
  5. Pips

    Pips Old School.

    Gostei do filme.

    Por que?

    Eu como um não conhecedor a fundo do universo me senti confortavel com a história e as personagens. A história se desenvolve de maneira muito boa sem dar muita ênfase em toda hora ter cena de ação, as cenas que tiveram foram boas, suficientes e eficientes.

    O personagem título é carismático, de verdade, tenta ser mal humorado mas acaba sendo mais carismático.

    Não gostei muito da Liz, achei ela meio sem sal. :|


    Anyway...

    Com certeza um grande filme, com história forte e roteiro bem desenvolvido, se eu como não entendido no assunto adorei garanto que outros também gostaram, IMO.
     
  6. nana

    nana Usuário

    é uma moça ocm problemas indeed.. mas gostei anyway
     
  7. Strider

    Strider Usuário

    Sim, expectativa é algo foda. Eu não conhecia nada da história, nunca li o quadrinho, não sabia quem erão os personagens, tirando o Hellboy, e me surpreendi positivamente.

    Aliás, do Hellboy, eu só sabia que ele era vermelho, tinha chifres cortados e é supercool. E isso é o que, de primeira, chama mais atenção no filme, principalmente porque são nas suas primeiras aparições como adulto que ele solta o maior número de pérolas. Esse comportamento dele cria um carimas gigante, como todo mundo falou. Não achei nenhum personagem ruim, todos são cools, principalmente o Abe, blablablb.

    Os persongens não tem toda tridimensionalidade que Peter Parker, Tia May, Doc Ock tem em HA 2, mas o Hellboy não fica atrás. Na verdade, só o Hellboy e o Prof. Bloom são tão bem explorados. Mas isso não tem taaanta importância, etc. As cenas de ação também ficaram fodonas. Aliás, tiveram milhares de cenas espalhadas por todo o filme, e cada um direfente da outra, nunca ficando cansativas, na dosagem certa.

    Hm, o filme é fodão e tal. O Hellboy detona e eu agora quero ler os quadrinhos. :hellboy:
     
  8. Nob

    Nob Usuário

    OK, vou colar aqui o que disse no tópico que tratava do filme antes da estréia. Eu não tinha visto esse tópico aqui antes de postar lá. :|

    Spoilers no decorrer do post.

    Bom, como não sei absolutamente nada sobre os quadrinhos, não posso falar nada sobre a adaptação. Mas posso dizer que gostei muito da história, principalmente por não seguir muitas coisas básicas (embora já esteja virando moda :roll:). Gostei do tema, envolvendo elementos de ocultismo, embora eu ache que isto foi tratado de forma um pouco leviana; mas tudo bem, é um filme. Dificilmente uma adaptação para o cinema não possui esse tipo de problema, visto o geralmente curto espaço de tempo para explicações.

    Também gostei do estilo do personagem principal, levemente semelhante a Spiderman. E isso contribuiu para a diferença deste e de outros filmes de supers. Muita gente não deve ter gostado disso por não ter a fórmula básica (que não torna algo necessariamente ruim), mas eu não me importo mesmo.

    O filme me fez ter vontade de procurar por mais informações na HQ (se eu conseguir achar). Espero que isso aconteça com outras pessoas também.

    Ah, algumas coisas que achei estranho:

    - Por que os "Sammael" foram só para aquela região da Rússia (não me lembro do nome)? Parece incoerente, as criaturas deveriam estar em outras partes do mundo e não serem destruídas por completo. A não ser que elas realmente não tenham sido destruídas totalmente, mas o filme não dá nenhuma informação.

    - No fim, por que Hellboy não escolheu abrir a porta apenas para ser solto e depois ter "mudado de idéia"? Ele poderia ter pensado mais, visto que mudou de idéia (desta vez realmente) só quando Myers o lembrou.

    - Se Hellboy é à prova de fogo, suas roupas também o são? Parece que sim como foi demonstrado, mas não deixa de ser estranho.
     
  9. Fox

    Fox Visitante

    Na verdade, a fórmula básica que você fala costuma contriuir pra falta de qualidade da história, então foi ótimo nõa terem usado ela no filme.

    Até onde eu entendi e me lembro do gibi, foi pro Rasputin atrair o Hellboy pra la, sendo o local ideal praa libertação do Ogdru Jahad... ou algo assim.

    O Prof. Broom até estranha essa localização, lembra?

    Porque o Hellboy tava realmente obcecado por salvar a Liz a qualquer custo.

    E o Myers lembrou ele do que estava fazendo da melhor maneira possível, mostrando um símbolo do Prof. Broom e do que ele significava pro Hellboy.

    Possivelmente, mas acho que simplesmente rolou uma abstração ali, tipo como a roupa do Super-Homem quase nunca se danificar. :P
     
  10. Fox

    Fox Visitante

    Bom, eu faço outro post aqui porque o de cima ficou meio grande já.

    Hellboy tá no nível de Aranha pra mim, porque os dois têm essas duas excelentes características: O roteiro com estrutura pouco convencional e a plástica muitíssimo bem planejada.

    No geral eu gosto até mais de Hellboy, porque além das composições que os dois têm, ainda carrega uma plástica nos detalhes cenográficos, de figurno... no geral, por pouco a direção de arte é superior a do Aranha, o que não é pouca merda não.

    O Pearlman tava demais no filme, linguagem corporal muito bem executada, tudo na medida certa, mesmo nas partes onde sutileza e até mobilidade eram o mais necessáiro pra se expressar ao máximo.

    O Abe é fodão mesmo. Ainbda bem que tão seguindo a estrutura de série e deixando pra desenvolver mais outros personagens mais pra frente, com calma.

    Aliás, essa calma é o que deu ao roteiro essa leveza e profundidade que convivem em harmonia. Admirável.

    Obs.: Purismo é nerdice, Naty. 8-)
     
  11. Mith

    Mith This server is too busy!

    Não-acredito! Fui o primeirão a sair da sala!¬¬" Mas, obrigado! :mrgreen:
     
  12. Tonho Hammond

    Tonho Hammond Molusco

    não, não assisti, mas eu tenho uma doença rara que me compele a querer saber todos os spoilers e situações de um filme antes de vê-lo :wink:
     
  13. Fox

    Fox Visitante

    Isso me lembra, a crítica em geral reclamou do roteiro fraco que permitiu o sumiço de dois personagens importantes pro enredo a partir de determinado ponto da história.

    Essa cena depois dos créditos mostra que a maioria dos críticos não parou pra assistir até o fim mesmo.

    E quanto ao outro, que pelo menos pram im ficou óbvio que sumiu, não havia razão pra ele parecer mais, então foi feita a coisa simples e certa. Que obviamente vai contra a exigência de certas fórmulas que a crítica adora falar mal, mas sentem falta quando não está lá.
     
  14. Strider

    Strider Usuário

    Qual foi a cena depois dos créditos?
     
  15. Boreli

    Boreli .

    Acabei de voltar. . .
    E não tenho NADA para falar do filme!
    PARA MIM, o 2º maior do ano até agora.

    Só queria saber alguma coisas, pois nunca li Hellboy:
    1 - O quanto houve de mudança e quais foram?
    2 - O estúpido aqui simplesmente esqueceu de ficar nos créditos. Alguém me diz qual é a cena?

    No mínimo mais duas vezes antes do DVD extendido no final do ano!

    :clap:
     
  16. Fox

    Fox Visitante

    Foi a cena que mostra que eles esqueceram o chefe do FBI preso naquelas cavernas. :lol:
     
  17. Boreli

    Boreli .

    Valeu aí.

    E a crítica é tão supercicial e implicante.
    Como reclamar do roteiro, que o Broom e o Ape não aparecem na parte final do filme?
    Meu Deus! Falta de atenção é demais pra mim. . .
     
  18. Athus

    Athus Usuário

    gostei muito de como o Hellboy foi retratado no filme ficou muito carismático, com certeza ele foi a melhor coisa do filme
     
  19. Fox

    Fox Visitante

    Na verdade, foi só esse comentário mesmo que foi mais chato. De resto eles elogiaram o que havia pra elogiar.


    Bloom??? Como você queria que ele aparecesse mais se morreu? :doh:

    Eu tava falando do Chefe Manning.

    E não é Ape (primata :o?: ), é Abe, de Abraham.
     
  20. Boreli

    Boreli .

    Isso! Tava falando que o Broom morreu, meu coraçãozinho quase não aguentou, e como eles queriam que o cara tivesse presença no resto do filme? É dose. . .

    Quanto ao Abe, foi erro meu de digitação mesmo. . .

    Bom voltar a falar com você Senhor Raposa!
    No remorse. . .
     

Compartilhar