1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Governo inglês divulga plano para privatizar a Amazônia

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Menegroth, 3 Out 2006.

  1. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Bem, sobre isso só posso dizer:

    Aluga-se
    A solução pro nosso povo eu vou dar
    Negócio bom assim ninguém nunca viu
    Tá tudo pronto aqui é só vim pegar
    A solução é alugar o Brasil

    Nóis não vamo paga nada,
    Nóis não vamo paga nada
    É tudo free, tá na hora
    Agora é free, vamo embora
    Dar lugar pros gringo entrar
    Que esse imóvel tá pra alugar

    Os estrangeiros sei que eles vão gostar
    Tem o atlântico tem vista pro mar
    A Amazônia é o jardim do quintal
    E o dólar deles paga o nosso mingau

    Nóis não vamo paga nada,
    Nóis não vamo paga nada
    É tudo free, tá na hora
    Agora é free, vamo embora
    Dar lugar pros gringo entrar
    Que esse imóvel tá pra alugar
     
  2. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    :roll:

    Bom, ainda bem que o Tony Blair tá enfraquecido :lol:
     
  3. TT1

    TT1 Dilbert

    Viu só?

    Meu sonho de transformar as reservas indígenas em parques aquáticos finalmente vai ser realizado. :joy:

    E com o resto da área ainda poderemos fazer um gigantesco shopping com um bom estacionamento. :D
     
  4. Deriel

    Deriel Administrador

    E ficará muito mais fácil encontrar aviões caídos :D
     
  5. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Imagina quantos campos de futebol da pra fazer lá.....:mrgreen:

    Pode ter certeza que os aviões encontrariam outros lugares difíceis pra cair...
    Ou você já viu algum avião cair em algum lugar que fosse fácil pra achar corpos e destroços??


    Agora do jeito que o Lula já abriu as pernas para a Venezuela, quem duvida que ele não fara o meso agora....?
    To começando a ficar puto com o Lulinha
     
  6. Deriel

    Deriel Administrador

    Sim, aquele de COngonhas
     
  7. TT1

    TT1 Dilbert

    Os do World Trade Center tb foram bem fáceis de achar. :mrgreen:
     
  8. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Eu já falei... deveriamos vender a amazonia e com o dinheiro faturado serrar no Nordeste e empurrá-lo até a África onde ele encaixa direitinho e tb de onde ele nunca devia ter saido.
     
  9. TT1

    TT1 Dilbert

    Depois que tomar esporro do Gildor vai ficar chorando
     
  10. Glorwendel

    Glorwendel Usuário

    Ah, os olhinhos dos gringos brilham cifrõezinhos quando olham pra Amazônia...
     
  11. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    É, mesmo assim os corpos e pedaços de peças ficaram lá dias..até serem recolhidos e identificados... :tsc:

    Sim foram....:mrgreen: Tá tudo ali moço debaixo desse amuntuadinho de terra...:mrgreen:

    E depois pedir um transplante de cérebro pra você. :lol:

    Credo Fingol, tem coisa boa lá também...pensa na Ivete Sangalo, na Carla Peres....:mrgreen:
     
  12. Beriadar

    Beriadar And I will see it all before

    SHOW DO MINISTRO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO NOS ESTADOS UNIDOS

    Durante debate em uma universidade, nos Estados Unidos, o ex-governador do
    DF, ex-ministro da educação e atual senador Cristóvão Buarque, foi
    questionado sobre o que pensava da internacionalização da Amazônia.
    O jovem americano introduziu sua pergunta dizendo que esperava a resposta de
    um humanista e não de um brasileiro.
    Esta foi a resposta do Sr. Cristóvão Buarque:

