1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Glorfindel ou Ecthelion?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Rei Passolargo, 2 Mar 2004.

  1. Rei Passolargo

    Rei Passolargo Usuário

    Sabemos que Glorfindel morre na queda de Gondolin, e que retorna à vida para ajudar Elrond.
    Más, Ecthelion teve uma morte mais honrosa porém não ressuscitou ( não que a morte de Glorfindel não tenha sido honrosa, porém Ecthelion foi mais decisivo na batalha afinal ele matou Gothmog o senhor dos balrogs.

    Ecthelion causou pânico nas hostes de Morgoth ao matar três Balrogs, a sua fúria era tal que o seu nome para todo o sempre causou pânico entre a raça dos Orcs e serviu de grito de guerra para os Eldar.
    Ecthelion, Senhor das Fontes, um dos mais bravos senhores dos Eldar, cobrindo a sua morte com o manto da glória de ter matado Gothmog, um dos maiores flagelos trazidos para Arda por Morgoth.
     
  2. Faerum

    Faerum Usuário

    Sim, mas qual é o motivo deste tópico? Vc quer saber pq Ecthelion não ressucitou, é isso?
    Bom, na minha opinião, foi pq ele já tinha alcançado uma glória e honra impressionantes, não havia mais nada pra fazer alem de descansar, curar suas dores e reencontrar os amigos em Mandos. Ou foi pq ele não quis voltar, quem sabe? :?
     
  3. Ray

    Ray Lockheart

    Ou mesmo ele podia ter ressucitado e preferido permanecer em Valinor a voltar para a Terra-Média.
     
  4. Tilion

    Tilion Administrador

    Isso na versão mais antiga da Queda de Gondolin, onde os Balrogs ainda não eram Maiar e sim demônios criados por Morgoth, muito menos poderosos do que vieram a ser posteriormente. Conforme o legendário evoluiu, Tolkien decidiu que o número máximo de Balrogs que já existiu foi sete, todos já sendo Maiar aí. Segundo o legendário tardio, dos Balrogs Ecthelion matou apenas o Gothmog.

    A diferença entre a luta de Glorfindel contra um Balrog e a de Ecthelion com Gothmog não está no poder dos Maiar em si, e sim na ocasião em que cada confronto ocorreu. A luta de Ecthelion se deu no meio de uma batalha maior, onde havia lutas por todos os lados e cada um estava tentando sobreviver o máximo possível para matar o maior número possível de inimigos, mesmo os elfos sabendo que não haveria chance de vitória. Já a de Glorfindel foi mais singular, pois não ocorreu no meio do calor de uma batalha e sim durante a fuga dos sobreviventes de Gondolin; o Balrog apareceu de repente e bloqueou o caminho dos elfos: o massacre ali seria imenso. Para evitar isso, Glorfindel adiantou-se para enfrentar o Balrog sozinho, visando a segurança imediata daqueles sobreviventes, à custa de sua própria vida.

    Creio que foi isso que foi considerado para permitir a ressurreição e a volta de Glorfindel à TM, ou seja, o sacrifício de sua própria vida pelas dos seus companheiros. Não que o caso de Ecthelion não possa ser considerado de mesmo valor, mas acho que a situação mais desesperadora era a do Senhor da Casa da Flor Dourada; talvez a dramaticidade do caso tenha pesado, fora o fato de que não se pode descartar a possibilidade do mesmo ter sido proposto a Ecthelion, mas o elfo pode ter recusado a ressurreição e/ou a volta à TM, por motivos pessoais diversos.
     
  5. Fëanarsil

    Fëanarsil O Espírito de Fogo Brilhante

    Acho mais bonito, de maior mérito, acreditar que o sacrifício próprio da vida de Glorfindel, pelas dos seus companheiros, garantiu-lhe a ressureição e a volta a terra-média. :amem: :amem:
    Mas há uma coisa que me deixa confuso...se para Eru a morte era um Dom, pq ele permitiria que glorfindel voltasse a viver...ao meu ver, ja que a morte é um dom, fazer c/ que glorfindel voltasse a viver, seria uma especie d penitencia.
    Não sei se fui bem claro, espero ter sido. :o?:

    Namarië

    Fëanarsil
     
  6. Fëaruin Alcarintur ¥

    Fëaruin Alcarintur ¥ Alto-rei de Alcarost

    Resumidamente, a forma como o Glorfindel morreu foi mais autoflagelação, e não menos gloriosa que a de Ecthelion. Ninguém disse que Ecthelion não ressucitou; ele pode ter ressucitado também.

    O Dom da Morte era o Dom de Eru para os Homens; de morrer e deixar Arda; não é a morte de qualquer jeito, de ser assassinado. Os Elfos devem permanecer em Arda, enquanto os homens a deixam. Esse é o dom, não tem nada a ver com morrer assassinado ou não.

    Os Homens vão deixar Arda; assassinados ou não. Os Elfos vão ficar em Arda, mesmo se forem assassinados. Seus espíritos não podem deixar Arda; por isso eles podem reencarnar.
     
  7. Pandatur

    Pandatur Usuário

    E por isso eu considero que o fato de Glorfindel ter retornado à Terra-Média, foi devido à amizade dele com Olórin (isso é dito em algum lugar), e porque quis, e foi-lhe permitido voltar. Mas tanto ele quanto Ecthelion reencarnaram.
     
  8. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Na verdade o retorno de Glorfindel é meio polêmico não?

    Tolkien escreveu e reescreveu várias vezes a história mudando de "Sim, é o mesmo Glorfindel" para "Não, é outro Glorfindel" até no final ter decidido por ser o mesmo sim.

    Então a decisão seria após a criação da história, sendo assim a explicação apenas se adapta ao fato consumado.

    Ou seja, Glorfindel teria voltado pq Tolkien já tinha escrito a história e precisou adaptá-la e não por que ele foi escolhido desde o inicio como o mais nobre dos Senhores das Casas de Gondolin.
     
  9. Sigmund_

    Sigmund_ Usuário

    Quanto ao mérito de sacrificar a própria vida, Glorfindel faz jus ao fato de ter sido trazido devolta à vida. Mas acredito que Ecthelion foi um melhor guerreiro, um mestre élfico singular como poucos que encontramos nos descritos de Tolkien, como Círdan, Elrond, Finrod, Celebrimbor e Galadriel...

    Afinal, falar que ele matou -SÓ- Gothmog, o General das Hostes de Morgoth, este ligado diretamente à auto-estima dos outros Balrogs e dos Orcs na batalha, é no mínimo um desmerecimento ao valor desse incrível Senhor.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  10. Fëaruin Alcarintur ¥

    Fëaruin Alcarintur ¥ Alto-rei de Alcarost

    Mais uma vez; não ter sido dito não implica que Ecthelion não tenha revivido.

    E Ecthelion era mesmo o espadachim mais competente de Gondolin; mas isso não o faz melhor ou pior que Glorfindel.

    Glorfindel fez um sacrifício; ele não era obrigado a se engajar em combate com o Balrog; mas o fez para proteger Tuor, Idril, Eärendil e tudo o mais.

    Ecthelion lutou com Gothmog no furor da batalha; lutou para sobreviver. Ele não ficou procurando Gothmog entre os atacantes para lutar com ele e pronto. Ele fez o que fez por necessidade. Glorfindel fez o que fez por compaixão e esperança.

    E eu garanto que Gothmog teria morrido antes lutando contra Fingon, se não fosse outro balrog atacar o elfo por trás. :| :?
     
  11. Vovin

    Vovin Steve Vai, The Mars Volta

    Glorfindel ao matar o balrog na fuga de Gondolin fez diferença, salvou vidas e principalmente Earendil, que mais tarde cumpriria um papel muito importante.

    Ecthelion matou Gothmog, mas mesmo assim Gondolin caiu, foi um sacrifício inútil
     
  12. Tilion

    Tilion Administrador

    Sim, essa é a explicação externa para o caso do Glorfindel, mas a interna, a do seu sacrifício, não deixa de fazer sentido nem de ser a mais provável.

    Leia de novo o trecho do meu post: "Segundo o legendário tardio, dos Balrogs Ecthelion matou apenas o Gothmog."

    Com isso fica claro que eu quis dizer que, no legendário tardio, dos SETE Balrogs Ecthelion matou apenas UM, e não TRÊS como foi dito antes, e não que com o "apenas" eu estivesse falando que Gothmog não era lá grandes coisas. :roll:
     
  13. Rei Passolargo

    Rei Passolargo Usuário

    Vovin escreveu.

    [
    [/quote]

    Dizer que Ecthelion morreu por nada é no mínimo um desreipeito com um dos maiores senhores élficos que já existiu,Senhor das Fontes, o mais importante dos capitães de Gondolin.
    Quanto a salvar vidas, Ecthelion Apesar de mortalmente ferido no ombro, lutou com Gothmog dando tempo a Tuor para escapar. Em desespero Ecthelion saltou cravando a ponta do seu elmo no peito de Gothmog, acabando por cair ambos na Fonte do Rei. Ecthelion também sacrificou a vida para que Tuor escapasse caso contrário ele não teria conseguido fugir.
    E quanto a ele ter matado -SÓ- Gothmog,O mais poderoso entre estes demônios ao serviço de Morgoth , Senhor dos Balrogs e campeão de Angband, a Prisão de Ferro. A importância que Gothmog tinha está bem patente no fato de ser ele a liderar os exércitos das Trevas nas suas mais importantes batalhas; a sua importância para Morgoth só seria superada pela do próprio Sauron.
    Por essas e outras razões não devemos dizer jamais que seu sacrifício foi envão nem desmerecer os feitos de um dos maiores elfos que já existiu. Ectelion o senhor das fontes.
     

Compartilhar