1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Guarda do Rio só aceita candidato com 20 dentes, no mínimo.

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Isildur, 18 Set 2007.

  1. Isildur

    Isildur Oh, no... More Porcelaine!

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Afinal, todos sabem que possuir todos os dentes é fundamental pra exercer a profissão!

    Sério, não sei se é pra rir ou chorar. Eu só posso pensar nessa condição pra uma coisa: Eliminar do concurso pessoas de classe social mais baixa, que não tem dinheiro para cuidar dos dentes ou ter uma prótese. Como o nível do concurso é 1º Grau, deve ir muita gente de classes D e E e isso seria um jeito "sutil" de restringir o acesso dessas pessoas ao concurso.

    Bizarro, pra dizer o mínimo...
     
  2. Marco

    Marco may the force be with... wait

    Isso não é meio iniconstitucional não?


    Enfim... tem um comentário pertinente ali:

     
  3. Kurt

    Kurt El Doctor

    Poxa... Que legal. :joinha:

    Acho que para o cargo de presidente também deveria ter um mínimo de cinco... dedos. Sabe como é, né? :roll:
     
  4. Isildur

    Isildur Oh, no... More Porcelaine!

    Sim, não é restritivo, só se você não tiver dinheiro pra ter uma prótese. Aí passa a ser.
     
  5. Marco

    Marco may the force be with... wait

    Well, então voltamos a estaca zero, é discriminação mesmo!
     
  6. Tuor

    Tuor Usuário

    Oxe, que errado! Nada discriminador, hein?! Daqui a pouco vão criar limitações pra quê?

    PostScriptum: quantos dentes em média uma pessoa tem? Não, nunca contei os meus...
     
  7. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    Na média são 32 dentes, 28 normais e mais os 4 cisos, que a maioria tira!
     
  8. Lukaz Drakon

    Lukaz Drakon Souls. I Eets Them.

    Vocês estão procurando pelo em ovo!

    É um pouco discriminador? Claro que sim. Mas uma pessoa que não cuida dos dentes já evidência um pouco de mal cuidado com a higiene pessoal. Isso poderia levar problemas para dentro da Guarda, já que é um ambiente comunitário onde doenças e micoses se espalham muito rápido. Além disso, o trabalho do policial de qualquer tipo também inclui se relacionar com a população para ajuda-los. Nesse caso, uma feição agradável é essencial para passar confiança e tranquilidade para alguem assustado.

    E vejam bem, eles dão um desconto de 12 (DOZE) dentes. Isso não é pouco em lugar nenhum.
     
  9. V

    V Saloon Keeper

    Isso aqui é um problema mais grave:

    - Cerca de 14,4% dos brasileiros já perderam todos os dentes. Isso representa uma população de 26 milhões de pessoas.

    - Um outro estudo divulgado pelo Ministério da Saúde revelou que 40% dos brasileiros não escovam os dentes. O que significa que em todo país, 68 milhões de pessoas não têm o hábito de higiene bucal.

    - A pesquisa também mostra que 45% dos adolescentes com 18 anos já perderam pelo menos um dente por falta de higiene. A situação dos adultos é ainda pior. Mais de 28% deles tiveram todos os dentes extraídos em uma das arcadas; nos idosos, a média é de 26 dentes faltando.


    Coitadinhos dos pobres discriminados que simplesmente não escovam os dentes, né. Afinal, escova de dente é coisa de rico. Coitado do povo. Ele não tem condição. Ele não tem informação.

    É tudo culpa do Governo, se você for ver bem. Sr. Governo, acho que a única solução é gastar 30 bilhões de Reais numa campanha de conscientização popular, educando o povo sobre a higiene bucal.

    40%? Fala sério.
     
  10. Fausto

    Fausto Lovely head

    Quando você se alista, primeira coisa que fazem é mandar você abrir a boca e dispensar quem tem cárie. Isso se chama prudência, não discriminação. Vou começar a dar razão pro meu pai quando ele xinga "êssi pessuau aí dus direitusumanus".
     
  11. Isildur

    Isildur Oh, no... More Porcelaine!

    Se o cara for pobre, um dos meios de melhorar de vida é fazendo um concurso que tenha poucos pré-requisitos. Ele pode ter perdido os dentes, não por falta de cuidado, sim por falta de grana. Se vc tiver que escolher entre comer e comprar pasta e escova de dentes, bem, acho que qualquer um escolheria comer.

    Negar acesso a essas pessoas por esse motivo, é péssimo, até porque dentro da guarda ele teria acesso a médicos e dentistas, e esse problema poderia ser sanado.

    Praticamente qualquer pessoa pode ser da Guarda Municipal, não é muito dificil ficar andando de um lado pro outro, sem fazer nada, ficar coordenando cruzamentos engarrafados e muito de vez enquando fazer repressão contra camelôs.

    Basicamente é isso. Eles querem o que, que EU me candidate pra ganhar 3 salários? Ou alguém com pós em patrulhamento ostensivo?

    Peraí cara... A vida é uma troca: Quer dizer que você quer que alguém perca 6 meses da própria vida servindo, e o exército nem ofereça a contrapartida mínima de dar assistência médica e odontológica?

    Não é direitos humanos não, é simplesmente ganhar algo em troca. Claro, você poderia citar a merreca que o exército paga, que dependendo de onde você morar, não pagaria nem a condução até o quartel. A questão é: você aceitaria trabalhar por isso? Era só o que me faltava, eu ter me alistado e o cara ter me escolhido, pq não ia ter gasto nenhum comigo, e não escolheu o cara que queria servir, e que não ia fazer nada da vida no próximo ano e podia ter aprendido uma profissão e até ficado no exército, mas tinha UMA cárie.
     
