1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Gandalf e Carrapicho. Uma grande amizade?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Elrond, 16 Mar 2009.

  1. Elrond

    Elrond "OFF" it will last two months

    Olá a todos!

    Resolvi lançar este tópico para que vocês possam avaliar a importância de Carrapicho (o estalajadeiro do Ponei Saltitante) no contexto dos fatos que tomaram conta dos hobbits quando de sua chegada a Bri.

    Gandalf tinha um admirável respeito com o Carrapicho, e o considerava um grande amigo naquelas imediações de Bri, um homem de confiança, embora fosse uma pessoa meio esquecida das coisas.

    É interessante verificar como que Gandalf era uma pessoa simples e acima de tudo, um sujeito que valoriza as pessoas, seja da mais nobre até a mais simples. Embora Carrapicho fosse alguém em termos financeiros "importante" em comparação ao povo de Bri, ele era uma pessoa boa e simples, um sujeito simples e de bom coração.

    Quando Gandalf tem sua missão praticamente terminada e parte de Valfanda com os hobbits e se hospedam em Bri, o mago queria muito rever o amigo, pois tinha uma consideração e o reconhecimento de que o estalajadeiro foi uma pessoa importante no contexto do destino do Um Anel, mesmo que de forma "simplória" diante outras personalidades.

    E o próprio Gandalf abençoou a cerveja do camarada e que fosse sempre próspero em seu trabalho.

    Como vocês avaliam a amizade entre Gandalf e Carrapicho e ao mesmo tempo a sua importância no contexto do Um Anel?
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  2. DaniloStinghen

    DaniloStinghen Senhor do Destino

    A importância de Carrapicho para o contexto geral em si é significativamente pequena. Por um motivo principal: a presença de Aragorn. Com ou sem a ajuda do estalajadeiro, o guardião teria dado um jeito de aproximar-se dos hobbits, como ele fez, e feito de tudo para protegê-los dos Espectros que os caçavam.

    Não estou aqui diminuindo a importância que o Carrapicho realmente tem, apenas dizendo o tamanho que eu creio que esta importância tenha. Eu vejo Carrapicho como um personagem interessante, que se enroscou em coisas muito maiores do que ele, da mesma forma que os hobbits, mas que, diferente deles, desejava acima de tudo permanecer alheio a estes acontecimentos. Ele é de certa forma o que Frodo e os outros teriam se tornado caso se recusassem a partir do Condado: pois o perigo cedo ou tarde chegaria até eles.

    A amizade de Gandalf com Carrapicho se deve, acho eu, ao fato de que o estalajadeiro gordo é uma pessoa de boníssimas intenções, apesar de ter um coração não lá muito forte para os maiores perigos da Terra-média. Em Bri, Carrapicho era provavelmente a pessoa mais confiável, em tempos em que não se poderia confiar em ninguém, e os servos do Inimigo espreitam por todos os lados.

    E só uma coisa: Gandalf está longe de ser uma pessoa simples. Ele era um dos mais poderosos seres na Terra-média, tinha consciência disso e fazia tudo o que podia para proteger o mundo dos homens, elfos, hobbits e anões. Isso não quer dizer que ele seja arrogante, apenas que ele tinha consciência total de seu poder e suas capacidades nada pequenas. Uma pessoa simples não enfrentaria os Nove no topo de uma colina sem saída. Uma pessoa simples não arriscaria o próprio pescoço para derrubar um balrog.

    Carrapicho era uma pessoa simples, Gandalf era um poderoso, que tinha consciência de sua própria força, apesar de em momento algum tentar usar isso em proveito próprio, e respeitava cada um por seu valor real (o respeito do mago por Bilbo e a própria amizade com Carrapicho demonstram isso).
     
  3. Elrond

    Elrond "OFF" it will last two months

    A sua observação é muito legal e interessante.

    Mas eu gostaria de ressaltar uma coisa:

    Quando eu me referi ao Gandalf como uma pessoa simples, não é num sentido "simplório", uma pessoa desinformada, e/ou aos olhos de muitos como alguém até se me permita dizer "ignorante". Se analisarmos por outro lado como você disse, realmente ele é um dos grandes, e talvez a maior personalidade que já pisou na Terra média.

    Na verdade, eu quis dizer que Gandalf ao mesmo tempo que era austero, era uma figura que conseguia ser simples no modo de ser, "sem frescuras", um Maia que conseguia se relacionar com qualquer pessoa da Terra média, seja desde um camponês, até a um grande rei como Aragorn ou a um senhor renomado com Círdan, Denethor, Elrond, Galadriel e etc.

    Ou seja, não era arrogamente (como vc mesmo disse) e não tinha preconceitos.

    Já o estalajadeiro, era realmente uma pessoa simples, um cidadão comum, mas de bem e que tinha até uma boa condição "financeira" para os padrões do povo de Bri. Ele era uma referência local. Um homem, mesmo simples, sábio pelas labutas da vida.
     
  4. DaniloStinghen

    DaniloStinghen Senhor do Destino

    Obrigado pelos elogios.

    E sim, entendo agora o que você quis dizer, mas há grandes diferenças (ao menos na minha interpretação) entre "simples" e "humilde". Só por isso eu entrei nesta questão :)
     
  5. Minos

    Minos Usuário

    Bom acho que a amizade entre os dois não é nada de mais, ´so uma relação de camaradagem, Gandalf por não subestimar nenhum ser vivente e consegue ver a bondade em cada um então se trona fácil ter laços de amizade com os seres da terra média mesmo ele sendo quem é, um mago. Já Carrapicho por ser uma pessoa esperta no seu modo de ser, esquecido, e atarefado tem amizade de muitos como se por exemplo nós mesmos, quando vamos ao um bar ou boteco de esquina e ficamos ali no bar conversando com um ou outro vai se tornando um ambiente mais intimo, como numa sexta que passamos no boteco pra tomar uma gelada pra aliviar a tensão da semana, é esse meu ver entre a relação de amizade desses dois personagens. Agora na questão do um anel eu não acho que carrapicho fez lá muita coisa...

    Só vejo ali naquela estalágem um ponto de encontro muito interessante. Pois a maioria das estradas passam por ali...
     
  6. DaniloStinghen

    DaniloStinghen Senhor do Destino

    O fato de que Gandalf encarregou Cevado de enviar a carta pedindo a Frodo que partisse imediatamente do Condado sugere que havia muito mais no laço de amizade entre Gandalf e Carrapicho do que simples camaradagem.
     
  7. Elrond

    Elrond "OFF" it will last two months

    Sim, não era uma simples camaradagem, pois o que estava em jogo era o destino dos povos da Terra média, e Gandalf a meu ver, conseguia enxergar em Cevado um caráter e dignidade que ajudou sim (mesmo de forma bem simples ou irrisória) Frodo e seus amigos a partirem com mais segurança até Valfenda.

    Era realmente uma amizade sincera e bem recípocra. Gandalf, provavelmente já conhecia Cevado há um bom tempo.
     
  8. Roger

    Roger HEXACAMPEÃO BRASILEIRO!!!!!!!

    Lembrem-se porem que a entrega da carta pra carrapícho revela, como gandalf disse, a falta de tempo do mago em ir pro condado.
    Não e que seja muita amizade, mas uma camaradagem que o leva a confiar ao estalajeiro a carta, junto com a falta de outras pessoas.
    A relação entre eles, pra mim e apenas camaradagem e respeito mutuo... nada de muito significativo.
     
  9. DaniloStinghen

    DaniloStinghen Senhor do Destino

    Discordo plenamente. Em Frodo depositavam-se todas as esperanças, não só de Gandalf, mas do mundo inteiro. Ele não teria entregue a carta que salvaria vidas a Carrapicho se não confiasse inteiramente nele. Isso seria no mínimo uma puta irrespondabilidade (seria muito mais correto dizer burrice).
     
  10. Elrond

    Elrond "OFF" it will last two months

    Creio que Gandalf tinha plena confiança em Carrapicho, embora o sujeito fosse meio esquecido das coisas. Provavelmente devido às demandas da pousada do cara.

    Realmente se Gandalf entregou a preciosa carta é porque Carrapicho tinha um bom laço de amizade e confiança.

    Alguém aqui no fórum depositaria suas totais confianças em algum conhecido que você não conhece muito bem?

    Eu pessoalmente não faria isso nunca.
     
  11. tolfalas

    tolfalas Usuário

    Eu também acredito que ambos tinham uma excelente amizade, e isso já vem de anos possivelmente umas três décadas após a Batalha dos Cinco Exércitos.

    Vejam bem, o próprio Tolkien em seu capítulo quando estão em Bri, podemos ver a consideração e o apego que o mago tinha com o estalajadeiro. Quando Gandalf encarrega Carrapicho de entregar aquela carta ao Sr. Monteiro, a respeito de Aragorn (Pasolargo) tem-se o entendimento de que tal fato era de extrema necessidade, urgência, e acima de tudo confiança.
    Portanto, acredito eu que não era uma mera camaradagem, mas sim um laço de confiança e afeto.
     
  12. Taison Almeida

    Taison Almeida Usuário

    Ao meu ponto de vista, a amizade deles era simplesmente amizade, não acho que Gandalf tenha visto nele uma peça importante para o desenrolar das coisas, assim como ele viu no Anão na história do Hobbit, acho que apenas amizade mesmo.
     
  13. Roger

    Roger HEXACAMPEÃO BRASILEIRO!!!!!!!

    Mas se vc olhar Danilo, vai ver que Gandalf teve que tomar uma decisão dificil e urgente. O chamado de Sarumam, e ainda mais o tempo que levaria pra chegar la foi o que definiu a ideia de entregar a carta ao carrapicho.
    E depois de ter feito a escolha de nao ir ao condado, nao havia outra pessoa atraves de quem ele pudesse enviar a carta. A escolha unica era o carrapicho, alguem que tinha sua camaradagem, embora nao fosse nada de tao especial ou profundo!!!
     
  14. Tuor

    Tuor Usuário

    Depende muito do conceito de amizade que cada um tem. Eu concordo com o Roger; era mais respeito e camaradagem que uma amizade profunda. Para que houvesse amizade, entendo que ambos teriam longas conversas, coisa que não acontecia porque nenhum tinha tempo, mas que cada um sabia que o outro não era de má índole. Nem na carta que Gandalf deixa para Frodo ele se refere a Carrapicho como amigo; somente Passolargo. Carrapicho é um "homem confiável".
     
  15. Elrond

    Elrond "OFF" it will last two months

    Realmente depende do conceito ou até de como vemos.

    Eu pessoalmente penso que seria uma amizade verdadeira, porque o próprio Gandalf no capítulo A Caminho de Casa fazia questão de passar em Bri para saber como estava passando o Carrapicho além da lhe dar as notícias com muito detalhes e horas e horas de conversa sobre como foi a demanda da Sociedade do Anel. Percebe-se aí algo além de uma mera camaradagem.
     
  16. DaniloStinghen

    DaniloStinghen Senhor do Destino

    Gandalf tinha completa noção do perigo pelo qual Frodo passava. Sabia que os Nove estavam à solta, em busca do Anel. Seria no mínimo burrice confiar a carta a Carrapicho se ele não fosse de inteira confiança do mago, do tipo de confiança que apenas grandes amigos têm um no outro. Se Carrapicho fosse um espião de Sauron ou Saruman, e especialmente deste último, ele saberia que Gandalf era Inimigo de seu mestre. Portanto, ou abriria e leria a carta, chegando a desconfiar do por que que Gandalf mandaria Frodo partir do Condado, ou então daria um fim nela. Contudo, pelo fato de que Radagast veio dizer a Gandalf que Saruman requisitava a presença do mago cinzento, Gandalf optou por não ir até o Condado pessoalmente. Mas sim enviar uma mensagem através de Cevado.
     
  17. Penelope

    Penelope Usuário

    Eu concordo neste aspecto. A sabedoria de Gandalf se constituía na simplicidade e humildade com a qual lidava com todos, sem qualquer tipo de subestimação ou desprezo pela 'posição' daquele ser.
    Porém, não encaro a relação com Carrapicho apenas como camaradagem/coleguismo. Se compararmos com o círculo de amizades de Gandalf, claro, talvez o hospedeiro não tenha uma relação tão íntima como o mago como Aragorn ou Elrond, mas ainda assim acho que Tolkien nos mostrou que Cevado era um homem de confiança e que tinha a amizade de Gandalf.

    Mas aí Minos, quem de nós deixaria uma carta de extrema urgência, confidência e importância ao balconista do barzinho se não houvesse mesmo uma amizade consolidada e confiável? :)
     
  18. Elrond

    Elrond "OFF" it will last two months

    Concordo, tanto é que Gandalf chamava Cevado de amigo e a forma como Tolkien escreve deixa (a meu ver) que ambos eram amigos, embora Gandalf estivesse lá de vez em quando.

    Uma forma de mostrar que eram amigos, era a confiança depositada pelo mago no estalajadeiro em deixar uma carta para ser entrege a Frodo, informação essa que foi de extrema importancia para a salvação de Frodo e seus amigos dos Cavaleiros Negros.
     

Compartilhar