1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Hakim Bey

Tópico em 'Autores Estrangeiros' iniciado por clandestini, 8 Fev 2009.

  1. clandestini

    clandestini Cylon ou

    [align=justify]Alguém já ouviu falar de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ?

    Já leu alguma coisa dele?

    Sabe sobre o que ele escreve?

    Pois é. Ele pode ser desconhecido das grandes massas, mas tem uma legião de seguidores (isso mesmo, não são fãs e sim seguidores aqueles que o leem).

    Sua publicação mais famosa é TAZ - Zona Autônoma Temporária (que eu já tive o prazer de ler) que está integralmente disponível na rede.

    Atualmente estou lendo CAOS: Terrorismo poético e outros crimes exemplares (também disponível integralmente).

    O primeiro é fantástico, te leva a milhares de questionamento em apenas um parágrafo. O livro inteiro então, é uma explosão de pensamentos.

    Já o segundo, segue uma linha de narrativa um pouco confusa, um fluxo de pensamentos contínuo. São fragmentos de textos reunidos em único livro: panfletos, comunicados e algumas histórias pessoais isoladas.

    O conteúdo? Bem, não gostei tanto quanto de TAZ, mas ainda assim é bem instigante. Como é um livro sobre ideologias e opções de vida, tem bastante coisa que discordo, mas em outras compreendo completamente a posição de Bey e apóio.

    Existe uma porção de textos dele espalhados pela rede, de fácil acesso e disponíveis gratuitamente. Se ler um livro dele for muito trabalho (o que eu definitivamente não posso acreditar, pois são livros bem fininhos e de fácil leitura) basta selecionar alguns de seus textos curtos traduzidos em um esforço filantrópico pelo bcardoso ou pode ler em inglês mesmo.

    http://navalha.wordpress.com/2007/09/23/hakim-bey-e-meu-espasmo-filantropico/
    http://www.hermetic.com/bey/[/align]
    [align=justify]
    PS: estete texto foi escrito originalmente para ser publicado como um post no meu blog e estrá online dia 09/02/09 às 19:00
    [/align]
     
  2. Clara

    Clara Antifa Usuário Premium

    Que interessante!
    Não, não conheço o autor, mas vou conhece-lo agora, nas obras disponíveis na internet.
    :sim:


    :rofl: "PO-TA-TOES"
     
  3. Luciano R. M.

    Luciano R. M. vira-latas

    Ah! Eu adoro o Hakim Bey! Não acho que seja um dos 'seguidores' dele, mas compartilho algumas idéias.

    O nome dele na verdade é Peter Lamborn Wilson, Hakim Bey é um pseudônimo. Se não me engano ele tem outros ainda, mas os livros estão em casa, lá eu vejo quais são.

    Um outro livro dele, muito bom, é o Utopias Piratas. Ele faz ao mesmo tempo uma revisão história das formas de organização dos piratas e desenvolve a idéia das ZATs (Zonas Autônomas Temporárias).

    Ele é bem conceituado nos meios anarquistas, apesar de muitos social-anarquistas criticarem ele por ser muito próximo do 'anarco-individualismo' que é apolítico.
     
  4. clandestini

    clandestini Cylon ou

    Dele eu só li TAZ e Caos mesmo, eu costumava participar de um grupo anarquista em POA e lá o pessoal sempre achou ele muito mais anarco-individualista mesmo. Por isso que tem algumas idéias que ele sustenta que eu não compartilho, mas a obra dele é bem interessante e merece ser lida e conhecida.
     

Compartilhar