    Última edição: 19 Set 2007
  12. V

    V Saloon Keeper

    Mas cara... o povo! Coitado dele. Ele não tem condição nem informação. É por isso que ele não escova os dentes.

    Se as pessoas soubessem que não escovar os dentes faz eles apodrecerem (não é como se eles tivessem exemplos disso no dia-a-dia, né?)... se elas tivessem dinheiro pra comprar escovas (quanto é a escova mais barata? 1 Real? 1 Real a cada... vamos chutar alto, três meses? O povo não é milionário. Não é como se o moleque que faz malabarismo no semáforo ganhasse isso em 15 minutos)...
     
  13. Fausto

    Fausto Lovely head

    O cara não soube cuidar dos próprios dentes, como é que ele vai cuidar dos nossos dentes. Podem tirar o requisito do edital, que reprovação de banguelas vai acontecer de qualquer jeito. O problema é com o SUS, e não com a Guarda do Rio.

    :roll:

    Óbvio. Se alguém com dentes pode servir no lugar do destentado, por que o Exército perderia tempo e dinheiro com ele? A vida é uma troca e é uma corrida também.

    Quem quiser tanto servir contorna isso de alguma forma. Vai atrás, filho. A Odonto aqui da UFSC tava fazendo até clareamento dental de graça. Clareamento. Se não der, paciência, próxima encarnação ele compra uma escova.
     
  14. Isildur

    Isildur Oh, no... More Porcelaine!

    É questão de prioridade, V. Se um dia você passar fome, ou tiver que passar o mês com R$350, talvez você entenda.

    Seu pensamento seria válido se o exército fosse um empresa privada com fins lucrativos, coisa que ele não é. O exército pode e deve aproveitar a mão de obra que esteja disposta a servir, e tentar no processo fazer um trabalho social de reedução, ensino e o que for preciso. Ainda mais um exército como o nosso, que passa mais de 8 meses por ano completamente ocioso.

    Quando eu me alistei pra CPOR, os recrutas do quartel estavam virando massa de cimento pra fazer 8 quadras poli-esportivas. U-hu, hein! Eles precisam de soldados ou pedreiros? E o que oferecem em troca? R$100 (na época) e dispensa as 12:00 pra almoçar em casa.

    O seu argumento é tão válido, que eu não entendo como o sistema público de saúde no Brasil não funciona, já que todas as universidades públicas de todos os estados oferecem tratamento gratuito em diversas áreas, se dando ao luxo de oferecer até clareamento. Afinal, basta querer e correr atrás, né? O pessoal que morre sem atendimento ou fica desdentado são os descansados.

    E a odonto da UFSC vai fazer isso enquanto estiverem treinando. Quando tiverem aprendido o processo, é tchau cobaias.
     
  15. Kurt

    Kurt El Doctor

    O foda é que somos um bando de "playboys"(odeio essa expressão) falando de coisas que nunca passamos. Como a falta de dinheiro para comprar uma escova de dentes. Claro, tivemos nossos pais para nos dar a m**da da escova. Se eu tivesse na situação e estivesse passando fome, eu iria sim priorizar a minha alimentação, meus dentes que se lascassem.

    PS: Desculpem o post em tom "áspero", mas é que eu fico indignado com certas coisas.

    EDIT: Outro dia, vi um programa no qual as pessoas trabalhavam duro para no final no dia ganhar R$1,88. Quem sabe se eles economizarem na comida de um dia e passarem fome, eles possam ter uma escova. =]
     
    Última edição: 19 Set 2007
  16. Fausto

    Fausto Lovely head

    O Exército serve pra defender a nação, não pra tratar as cáries dela. Novamente: o problema é com o SUS, não com o Exército. "Inválidos" são os seus argumentos, criticando as instituições erradas.
     
  17. V

    V Saloon Keeper

    Certo, então 40% do país não tem dinheiro pra comprar escovas de dente. Não tem nada a ver com preguiça e maus hábitos, é falta de grana mesmo.

    Escova de dente é artigo de luxo, então. 40% do país não tem condições de comprá-las. Eu não sabia disso, obrigado pela informação, mas se a coisa chegou nesse ponto o Governo devia fornecer de graça. Eles fazem isso com camisinhas, não fazem?
     
  18. Lukaz Drakon

    Lukaz Drakon Souls. I Eets Them.

    Se o cara não tem dinheiro nem para comprar uma escova de dentes, duvido que tenha dinheiro para pagar a inscrição do concurso.

    Que são mais caras e duram menos, diga-se de passagem.
     
  19. Uncle

    Uncle Sou cool

    Aposto que se colocarmos uma pesquisa sobre o % da população com TV em casa, veremos que esse número será maior do que o % de pessoas que escovam os dentes, segundo o post do V.

    Ah, claro. TV é mais importante.
    Quem sabe o carinha chato do comercial das Casas Bahia faça o marketing da escova de dentes, deve vender mais, etc.
     
  20. Fausto

    Fausto Lovely head

    Existem pró-ativos que ficam sem atendimento, mas definitivamente não é a Guarda Municipal do Rio de Janeiro que se encarregaria de resolver isso.

    Era a pós-graduação fazendo isso, e eu não vejo quais são os riscos de um clareamento dar tão errado pra você usar o termo "cobaias".

    Não, V! Não adianta dar a escova, tem que dar o emprego!
     

Compartilhar