1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Gôndola leva turistas para interior de vulcão na Islândia

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 15 Jun 2012.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    [h=2]Dentro do vulcão[/h]

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Uma agência de viagens da Islândia está levando turistas para dentro de um vulcão com a ajuda de gôndolas usadas para limpar janelas de prédios.

    O vulcão é o Thrihnukagigur e sua última erupção ocorreu há mais de 4 mil anos. Segundo a agência, não há indicações de que ele volte a expelir lava em um futuro próximo.

    O vulcão, formado por três crateras, fica a 20 quilômetros da região da capital islandesa, Reykjavik.

    Os visitantes descem em uma das crateras, divididos com grupos de cinco, por uma gôndola semelhante às usadas para a limpeza de janelas do lado de fora de edifícios.

    Neste 'elevador', os turistas descem 120 metros durante dez minutos, até chegar ao fundo da cratera. Por cerca de uma hora, os turistas podem caminhar pela grande câmara formada dentro do vulcão e observar a grande variação de cores no local.

    A Islândia fica sobre a junção de duas placas tectônicas e registra grande atividade vulcânica e sísmica - sendo, por isso, estudada com interesse por sismólogos.

    Em 2010, a erupção de um outro vulcão islandês, o Eyjafjallajokul, paralisou o tráfego aéreo na Europa.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Deve ser uma experiência fascinante, ainda mais num país como a Islândia.

    E seria muita zica se o vulcão resolvesse acordar justo quando você resolve fazer essa aventura :lol:
     
    • LOL LOL x 1
  3. abylos

    abylos Usuário Usuário Premium

    Po, mas e passeios com cataratas de lava ao lado, não tem? :P

    Falando serio, deve ser bem bacana fazer esse passeio :)
     
  4. General Artigas

    General Artigas Não tá morto quem peleia

    Queria ver se o vulcão decide entrar em erupção sem aviso prévio e faz uns churrasquinhos de turistas...

    Mas o passeio é legal, vale o risco (ainda mais que o bicho tá dormindo há 4 mil anos).
     
  5. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Há quem goste de emoções fortes e mesmo sabendo dos perigos de um vulcão em atividade por conta e risco alugam barcos e driblando proibições oficiais dos governos locais visitam cladestinamente estas ilhas potencialmente pergiosas seja por mera aventura de chegar perto ou de tirar fotos exclusivas.
     
  6. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Deve ser lindo visto de dentro. Fico imaginando o quão quente deve ser lá dentro. Mesmo fora de atividade, ainda tem a descida e tudo mais em torno, ou seja, deve ser um pouco quente sim.
     
  7. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Acho (um acho bem grande) que não, não tem como ser quente sem lava.
     
  8. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Acho que o Turgon se referiu baseado na teoria que quando você entra em um buraco a temperatura sempre tende a aumentar 1°C a cada "x" metros que você desce (eu não sou geólogo então coloquei "x" porque o valor exato depende de alguns fatores)
     

Compartilhar