• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Harry Potter: O perigo oculto do menino bruxo

Círdan.

bastard
Me desculpem se não comentar nada mais profundo..
Mas depois de ler um comentário idiota de um fanático religoso idiota eu só posso dizer uma coisa..

A falta do que fazer é uma desgraça.
 

Pandatur

Usuário
Pra falar a verdade, em "O cálice de fogo", quando Rabicho (é esse o nome?), "ressucita" Voldemort, a cena é pesada mesmo_O jeito como Rowling descreve a criatura nas mãos do bruxo, e o ritual que ele realiza são...hm... assustadores...
Não que eu esteja dizendo que haja algo de demoníaco no livro...nada disso, mas a cada volume o peso da história vem aumentando, o que eu acho fantástico.Tudo não passa de literatura...e boa literatura...nada mais...mas sempre têm aqueles que adoram reclamar de tudo, achando que são os donos da verdade...pior que essas cenas no livro são as bizarrices reais e de todo o tipo que ocorrem no mundo de hoje.
 

Fosco Cachopardo

Ghost of Perdition
Eu não li o topico todo, mas quero falar uma coisa
Esse povo fica é procurando pelo em ovo. Por isso q eu acho q não tem nada a ver interpretar um texto... pq cada um tem sua interpretação, e acaba dando nessas merdas...
 

V

Saloon Keeper
O que acontece é o seguinte: esses fanáticos têm medo, porque o povo cada vez mais vêm ignorando a religião e dando importância a coisas que fazem crescer intelectualmente. Então, tudo que eles consideram ameaçador, eles dizem que é "do Demo".

Bom, azar o deles. Esse tipo de atitude só piora a situação. Por mais que pais fanáticos religiosos joguem os livros na fogueira, seus filhos fãs de Potter verão isso como um ataque, e crescerão odiando (aberta ou secretamente) a doutrina religiosa.

Eu pessoalmente não tenho nada contra pessoas que sigam alguma religião, desde que elas tenham discernimento. É melhor ser cético do que ser cego.
 

Maglor

Lacho calad! Drego morn!
Você falou muito bem, V.
Seria até mais engraçado se nós soubéssemos que o texto não é irônico. O que mais me admira é que o autor tira conclusões e leva adiante como se fosse realmente uma intenção do texto que seja como ele diz; ele afirma que H. Potter é como se fosse Cristo e passa e criticar baseado nisso, praticamente desconsiderando o que a autora e o mínimo de bom senso têm a dizer sobre isso.
Fora que quando esses críticos dizem que o protagonista luta e vence o mal, na minha opinião perdem a razão. Afinal, se acusam de ser "ruim e demoníaco", por eles lutam contra o "demônio"? Bah...
 

V

Saloon Keeper
Exatamente. Aí ele entra em contradição e os seus argumentos só não perdem o sentido para pessoas ignorantes que, como ele, simplesmente não querem enxergar as coisas como elas são.

Isso é triste, sabe. Porque negar o direito de expressão seria hipocrisia. E eu tenho certeza que muita gente acredita piamente no que ele diz, e aprova.

Mas como eu disse, não é exatamente o Harry Potter que é o alvo. O alvo é qualquer livro que não seja a Bíblia. Harry Potter é a penas um bode expiatório, escolhido pela facilidade de relacionar o tema da bruxaria com o satanismo real (que só existe na cabeça de ignorantes, diga-se de passagem).
 

[F*U*S*A*|KåMµ§]

Who will define me?
Pandatur disse:
Pra falar a verdade, em "O cálice de fogo", quando Rabicho (é esse o nome?), "ressucita" Voldemort, a cena é pesada mesmo_O jeito como Rowling descreve a criatura nas mãos do bruxo, e o ritual que ele realiza são...hm... assustadores...
Não que eu esteja dizendo que haja algo de demoníaco no livro...nada disso, mas a cada volume o peso da história vem aumentando, o que eu acho fantástico.Tudo não passa de literatura...e boa literatura...nada mais...mas sempre têm aqueles que adoram reclamar de tudo, achando que são os donos da verdade...pior que essas cenas no livro são as bizarrices reais e de todo o tipo que ocorrem no mundo de hoje.
realmente....
foi pesadão esse cena....
e eu vi uma entrevista em q ela disse q vaum ter mto mais cenas pesadonas....
nessa entrevista ela me pareceu uma pessoa segura e q naum se importa se as pessoas vaum gostar ou naum do livro.....
atitude q eu admiro....
teve uma hora em q ela falou mais ou menos assim:

"Alguns pais me mandaram cartas dizendo q eu assustei seus filhos em algumas cenas do livro e q era pra eu mudar esse eskema.
Naum vou fazer isso.
Não vou aceitar pressões sobre o meu trabalho. Escrevo do jeito que eu kiser. Naum me importo com as criticas destrutivas q tem aí.
Escrevo para agradar um publico? Sim, claro q sim.
Mas esse publico naum vai mudar meu estilo. Se eles kerem ler, q leiam do jeito q eu escrever. Naum vou ceder a essas pressões."
 