    "De fato, como brasileiro eu simplesmente falaria contra a
    internacionalização da Amazônia. Por mais que nossos governos não tenham o
    devido cuidado com esse patrimônio, ele é nosso.
    "Como humanista, sentindo o risco da degradação ambiental que sofre a
    Amazônia, posso imaginar a sua internacionalização, como também de tudo o
    mais que tem importância para a humanidade.
    "Se a Amazônia, sob uma ética humanista, deve ser internacionalizada,
    internacionalizemos também as reservas de petróleo do mundo inteiro. O
    petróleo é tão importante para o bem-estar da humanidade quanto a Amazônia
    para o nosso futuro.
    Apesar disso, os donos das reservas sentem-se no direito de aumentar ou
    diminuir a extração de petróleo e subir ou não o seu preço.
    "Da mesma forma, o capital financeiro dos países ricos deveria ser
    internacionalizado. Se a Amazônia é uma reserva para todos os seres humanos,
    ela não pode ser queimada pela vontade de um dono, ou de um país.
    Queimar a Amazônia é tão grave quanto o desemprego provocado pelas decisões
    arbitrárias dos especuladores globais. Não podemos deixar que as reservas
    financeiras sirvam para queimar países inteiros na volúpia da especulação.
    Antes mesmo da Amazônia, eu gostaria de ver a internacionalização de todos
    os grandes museus do mundo. O Louvre não deve pertencer apenas à França.
    Cada museu do mundo é guardião das mais belas peças produzidas pelo gênio
    humano. Não se pode deixar esse patrimônio cultural, como o patrimônio
    natural Amazônico, seja manipulado e instruído pelo gosto de um proprietário
    ou de um país.
    Não faz muito, um milionário japonês, decidiu enterrar com ele, um quadro de
    um grande mestre. Antes disso, aquele quadro deveria ter sido
    internacionalizado.
    "Durante este encontro, as Nações Unidas estão realizando o Fórum do
    Milênio, mas alguns presidentes de países tiveram dificuldades em comparecer
    por constrangimentos na fronteira dos EUA. Por isso, eu acho que Nova York,
    como sede das Nações Unidas, deve ser internacionalizada. Pelo menos
    Manhatan deveria pertencer a toda a humanidade. Assim como Paris, Veneza,
    Roma, Londres, Rio de Janeiro, Brasília, Recife, cada cidade, com sua beleza
    específica, sua historia do mundo, deveria pertencer ao mundo inteiro.
    "Se os EUA querem internacionalizar a Amazônia, pelo risco de deixá-la nas
    mãos de brasileiros, internacionalizemos todos os arsenais nucleares dos
    EUA.
    Até porque eles já demonstraram que são capazes de usar essas armas,
    provocando uma destruição milhares de vezes maiores do que as lamentáveis
    queimadas feitas nas florestas do Brasil.
    "Defendo a idéia de internacionalizar as reservas florestais do mundo em
    troca da dívida. Comecemos usando essa dívida para garantir que cada criança
    do mundo tenha possibilidade de COMER e de ir à escola.
    Internacionalizemos as crianças tratando-as, todas elas, não importando o
    país onde nasceram, como patrimônio que merece cuidados do mundo inteiro.
    Como humanista, aceito defender a internacionalização do mundo. Mas,
    enquanto o mundo me tratar como brasileiro, lutarei para que a Amazônia seja
    nossa. Só nossa!
     
    Última edição: 3 Out 2006
  13. Gildor

    Gildor Usuário

    Ah, relaxa. Essa piada é da categoria de "explodir o ES pra levar o mar pra Minas" :lol:
     
  14. Angelique

    Angelique Mau como pica-pau x)

    eu sou um pouco orgulhosa tbm
    acho que a Amazônia eh NOSSA soh NOSSA
     
  15. Pandatur

    Pandatur Usuário

    Bem, Peru, Guianas e outros países também possuem floresta amazônica. Quem sabe eles privatizam as deles, hehehe.
     
  16. leon85

    leon85 H, N, O, C, Ca, P, K, S, Na, C

    .
    e de brinde eles querem os políticos para "gerenciar o projeto" e os índios, mamelucos, cafusos, caboclos, e similares, para "aproveitar a mão de obra nativa" ...
    ..
     
  17. Edrahil

    Edrahil Usuário

    Como ficaria a cabecinha do Panda se aquela região fosse privatizada??? E as cobras de lá???
     
  18. Edu

    Edu Draper Inc.

    Era só o que faltava mesmo.

    Acho que o texto que o Varatar postou, do Cristóvam, diz tudo. Eu, como brasileiro, não deixaria ser privatizado nem metade da terã parte de uma folha de árvore amazônica.
    Mudando um pouco as palavras das pessoas que protestavam na época das privatizações do governo FHC: "Primeiro mundo, vai privatizar a mãe!".
     
  19. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    boas idéias não param de aparecer
     
  20. Pips

    Pips Old School.


    Ou que o Acre não existe.
     

Compartilhar