1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Governo federal propõe a Todt prova de Fórmula E no gramado do Maracanã

Tópico em 'Esportes' iniciado por Fúria da cidade, 21 Jun 2019.

  1. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Maracanã (divulgação)

    Depois de criar polêmica defendendo a realização do GP Brasil de Fórmula 1 no Rio de Janeiro em 2020, quando ainda estará válido o contrato da categoria com São Paulo, nesta quinta-feira (20) o governo federal deu o pontapé para mais uma polêmica no automobilismo. Em nota, anunciou que propôs à Federação Internacional de Automobilismo (FIA) uma corrida de Fórmula E no país, oferecendo Rio, Brasília e Belo Horizonte. Acontece que São Paulo já tem conversas avançadas com a entidade internacional.

    A nota foi divulgada pelo Ministério do Turismo. De acordo com a pasta, o ministro Marcelo Álvaro Antônio reuniu-se na quarta (19) em Paris com o presidente da FIA, Jean Todt. Diz a nota que o governo "obteve dele (Todt) o aval para que o Brasil receba uma etapa do circuito mundial da Formula E".

    Sempre de acordo com o Ministério do Turismo, o governo do Rio apresentou duas alternativas. Uma delas envolve o complexo do Maracanã, com parte da corrida percorrendo o gramado do estádio, que atualmente está sob concessão do Flamengo. A outra proposta é correr na Marina da Glória. Em Belo Horizonte, a proposta é de a corrida acontecer na Esplanada do Mineirão. Não há detalhes, na nota, sobre a proposta de Brasília.

    A nota do governo diz que o presidente da FIA afirmou que, "se houver possibilidade, uma das etapas
    poderá acontecer no Brasil ainda em dezembro deste ano". No calendário da categoria para a temporada 2019/2020, há uma prova em local "há ser definido" no dia 14 de dezembro.

    Durante a conversa, segundo o governo, Todt ligou para Felipe Massa e combinou de se reunir com o piloto em agosto para definir "detalhes da prova". A nota trata Massa como "um dos organizadores da modalidade", ainda que ele não tenha nenhuma ligação com a organização da Fórmula E.

    Nos dias seguintes à assinatura, por parte do governo federal, de um protocolo de intenções para a Fórmula 1 ir para o Rio, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que São Paulo estava perto de fechar com a Fórmula E.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Não gosto de ser precipitado, mas parece que por trás de tudo isso existe uma disputa entre Dória e Bolsonaro, já que o primeiro é muito mais articulado pra buscar investimentos e diga-se de passagem, uma real ameaça pro segundo caso este busque uma reeleição em 2022.
     

Compartilhar