Gildor

Usuário
Esse Jehozadak é um caso complicado... ele é um dos maiores expoentes dessa contra-cultura de "as forças do Demo estão dominando o mundo". Ele escreveu um texto sobre Tolkien nesse mesmo nível aí, que chamar de patético seria um grandioso elogio.

Como o Maglor bem disse, esse cara cria "argumentos" que só convencem a ele e os seus, criando sua própria versão do que é verdade a partir de raciocícios que não fazem sentido. É lamentável. Conquistou o merecimento do meu desprezo completo e total. :aham:
 

Pandatur

Usuário
Gildor disse:
Esse Jehozadak é um caso complicado... ele é um dos maiores expoentes dessa contra-cultura de "as forças do Demo estão dominando o mundo". Ele escreveu um texto sobre Tolkien nesse mesmo nível aí, que chamar de patético seria um grandioso elogio.
Onde eu encontro esse "texto"? Estou curioso...quero ver o que o nosso "amigo" rabiscou.
 

V

Saloon Keeper
Engraçado ele falar de Tolkien... sendo que este era católico até a veia.
 

Anigel

Eu atropelo duendes!
Há uma maquinação ordinária em curso visando a corromper espiritualmente o mundo, e de modo especial a criança, o jovem e o adolescente. Neste ponto, a saga de Harry Potter é imbatível.

HA HA HA HA HA HA HA HA HA

:arrow: Das duas uma; ou esse cara é esquizofrênico paranóide ou está puxando um tremendo baseado. Que viagem!!! 8-)


HA HA HA HA HA HA HA HA HA
 
Kra...... Toh sem palavras p/ descrever o q eu li ......
Fanatico religioso eh f***
Isso aih em baixo eh do texto sobre SdA
Além do que nos tais contos, não existe o núcleo familiar. Quem manda, orienta, comanda invariavelmente é sempre um tio, um tutor, etc. Ou em O Senhor dos Anéis, Frodo não é sobrinho de Bilbo? Ou na saga do oleiro maldito, quem manda não é o tio Walter? Já repararam que nunca pai e mãe comandam nada nos contos-de-fada? Porque será? Qual é o maior desejo do príncipe deste mundo? Destruir a família. Ou não é?
Qual eh o maior objetivo de Harry?
Ah, eh destruir a familia ....
Sera q esse tal de jehozadek eh louco :?: :o?:

Deve ser 8-)
 
O Maglor tocou num ponto que é o centro de tudo.

Há muitas centenas de anos a Igreja vem pregando os ensinamentos de Jesus Cristo. Mas será que esses ensinamentos foram corretamente interpretados e "administrados"?

Talvez não tenha sido propositadamente que a Igreja tenha surtido esse efeito sobre muitos de seus fiéis, mas isso aconteceu. Hoje em dia, os desejos mais naturais do homem, seus sentimentos, fraquezas e estados são às vezes tomados como crimes contra Jesus. Imagine o que não pensa um fiel ao ser repreendido por ter cometido um desses "crimes'?

Pensemos então, com os príncipios básicos da religião católica:Deus fez o homem à sua imagem e semelhança. Assim como nós então, ele sente inveja, tesão, desejo, ciúme e raiva. Cabe a nós trabalharmos esse tipo de sentimento, e então entender os motivos. Somos humanos, e sentimos tudo isso. Não acho que sentimentos assim devam ser repreendidos. A partir do momento em que se diz que um SENTIMENTO é um "crime", o homem passa a pensar que ele próprio, como humano, não é correto. E isso é doentio.

Esse tipo de prática gerou criaturas como esse cara.

Na sua crítica ele menciona o fato d'O Senhor dos Anéis não mencionar e não reverenciar Jesus Cristo. Onde está nossa liberdade? Será que ele quer então que sejamos "ovelhas do rebanho do Senhor" sem pensamento e vontade? Que não imaginemos outros universos, deuses e que não sonhemos? Talvez não seja essa a intenção de Deus.

Essa interpretação doentia e limitada dos ensinamentos de qualquer religião ainda vai levar a humanidade à ruína...

