1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Haibane Renmei (idem, 2002)

Tópico em 'Anime & Mangá' iniciado por Litzhel, 25 Fev 2004.

  1. Litzhel

    Litzhel Delirium

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    No anime, ninguém sabe o que os Haibanes são, nem eles mesmos. A única coisa que eles sabem, é que sempre que surge um casulo, é porque mais um Haibane está chegando.
    Eles tem caracteristicas de anjos, a famosa asinha e a aureola.

    O curioso é que os Haibanes que chegam, não "nascem", ou seja, eles já tem certa idade, tem um passado, mas não se lembram do mesmo. Nenhum dos Haibanes, sabe se teve uma familia, se vivia sozinha, se tinha uma casa.

    A única coisa que se sabe, é que eles não podem sair da cidade deles. A cidade também é povoada por pessoas "normais", e elas não se mostram surpresas ao ver outras pessoas com asas e aureolas andando por aí. Mas a vida deles se restringe lá. O porque que não pode se sair de lá, eles também desconhecem.

    É claro que essas questões irão se resolvendo ao desenrolar do anime. O total de episódios é de 13.

    Só que não é só o tema que chama atenção, mas o desenrolar das coisas. Não se prende unicamente a isso, mas vai mostrando sentimentos, sobre prioridades na vida, a aversão que temos a mudanças, a coisas que desconhecemos, etc..

    O desenho do anime, é muito bem feito, as cores usadas são certeiras, nada de alegorias.

    Só que esse anime não foi feito baseado num mangá conhecido, e sim num mangá feito por um fã (doujinshi). O mangá foi escrito por Yoshitoshi Abe (responsavel pelos desenhos de S.E. Lain, mas quem fez os desenhos do anime não foi ele, Akira Takada.
    Por esse motivo, talvez seja mais dificil encontrar o mangá.

    Bom, é isso. O anime é muito fofo, bem feito, e é um anime que vale ser visto.




    Post editado pela moderação: Como citado no Item 6 das
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e aceito por todos os cadastrados, é proibida qualquer vinculação (ou links para) de material de posse de terceiros, sem a explícita autorização do detentor dos Direitos Autorais do Mesmo.

    Atenciosamente, Administração Fórum Valinor
     
  2. Eu tô assistindo Haibane Renmei... Eu gostei ^^
    O desenho é bom, a história é envolvente... sei lá, só sei que gostei bastante.
    Eu sei que esse post nao tá dando em nada, e que a Litz já falou mais ou menos como é a história, mas o post meu é mais pra dizer que a Litz tá certa... esse anime é super fofo, e aposto que quem assistir vai adorar ^^

    Assistam se puderem, não vão se arrepender ^^
     
  3. Litzhel

    Litzhel Delirium

    Sim, é foférrimo :grinlove:

    É uma pena que muita gente ainda não conhece Haibane Renmei.
     
  4. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Re: Haibane Renmei

    Como to tentando voltar a assistir alguns animes mais aclamados e talz depois de um tempo parado. Peguei esse aqui (e vou ressucitar o tópico pq quem não conhece merece conhecer).

    E realmente é um anime muito bom.
    Meio diferente da maioria dos que eu assisti.
    Tirando 3 episódios, é um anime com um ar calmo mas não maçante. Não chega a ser engraçado escrachado apesar de ter cenas que arrancam um sorriso. Não chega a ser com muita ação, na verdade é bem o oposto. E tb não chega a ser um anime muito apegado a parte dramática e chorosa (com excessão, como disse, de 3 episódios).

    O foco são os personagens, com certeza. Todos muito bem coerentes e realistas (tá. Ninguem anda com asas e aureola pela rua. Mas dá pra entender o que eu disse, né?). Com excessão, na minha opinião, apenas à Reki no penultimo capitulo qdo eu temi que o desenho acabasse caindo num cliche horroroso e que jogaria tudo na lama. Graças a deus foi só algo de raspão.


    Recomendo totalmente.
     
  5. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    É interessante que depois de todos esses anos, olhando no blog do Yoshitoshi, pelas fotos que ainda tira dá para ver que ele continua fascinado pelos elementos que o fizeram criar Haibane. Acho isso sensacional.

    E a série é cheia dessa introspecção (até a cidade é cercada por uma muralha pra reforçar o efeito). É muito interessante de se ver como as pessoas aladas chegam, exploram um tempo aquele pedacinho do mundo (só uma pontinha) e partem novamente levando aquele pouco de visão do mundo com elas. E é sempre cheio de mistério, um grande enigma quando aparecem.

    O autor aparentemente é craque em fazer títulos sobre "muros e pessoas" é só ver os temas de Lain, Texhnolize, Niea Under Seven...
     

Compartilhar