• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

[HBO] A Casa do Dragão (House of the Dragon) - 1ª Temporada

Angry GIF by Game of Thrones
Wish Regret GIF by Game of Thrones
 
É sério isso??? A gente entra aqui animado, cheio de ideias e teorias sobre o episódio pra daí dar é de cara com conversas sobre o tal do ''PÉ'' ??? Misericórdia !!!

b283db9721e068ca1bd258e53339e75b_w200.webp
Depois dessa perdi até a vontade de escrever sobre o que achei do ep!
 
Última edição:
É sério isso??? A gente entra aqui animado, cheio de ideias e teorias sobre o episódio pra daí dar é de cara com conversas sobre o tal do ''PÉ'' ??? Misericórdia !!!

b283db9721e068ca1bd258e53339e75b_w200.webp
Depois dessa perdi até a vontade de escrever sobre o que achei do ep!

😂🤣 kkkkkkkkkk Ha tempos que eu não ria tanto :rofl::lol::lol::lol::lol::lol:

Pra mim esse penúltimo episodio foi bem interessante, pois ele mostrou que se de um lado temos uma princesa corajosa com vários dragões a seu favor e aliados imbatíveis, do outro temos agora um babaca de coroa com o maior trunfo que existe em Westeros pra reinar: a adoração da população de Porto Real ! Achei bem legal essa balança pra equilibrar, pois criou-se aquele dilema: ''de nada adianta ter poder (lords apoiando e dragões) se a multidão não ta do seu lado''!

Rhaenyra vai ter que dar dracarys geral nas pessoas se quiser governar, até porque uma coisa é sentar no trono e outra é conseguir reinar nesse trono (já dizia Tyrion em GoT pra Daenerys ''conquistar nao é o mesmo que governar'') 😃.

King-Aegon-II-Targaryen-Crowd-Coronation-House-Of-The-Dragon-Episode-9.jpg
 

@Lady Targaryen

Concordo, inclusive se antes as pessoas já vaiavam a Rhaenyra (cena do teatro da baixada das pulgas), agora irão detestar ainda mais a princesa porque a Rhaenys que é time black fez a imbecilidade de pisar com o dragão encima de muitos inocentes.
 

@Lady Targaryen

Concordo, inclusive se antes as pessoas já vaiavam a Rhaenyra (cena do teatro da baixada das pulgas), agora irão detestar ainda mais a princesa porque a Rhaenys que é time black fez a imbecilidade de pisar com o dragão encima de muitos inocentes.

E isso está gerando discussões e controvérsias sobre a escolha feita pelos Showrunners ao retratar a carnificina de Rhaenys na cerimônia de coroação de Aegon: se HOTD vai cair na mesma armadilha de GOT, que prezava pelo Espetáculo em detrimento da Coerência Interna do seu worldbuilding.

Quando GOT ultrapassou o material fonte (os 5 livros), vários problemas começaram a surgir. Os produtores começaram a priorizar o espetáculo gratuito e genérico com o uso excessivo de violência, sexo e CGI para (tão somente) chocar (por chocar) o telespectador e disfarçar a falta de Consistência do Roteiro.

- Exemplo:
Para mim, um dos melhores episódios de GOT é o 10° da 6ª Temporada com a trama da Cersei em explodir o Septo:


A fotografia, as atuações, a trilha sonora, a direção e o arco da Cersei - de rainha caída para Rainha Renascida (similar à Fênix com o seu Fogo Vivo) - são perfeitos como história fechada. É um espetáculo!

Mas aí tem a cena que destrói essa impressão e mostra que o espetáculo é vazio de Coerência do Mundo de Westeros:


Cersei cometeu os seguintes crimes:

a) Deicídio/Blasfêmia religiosa: matou o "Papa da Igreja Católica de Westeros" ao explodir a "Basílica de São Pedro";

b) Patricídio: após o casamento de Maergary e Tommem, Mace Tyrell se tornou "pai" de Cersei; Maergary se tornou sua irmã; Loras se tornou seu irmão. De acordo com as leis e costumes de Westeros.

c) Fratricídio: Kevan Lannister, morto na explosão, era tio de Cersei.

d) Regicídio: à essa altura, todo mundo vai achar que a louca matou seu próprio filho em busca de poder.

Lhes pergunto sob uma ótica medieval: como Cersei foi coroada rainha depois de ter feito tudo o que fez? Deicídio, Patricídio, Fratricídio e o "assassinato" do seu filho (o último da dinastia Baratheon). Como ainda tinha apoio dos nobres após o massacre dos nobres na explosão da igreja? Como não tinha o povo atacando seus guardas para esquartejar o monstro que atacou a Fé? E como os guardas e cavaleiros Lannister, devotos dos 7, não destronaram essa rainha louca?

Maquiavel diz que é melhor governar por medo do que por amor, mas Medo não é Ódio. Se você causa ódio, você gera contenda para sua queda.

Quero muito ver se os Negros sofrerão as consequências políticas do que Rhaenys fez em Kingslanding. Se nada for comentado, então HOTD pode tá mostrando sinais de que aprendeu a lição errada de GOT.
 
Última edição:
torrenters, vazou ontem o último episódio :hxhx:

tinha lido, antes de assistir, algumas recepções mistas, mas eu até que gostei desse último episódio.

basicamente as críticas - que ja tavam comparando a primeira temporada com a sétima e oitava de got - se dirigiram à cena que o daemon enforca a rhaenyra, mas penso que isso se encaixa na própria formação do personagem ao longo da série, de não ser totalmente bom ou mau e tals, apesar da cena em si ate ser um pouco desnecessária (ok, se vê antes ali que o daemon já tava dando uma desequilibrada nas cenas do conselho).

e outro sobre a morte do Luke que, aparentemente, destoa da dos livros. me parece que o Martin mesmo aprovou essa mudança, mas, por não ter lido o livro que cobre a série, não me pareceu uma mudança tão boba, pelo menos por enquanto - talvez mostre que a dança dos dragões começou por causa dos dragões rs, a conferir na próxima temporada.

ainda, é curioso ver como a rhaenys vê o dilema da rhaenyra, como um espelho dela com o Viserys, até a parte que os Velaryon se aliam a ela, pelo menos. enfim, gostei dessa primeira temporada, e a propria série deixa em aberto algumas questões e abre espaço para que alguns "erros" (como aquele voo da rhaenys no episódio 9, já apontado nesse tópico) sejam melhores desenvolvidos na segunda temporada. pena que demora até 2024 😭
 
É, desta vez vocês me passaram. Verei só no domingo pela HBO mesmo. Tentar fugir dos spoilers. :g:
 

Eu já sei boa parte do que acontecerá no episódio de hoje. Não vi o episodio vazado, mas a curiosidade acabou sendo maior do que meu pavor de spoilers, e eu saí clicando em tudo quanto é tweet de gente espumando de ódio.

Nem vou sofrer com as merdas, com as adaptações, com as escolhas dos roteiristas e tudo o mais. Vou assistir ao episódio na vibe do tweet que botei aí: Vhagar tá velhinha e pensa que ainda é montada pela Visenya, e elas estão conquistando os sete reinos.​
 
Terminei de assistir o episódio e não estou tão surpreso com o final.

Estava na cara que um dos dois iria morrer ali em algum momento. A briga era desde a infância e não iria passar nunca. Aquelas cenas de medo do filho da Rhaenyra antes de sair já dava para imaginar o que estava por vir. De certo será o estopim para a Guerra, mesmo que a Rhaenyra estava pensando em não derramar sangue.

E novamente aquele Otto não recebe um dracares. Fiquei torcendo ali na cena para ela acabar com ele de uma vez.

Gostei do episódio no geral. De certo o episódio deixou aquela sensação de team Rhaenyra para a maioria. Estou com boas esperanças para a continuação.
 
Terminei o episódio. Para mim, o melhor da temporada.


Eles fizeram como no episódio 9: humanizaram uma facção inteira dando um rosto ao grupo, e focando em um personagem.

Nos Verdes, foram representados e humanizados por Alicent. Neste episódio, que é o ponto de vista dos Negros, focaram inicialmente em Luke "tocando" em Driftmark, na herança que nunca terá:
Screenshot_20221023-235450_Quora.png

E a Interação inicial de mãe e filho, após o término do episódio, toma um significado maior e uma grande força emocional. Pois, o episódio fala muito sobre perda e as coisas que poderiam ter sido.

Depois de vermos, no episódio 8, Viserys mostrando que, um andar cambaleante sala do trono, tem mais Emoção e Grandiosidade do que uma cena de CGI (de videogame) de um Balrog ou de um dragão voando; Rhaenyra sente a Perda:

- Perda de seu pai;
- Perda de uma sucessão até então já definida;
- Perda da segurança de seus filhos;
- Perda de seu filho natimorto, um trauma que trouxe à lembrança a sua mãe Aemma, no primeiro episódio;

É um prenúncio simbólico do que virá à Westeros, com outra Perda:

Fogo:
Screenshot_20221024-001936_Quora.png

E Sangue:
Screenshot_20221024-001028_Quora.png

Então vem, para mim, a parte mais simbólica e emocional do episódio:
Screenshot_20221024-002257_Quora.png

Screenshot_20221024-002306_Quora.png

Screenshot_20221024-002540_Quora.png

A coroação de Rhaenyra com o último pedaço do seu pai, e uma cena similar ao último momento de amor/irmandade que Daemon teve com Viserys:

A revanche de Otto vs Daemon, muito similar ao episódio 2. Hightower veio com Termos "generosos", que se não aceitos, colocariam a culpa e o peso do início da conflito nos ombros dos Negros (e nem precisava, o que Rhaenys fez, na coroação de Aegon, já podia ser interpretado como uma declaração de guerra):

Screenshot_20221024-002849_Quora.png

Como resolver essa situação sem recorrer à violência? Gostei muito da atitude de Rhaenyra: ela não reconhece a autoridade política que Otto representa. Ela arranca o broche:

Screenshot_20221024-003553_Quora.png

Lembra que Luke começa o episódio interagindo com Rhaenyra? Dói reassistir sabendo que aqui foi a última vez que eles se amaram e se tocaram:

Screenshot_20221024-003718_Quora.png

E fica a dúvida: Aemond queria (muito) de coração, o que a razão dizia para não fazer. Seu dragão ouviu o desejo de sua mente. Até então, pensamentos eram apenas sombras, e Aemond aparentemente não iria dar impulso à esse desejo passional.

A racionalidade de Aemond podia ter evitado a tragédia, mas os anos de ressentimentos falaram mais alto, e tendo seu dragão um laço telepático e sentimental com seu cavaleiro, o resultado não poderia ser outro:


Qualquer possibilidade ínfima para se evitar a guerra morreu com o Luke.

Vejo o pessoal falando muito: "Rhaenyra podia ter matado Otto"; "podiam ter atacado com os 7 dragões contra os 4 dragões dos verdes"; "podiam ter feito isso ou aquilo".

Sei lá, parece que o pessoal é imediatista e vê um mundo medieval na ótica anacrônica do século XXI. Esta crítica não cola tanto pra mim.

No fim, acho que eles fizeram um trabalho melhor para que o público ficasse mais emocionalmente investido nos Negros do que nos Verdes.
 

Anexos

  • Screenshot_20221024-002257_Quora.webp
    Screenshot_20221024-002257_Quora.webp
    319,2 KB · Visualizações: 3
Última edição:
E tem gente falando que a segunda só em 2025. Tomara que não. Mas é interessante dar uma checada nos prós e contras das séries modernas com menos episódios e hiatos mais longos entre as temporadas.


 
Última edição:
Assim, gente, o povo fez um DRAMA, falando que os roteiristas tinham estragado o trem todo e tudo o mais, mas, na boa? Que exagero! Não estragaram nada, não. Povo tá mais pirado do que o carinha lá, em prisão domiciliar, atirando na PF. 8O

Desnecessária e completamente aleatória aquela enforcada que o Daemon deu na Rhaenyra. Achei bizarra, sim. E nada a ver, visto a maneira que ele era com ela.

Agora, o povo falar que aquela não era a Rhaenyra, porque ela, inicialmente, tentou evitar uma guerra, é falta de interpretação do que vê, né? Povo falando que a Nyra criança é que tinha ímpeto. Vejamos, a Nyra adolescente, que eu adorava, era princesa. A Nyra deste episódio tinha de se comportar como rainha, como alguém digna de usar a coroa, como alguém digna de ser apoiada em sua reivindicação — ainda que legítima — pelo Trono de Ferro. Ela agiu como uma verdadeira rainha, sim.

Agora, gente, na boa, o Aemond não matou o bonitinho por acidente. Ele quis, sim. Muito óbvio que não dá para arrancar um olho duma criança voando. Entendo os roteiristas tentarem suavizar isso na série, mas a verdade é que a dança dos dragões não começa por acidente. Ele quis matar o sobrinho. E os dragões... nós já sabemos. Viserys disse, no primeiro episódio, é ilusão pensar que alguém pode controlá-los.
 
hmm, interessante isso da morte do guri ter destoado do livro. Ia até perguntar, por ansiedade de saber o que acontece, até que capítulo a série segue rs mas fica a pergunta ainda assim :)

outra coisa que notei, não sei se já falaram, li por alto, e era bem previsível tbm, foi que a Rhaenys não se ajoelhou nem abaixou a cabeça para a Rhaenyra, apesar de apoiá-la...
 
Gente, o Daemon, destemido, indo cantar, em alto valiriano, para o Vermithor — dragão que pertenceu ao rei Jaehaerys — foi uma das cenas mais lindas de GOT. Ele poderia virar churrasco? Poderia, mas, ainda assim, foi lá, tentar ficar amigo de um dragão sem dono que, na guerra, pode ser um grande aliado. Daemon Targaryen, por que você é tão maravilhoso?
 
Sei lá, parece que o pessoal é imediatista e vê um mundo medieval na ótica anacrônica do século XXI. Esta crítica não cola tanto pra mim.
Nem é uma óptica anacrônica; é uma óptica de quem joga muito videogame e não calcula riscos nem danos colaterais pra nada, nem consegue se pôr no lugar dos outros para analisar a situação. :rofl:
 

Valinor 2023

Total arrecadado
R$2.524,79
Termina em:
Back
Topo