Ps: que post enorme... Me surpreendi agora... Eu nunca escrevo tanto... :lily:
 
Para falar a verdade eu nem perdi tempo lendo este texto. Porque são sempre as mesmas baboseiras de sempre, tipo "é coisa do demônio", etc, etc, etc. É como um amigo meu falou: "estes fanáticos falam mais no diabo do que no próprio Jesus Cristo, quando Jesus deveria ser mais bem falado por eles." Qualquer tipo de fananismo é ruim, pois você só enxerga (e muito mal) uma face das coisas e o pior: mesmo que eles estejam errados e você esteja certo, eles continuem a insistir no erro, que é o certo para eles.
Ps: sou religiosa.
 

Maglor

Lacho calad! Drego morn!
Melhor não entrar no mérito da religião aqui.

Mas de uma coisa eu me convenci. Realmente ele deve sentir alguma forma de prazer em inventar argumentos e distorcer as coisas pra elas se adaptarem ao que ele quer dizer. Assim fica bem mais fácil... é bem simples: se você quer criticar alguma coisa, interprete aquilo como lhe aprouver, vá lendo e tirando comprovando tudo aquilo que você já sabia antes mesmo de ler. É só "comprovar" o que você já tinha "concluído".
Sim, porque ele tem "lido toda a obra de Tolkien, Lewis, e Rowling, e lido o suficientemente para descobrir o quanto somos enganados por uma literatura que pretensamente é dedicada a jovens e crianças, e que os contamina espiritualmente."

Vou puxar o pano para Tolkien, por já ter dado uma explicação genérica que se aplica à Rowling, Lewis, irmãos Grinn, Monteiro Lobato e qualquer um. Eu podia enumerar uma série de erros grosseiros tanto no que ele diz, quanto nas fontes que ele consultou (inclusive está dito que a psicanálise provou o medo dos pais das histórias de fadas! A única coisa que psicanálise provou é que não prova nada, não é uma ciência), mas prefiro continuar sobre a distorção imbecil que ele faz dos fatos.
Afirma sem mais nem menos, de novo, que há "gnomos e elfos no SdA". Bom, há muitas décadas os noldor eram chamados de gnomos, mas justamente prevendo que isso ocasionaria confusões, Tokien chamou de elfos; elfos que são um dos grandes méritos de Tolkien, pois não eram nem baixinhos e nem "parecem convidar os humanos para unirem-se a elas, mas que na realidade trazem-lhe a morte"; os elfos de Tolkien representariam a "verdadeira" visão dos elfos, deturpada pelos séculos até se transformar na visão mitológica que o crítico trancreve e aplica a Tolkien.
Mas nós sabemos que ele estava se referindo aos anões quando ele dizia gnomos. E com eles seria a mesma coisa...
...eu já começo a duvidar se ele realmente "tem lido o suficiente". Talvez tenha lido uma sinopse qualquer. Ou talvez feito o que eu tinha dito, interpetado do jeito dele... talvez, ele possa ser apenas burro mesmo. Não temos como saber.

Sei que criticar é bem mais fácil que elogiar (o que também não é fácil), já que você precisa ter conhecimento de causa para não cair no erro do senso comum e dizer, algumas vezes, justamente o que o autor alvo da crítica fez questão de rebater já prevendo a ignorância alheia.
 

Pandatur

Usuário
Só uma coisa...o autor criticado por esse cara (a Rowling por exemplo), poderia entrar com um processo contra danos morais?Afinal o cara a esculhambou!!!Independente se ele gosta ou não da obra dela e do Tolkien, ele disse tudo, ou quase tudo que se pode dizer de pior....imagine a reação de Tolkien quando alguém dissesse que ele era "diabólico"!Não que o professor fosse querer sair na porrada, mas iria se sentir muuito chateado (ou achar o cara um idiota e não dar a mínima para ele), afinal era um católico fervoroso...
Resumindo....pode-se entar com uma ação judicial por de danos morais contra o babaca aí?
 

Gildor

Usuário
Undómiel disse:
Na sua crítica ele menciona o fato d'O Senhor dos Anéis não mencionar e não reverenciar Jesus Cristo. Onde está nossa liberdade? Será que ele quer então que sejamos "ovelhas do rebanho do Senhor" sem pensamento e vontade? Que não imaginemos outros universos, deuses e que não sonhemos? Talvez não seja essa a intenção de Deus.
Legal isso. Foi uma das coisas que pensei quando li o texto pela primeira vez: vamos queimar praticamente todas as obras mundiais, porque praticamente todas não mencionam Jesus, religião ou coisa assim. Patético :lol:
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.225,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo