• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Google da Silva: qual polo de inovação tecnológica no Brasil lembra os EUA?

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium


Qual cidade brasileira pode ser chamada de "Vale do Silício brasileiro", em alusão à famosa região dos EUA que sedia muitas gigantes da tecnologia? Cidades de Sul, Sudeste e Nordeste do país competem pelo título, mas Curitiba é uma forte candidata, sendo palco para o surgimento de diversas empresas e startups que se destacam no mercado nacional.

De acordo com um levantamento do Sebrae/PR, o Paraná abriga 1.032 startups com quatro anos de existência em média, empregando mais de 10 mil pessoas e que já receberam mais de R$ 800 milhões em investimentos.

A pesquisa mostra que a maior parte das startups do Paraná é do ramo de saúde, com 121 empreendedores, e agronegócio, com 119 empreendedores. Há também empresas de tecnologia e energia verde, com 51 empresas, e até organização de eventos.

Esse modelo de negócio vem crescendo no estado, correspondendo a 8% de todas as startups do país. A região leste, onde se encontra Curitiba, tem 385 empreendimentos, seguida do norte com 202, e sul com 128.

Um dos cases de sucesso paranaenses é a Nexcore Tecnologia, startup que cria sistemas para ajudar na comunicação entre empresas e clientes.

Criada em 2011 por Ricardo Zanlorenzi e Gabriel Ortiz Lour, a empresa rapidamente se tornou uma das principais empresas do ramo, atuando no Brasil, México e Angola. Atualmente, é responsável pela gestão de contact centers (um tipo de central de atendimento) de mais de 300 instituições brasileiras, entre elas o iFood.

Segundo Ronaldo Cavalieri, executivo-chefe da escola profissionalizante Centro Europeu, a capital paranaense tem destaque a nível internacional por causa de suas inovações urbanas e por sempre ter concentrado perfis diferenciados em diversas áreas de atuação.

"Em termos mais amplos, Curitiba se destaca na tecnologia pelo seu volume de indústrias, empresas com perfis arrojados e grupos educacionais de impacto. Tudo isso aliado ao perfil do curitibano, que é mais sério e exigente, dando condições para que um ambiente de tecnologia e inovação se desenvolvam", diz Cavalieri.

O Centro Europeu foi a primeira escola de Economia Criativa do Brasil, além de ensinar aos gerentes de desenvolvimento de negócios do centro de inovação da Microsoft em Curitiba. Fundado em 1991 e inspirado nas principais instituições de ensino europeias, a empresa ministra cursos completos de diversas áreas para quem desejar. Os cursos podem durar de três meses a dois anos e vão desde profissões e idiomas até cursos livres.


San Francisco, na Califórnia (EUA)
Imagem: David Mark/ Pixabay

O que é o Vale do Silício?


O Vale do Silício é conhecido por ser o maior polo industrial que hospeda algumas das principais e mais inovadoras empresas de tecnologias do mundo, como Facebook, Apple e Google. Localizada na baía de San Francisco, na Califórnia, costa oeste dos Estados Unidos, abrange diversas cidades.

A região recebeu esse nome por causa das empresas de tecnologia que se instalaram na área a partir de 1956. A maioria das companhias é do ramo de informática e eletrônica, e usam do elemento químico silício como principal matéria-prima dos seus processadores.

Vale do Silício Brasileiro

Não só Curitiba busca receber o nome. Muitas outras cidades do Brasil desejam se destacar pela inovação tecnológica. São elas:

Campinas

A cidade de Campinas, no interior de São Paulo, conta com vários parques tecnológicos, institutos de pesquisa e incubadoras. A região abriga mais de 30 das 100 maiores empresas de tecnologias do mundo, além do CPQD (Centro de Pesquisa e Inovação em Tecnologias da Informação e Comunicação).

Santa Rita do Sapucaí

Localizada em Minas Gerais, a cidade é considerada um dos principais polos da indústria eletrônica no país. A região tem mais de 150 fábricas, 31 empresas em programas de incubação e três incubadoras. Teve uma receita de R$ 3,2 bilhões em 2017.

San Pedro Valley

Também localizada em Minas Gerais, é a comunidade de startups de Belo Horizonte. A região abriga mais de 200 empresas, entre iniciantes, aceleradoras, incubadoras e espaços de coworking.

Porto Digital


Recife abriga o Porto Digital, um dos principais parques tecnológicos e ambientes de inovação do Brasil. As empresas de lá focam em software e serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e Economia Criativa (EC), com ênfase nos segmentos de games, cine-vídeo-animação, música, fotografia e design.

Parque Tecnológico da UFRJ


O Rio de Janeiro também conta com um parque tecnológico. Ele faz parte da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), permitindo a interação entre a universidade e as empresas. Abriga 68 instituições, sendo centros de pesquisa de 14 empresas de grande porte nacionais e multinacionais, 12 pequenas e médias, além de 10 laboratórios da própria UFRJ e 31 startups.

Tecnopuc

Tecnopuc é o parque científico e tecnológico da PUCRS e está localizado em Porto Alegre. Abriga mais de 170 organizações, somando mais de sete mil postos de trabalho.

Sapiens Parque


Localizado em Florianópolis, abrange as áreas de tecnologia mecatrônica, energia, ciências da vida, economia criativa, turismo, serviços de suporte empresarial, educação e saúde.

Parque Tecnológico São José do Campos


O parque tecnológico da cidade de São José dos Campos, no interior de São Paulo, busca promover ciência, tecnologia, inovação e empreendedorismo. Abrange quase 300 empresas, quatro centros empresariais, um hub de inovação e dois Arranjos Produtivos Locais (APLs).

https://www.uol.com.br/tilt/noticia...vacao-tecnologica-no-brasil-lembra-os-eua.htm
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium
O sul mineiro onde estou mais próximo é ótimo no meu segmento (eletro-eletrônica) e não a toa sou mais um paulista colonizando esse quintal, mas na hora que a região pegar gosto pra valer pela informática será um concorrente fortíssimo.
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$2.120,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo