1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Fumaça na Água e Fogo nos Céus: Deep Purple !!

Tópico em 'Música' iniciado por O Sujo de Sangue, 25 Fev 2003.

  1. Phantom Lord

    Phantom Lord London Calling

    Re: [TURNÊ] Deep Purple: Rapture Of The Deep 2006 (Brasil)

    Vou tentar ir neste,muito bom eles estenderem a turnê para outras cidades,além de Rio e São Paulo.




    Não sei nem qual é a formação atual deles,mas deve ser foda escutar os seus clássicos serem tocados ao vivo.
    E Gandalf,esse show de 2003 foi bom mesmo?
     
  2. Thico

    Thico The Passenger

    Re: [TURNÊ] Deep Purple: Rapture Of The Deep 2006 (Brasil)

    Que eu saiba a formação é: Ian Gillan (vocal), Ian Paice (bateria), Roger Glover (baixo), Steve Morse (guitarra), Don Airey (teclado). Há não ser que nesse meio tempo do último disco tenha mudado alguma coisa, mas acho que não.

    Foi um dos 3 melhores shows da minha vida, não só pelo que eu vi no palco (que foi absurdamente foda), mas pela aventura que foi.
     
  3. Faramir Estel

    Faramir Estel By Demons Be Driven

    Re: [TURNÊ] Deep Purple: Rapture Of The Deep 2006 (Brasil)

    Eu to seriamente pensando em ir nesse show, isso se o Uriah Heep não rolar. Infelizmente o preço do ingresso tá BEM salgado (se bem que agora o preço padrão é 100 mesmo)
     
  4. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    Re: [TURNÊ] Deep Purple: Rapture Of The Deep 2006 (Brasil)

    Eu fui no que teve ano passado em SP. Muito bom, claro, mas o Ian Gillian não é mais o mesmo e o Steve Morse não é o Blackmore. Mas faz falta mesmo o Steve Lord no teclado, aquele homem tocava muito.

    Mas foi interessante perceber como o estilo do Bruce Dickinson é parecido com o do Ian Gillian. A inspiração é clara.
     
  5. Isa

    Isa Usuário

    Re: [TURNÊ] Deep Purple: Rapture Of The Deep 2006 (Brasil)

    Ah o Steve Morse :grinlove:

    O Show deles no Pacaembu em setembro 2003 foi o show mais lindo que eu já vi na minha vida, foi absurdo, foi brilhante, foi, PQP, foda.
     
  6. Knight

    Knight Rider On The Storm

    Re: [TURNÊ] Deep Purple: Rapture Of The Deep 2006 (Brasil)

    Po, essa turnê já passou pelo Brasil ano passado, eles realmente curtem tocar aqui hein. Mas pretendo ir nesse show, assim como fui ano passado, Deep Purple é sempre legal :D
     
  7. Sondag

    Sondag Usuário

    Só para acrescentar ao que o nobre Gabil-Nala falou, sugiro quem ainda não teve a oportunidade, ouvir I Only Want To Say do Disco Jesus Christ Superstar: É uma das melhores interpretações do Ian Gillan de todos os tempos. Sublime! Why should I´d die?????

    Abraços, Sondag!
     
  8. KK

    KK Banned

    Na minha opinião, em respeito ao fãs e a história da fodástica banda que é o Purple, o Ian Gillan deveria parar de cantar. Da última vez que eles vieram pro Brasil, eu não fui ao show (fui ao de 2003, no Pacaembu apenas), mas vi uma apresentação deles no Jô, no qual ele cantava feio uma tia velha. :S

    Sério.
     
  9. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Data de lançamento de Infinite ainda não foi divulgada

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    anunciou nessa sexta-feira (25) que o sucessor do disco Now What?!, de 2013, está à caminho. A banda liberou um vídeo informando aos fãs que Infinite, o novo projeto, sai em 2017. O álbum conta com produção de Bob Ezrin, conhecido por trabalhos com Lou Reed, Pink Floyd e outros
     

Compartilhar