1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Frodo: O Herói mais Importante da TM

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Neithan, 2 Mar 2010.

  1. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Que o Google (e o Cachê) sejam louvados: Tópico perdido no ar novamente - vamos voltar a rotina de discussão logo!

    _________________________


    Frodo é um personagem polêmico aqui na Valinor. Já postei em vários tópicos sobre sua missão, seu caráter e tudo o mais. Alguns desses tópicos são: Frodo Falhou?, O Fracasso de Frodo e Caráter do Frodo
    Muitos ainda dizem que ele pode ter falhado ou fracassado, mas pra começar a discussão, vou postar o que nosso Professor achava de Frodo:


    Tolkien diz que a Busca pela destruição do Anel estava fadada ao fracasso. Nenhuma criatura da TM possuía poder o vontade maiores que a de Sauron para destruir o Um Anel nas Fendas da Montanha da Perdição. E por fim o impossível aconteceu, e o Anel foi sim jogado nas chamas de Oroduin, e Sauron por fim derrotado de forma definitiva. Se Frodo não jogu o Anel com suas próprias mãos, isso não o torna fracassado. Ele chegou até lá. As palavras ditas por Elrond para Frodo foram: "O portador do Anel está partindo na Demanda da Montanha da Perdição. Apenas sobre ele recaem exigências: de não se desfazer do Anel, nem entregá-lo a qualquer sevidor do Inimigo, nem seque deixar que qualquer pessoa o toque, com a exceção de membros da Comitiva e do Conselho, e mesmo assim apenas em caso de extrema necessidade." Sua missão era ir até a Montanha da Perdição, e isso foi cumprido. Sei que na última hora ele fez o inevitável e não jogou o Anel no fogo, mas Tolkien diz que isso era impossível. Nenhum habitante da TM jogaria tal Anel no fogo. Porém graças a diversos atos de Frodo ao longo de sua jornada, o Um foi destruído por Gollum (que só estava vivo por misericórdia de Frodo).

    Enfim, agora vamos a parte em que eu o chamo de um dos dois maiores herois da TM (senão o maior) e você me apedrejam.
    Frodo era um hobbit, um simples e mero hobbit. Diferente de grandes Reis élficos como Fingolfin, Fingon e Turgon, ou senhores dos homens como Beren, Túrin e Aragorn. Frodo não era um grande espadachin, arqueiro nem absolutamente nada disso. Diferente de grandes homens e elfos da Primeira Era, ele não era uma pessoa belicosa. Não vivia em um lugar que lhe exigia saber guerrear. Frodo nunca possuiu uma vocação para ser herói, pelo menos não um herói tradicional, que enfrenta balrogs, orcs e lobos, ou que desafia o Senhor do Escuro.
    Não vou narrar toda sua Demanda, ela deve ser conhecida por todos. Mas digo que aceitar livremente a missão de levar o Um Anel em direção a Mordor, para salvar aqueles que ama, já é algo que merece respeito. Além de aceitar livremente, ele completa a demanda. O Anel foi destruído graças a ele, a TM foi salva graças a ajuda do pequeno Frodo.
    Antes mesmo de começar sua missão, Elrond já havia dito (assim que Frodo decide levar o Anel)
    "-Mas o fardo é pesado. Tão pesado que ninguém poderia impô-lo a outra pessoa. Não imponho a você. Mas se o toma livremente, direi que sua decisão foi acertada; e se todos os poderosos amigos-dos-elfos de antigamente, Hador, e Húrin, e Túrin, e o próprio Beren, estivesse reunidos juntos, haveria um lugar para você entre eles."

    Muitos podem dizer que "sem Sam Frodo não teria ido a lugar algum", ou "sem Aragorn, Gandalf ou Gollum, o Anel não seria destruído"...mas isso não invalida em nada as atitudes de Frodo.
    Sem Luthien ou Huan, o pobre Beren teria morrido ainda em Minas Tirith, por lobisomens!
    Sem a chegada de Elwing (e uma mãozinha de Ulmo), Earëndil não alcançaria as praias imortais.
    Todos os grandes heróis de Tolkien tiveram ajuda de terceiros. E nem por isso seus atos ficam invalidos.
    As ações de Frodo, ao fim da TE levaram os povos livres a salvação e liberdade. Talvez o único herói que tenha conquistado algo tão importante quanto Frodo (uma salvação mundial, vamos dizer assim) foi Earëndil. E foi muito mais fácil para o marinheiro do que para o Hobbit. Foi (sendo bem simplista) só colocar uma Pedra na Testa e navegar em direção as terras imortais. Não passou por tentações, batalhas nem teve de caminhar em direção ao coração do reino de seu inimigo.
    Frodo teve amigos, heróis quase tão importantes quanto ele. Aragorn e Gandalf foram essenciais para a salvação da TM. Não quero esquecer os demais membros da Sociedade, só creio que o papel do Portador do Anel foi de longe o mais importante, e Frodo carregou o fardo mais pesado entre todos os demais. E teve êxito.
    O que acham? É exagero pensar que Frodo foi o mais importante herói de Arda?
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • Ótimo Ótimo x 1
  2. Tronco

    Tronco Banned

    Sim é
     
  3. Maria Pretinha

    Maria Pretinha Usuário

    :yep:

    Em primeiro lugar, acredito que a interpretação de Tolkien não é lei. Sim, ele é o criador de Senhor dos Aneis, mas ele não é Deus e não está 100% certo em tudo o que faz ou fala. Até porque, determinados assuntos extrapolam a concepção de certo e errado e dizem mais respeito a interpretações pessoais do que a afirmações categóricas e irrefutáveis. Toda e qualquer obra, literária ou não, uma vez pronta e apresentada ao mundo adquire vida independente de seu autor. às vezes, a mão criadora não tem talento o suficiente para alcançar os objetivos pretendidos (não é o caso do Professor, claro), às vezes um tem infiltra-se sorrateiramente nas linhas vindo de fontes do subconsciente e nem mesmo seu autor tem consciência delas. Ou seja, "Tolkien disse" não é argumento suficiente para validar sua interpretação das obras.

    E não, Frodo não foi o maior herói da terra média. Se a piedade de Frodo permitiu que o anel fosse destruído ao possibilitar a destruição do Um Anel, então igualmente herói é Gollum, que por sua loucura e devoção doentia ao Um foi a derradeira arma que deu cabo à tudo. Igualmente involuntários foram a piedade de Frodo e a loucura de Gollum. Involuntários no sentido de feitos sem ter-se em mente o objetivo primeiro da destruição do anel. Ao apiedar-se, Frodo não pensou que sua ação poderia terminar na destruição do anel. Frodo foi um herói acidental. Assim como Gollum.

    Outra coisa: às vezes é necessário rever a definição dos adjetivos que usamos.

    Nesta definição de Herói, Frodo não corresponde inteiramente ao primeiro, uma vez que grande coragem não era algo que poderia definí-lo. Na minha opinião, em muito momentos do livro, ações do hobbit que poderiam ser consideradas como heróicas, foram, mutias vezes, motivadas pela resignação, pela perseverança, mas não pela coragem.

    Não corresponde ao 2, corresponde ao 3, mas, definitivamente, não corresponde ao quatro. Ora, sendo um Hobbit, é óbvio que a grandez física não lhe cabia, mas a pequenez no tamanho poderia ser compensada pela grandeza de espírito, por qualidades morais extraordinárias. Frodo não era em nada extraordinário, um dos motivos pelo qual conseguiu aguentar a influência do anel por um longo período de tempo. E, se o fez, digo novamente, não foi conscientemente. Não foi sua força de carater ou sua singularidade o que permitiu que Frodo resistisse e, de certa forma, vencesse, foi sua falta de singularidade. Frodo era fraco, fisicamente e moralmente, como podemos observar em várias passagens do livro. Nem mesmo sua piedade, a tão propagada causa da destruição do anel, pode ser considerada como grandeza de espírito, uma vez que essa disposição de espírito tem também muito a ver com o fato de que Frodo enxergava em Gollum uma possibilidade cruel de destino, caso tudo desse errado. A piedade de Frodo era egoísta.

    Quanot ao número cinco, Frodo foi admirado sim, mas não por toda a Terra Média. Sim, aqueles que sabiam de seus feitos o elevaram à categoria de heróis, mas eu, como leitura e portanto observadora privilegiada, não fui tocada pelos feitos de Frodo. Enxerguei fraqueza e um destino que se impões. Ele estava fadado a falhar e falhou. O que ele teve foi sorte.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  4. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    :no:

    Ok, Tolkien pode não ser a única base para eu fazer a comparação, mas a opinião dele vai muito mais que a de leitores.

    E eu não digo que Frodo é o mais importante apenas pelo que Tolkien diz. Olhando as obras de Tolkien, deixando de lado qualquer admiração pessoal por outros heróis, e pensando apenas em seus feitos, temos um ou dois heróis que, assim como Frodo foram cruciais e mudaram o destino de Arda. Não mais que isso.

    Por exemplo: Beren não foi mais importante que Frodo. Ele teve uma grande parcela de responsabilidade, por ter salvo uma das Silmarilli de Morgoth, mas ele não a levou para Valinor. Quem foi o responsável pela vinda do exército dos Valar, que decretou o fim do reinado de Melkor foi Earëndil. Mas enquanto ele "apenas" navegou para Valinor, Frodo teve um caminho muito mais difícil, longo (no sentido de dias de viagem) e carregou simplesmente o maior de todos os fardos da TM.

    Gollum foi crucial na destruição do Um, mas nada de bom o motivou a isso, pelo contrário. Ele apenas queria o Um Anel para si.

    Frodo nunca teve nenhum obrigação pelo Anel. Ele levou a Valfenda, e poderia simplesmente ter voltado a sua terra, e ninguém reclamaria disso. Ele de dispôs a destruir o Um Anel, e o que motivou a isso foram apenas sentimentos bons, e o seu amor pelo Condado e pela paz na terra dos pequenos. Não foi por glória, por um trono ou por uma dama. Apenas pela paz de seus semelhantes.

    E mesmo sem saber das consequências do perdão que ele impôs a Gollum, sua piedade e seu ato de misericórdia salvaram a TM. Muitos outros "grandes heróis" da TM teriam matado Gollum naquele momento. E sucumbiriam.

    Não é nem um pouco corajoso pegar o Um Anel para si, ficar de pé no Conselho de Elrond e simplesmente falar: "EU levarei o Anel a Mordor."?

    A coragem não era a sua principal motivação, mas ela nunca faltou a Frodo. Talvez no Frodo do filme, mas nunca no Frodo de Tolkien;

    E Frodo era fraco fisicamente, mas não moralmente. Ou eu estou muito enferrujado com as Obras (o que pode ser :lol:). Não me recordo em nenhum momento de fraqueza moral de Frodo, até a chegada na Fenda. E lá, ele não fez nada além do que qualquer outro faria. E chegar lá foi um ato que poucos, ou talvez ninguém mais conseguiria.


    Na TM, todos aqueles que conheciam a história, o admiravam. Por todos os cantos de Gondor, Rohan, Valfenda ou Lórien seu nome foi aclamado. Agora, em lugares como O Condado ou Bri, ninguém ali nem sabia o que acontecia em outros cantos do mundo. :lol:

    E não foi sorte que o salvou. Fua sua misericórdia.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  5. Syd Barrett

    Syd Barrett Shine on you,

    Entendo...

    O épico do Anel, foi criado a partir da somatória de esforços da Comitiva do Anel e do Conselho, todos tiveram participação válida.

    Todavia, Frodo merece uma posição de destaque, ele aceitou de livre e espontânea vontade carregar o pesado fardo que era o Um Anel. Ele não tinha idéia do que teria de passar, o Condado não possuía muitas informações sobre acontecimentos externos.

    Atravessar a TM a pé, carregando o artefato mais procurado por todos os lados envolvidos na Guerra, sem possuir muito mais do que coragem e confiança em seus companheiros de jornada. Atravessar por um "continente" repleto de tropas inimigas, combates em diversas localidades, não é uma tarefa muito fácil para alguém que levava uma vida relativamente confortável na Vila dos Buques.

    Quanto a falhar, quando digo falhar me refiro a se sujeitar ao poder do Anel, qualquer criatura da TM que não fosse o próprio Sauron sucumbiria a vontade do Anel. Frodo o carregou até seu destino sendo apenas um Hobbit, já Boromir, valoroso guerreiro, sucumbiu ao desejo de possuir o Anel logo após ao primeiro contato visual. Ele nem chegou a usá-lo e foi corrompido pelo desejo, Frodo só caiu em tentação nas Fendas da Perdição. Por sinal, Isildur também não conseguiu livrar-se dele em um momento parecido.

    Frodo merece o reconhecimento. Sua missão, de longe a mais complicada e longa, foi cumprida com êxito. Levar o Um ao seu local de origem e dar cabo dele. Brincadeiras a parte, ele conseguiu concluí-la.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  6. Maria Pretinha

    Maria Pretinha Usuário

    Misericórdia vinda do medo pelo próprio destino. Pode ser virtude, mas pode não ser.
     
  7. Haran Alkarin

    Haran Alkarin Usuário

    Será? Na própria carta que você citou, Tolkien diz:
    Frodo estava em tal posição: uma armadilha aparentemente completa; uma pessoa de maior poder inato provavelmente jamais poderia ter resistido à atração pelo poder do Anel por tanto tempo; uma pessoa de menos poder não poderia ter esperanças de resistir a ele na decisão final. (Frodo já não estava disposto a danificar o Anel antes de partir, e foi incapaz de entregá-lo a Sam.)
    Além dos sentimentos bons que você mencionou, acho que rolou também, talvez de forma bem inconsciente, já um apego pelo anel. :think:

    Mas de resto, concordo. Frodo foi um dos grandes 'heróis' da história da Terra-Média - não é um herói do tipo grego, que preza pela invencibilidade, glória e tudo mais, e sim um 'herói' do tipo cristão, com características cristãs, um mártir. Apesar da ressalva que mencionei acima, ir até Mordor foi um tremendo ato de fé, pois só um milagre poderia destruir o Anel - já era sabido de antemão que Frodo não teria forças para jogar o anel, quando estivesse prestes a fazê-lo. Nesse sentido, Frodo alcançou o máximo sucesso que era possível - mesmo sabendo que no fim falharia, e nesse caso entregaria sua vida a sorte, ou melhor, aos desígnios de Ilúvatar, o que constitui um ato grandíssimo de fé e um exemplo de martírio cristão.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  8. Ri.

    Ri. Usuário

    Concordo que Frodo foi um grande herói da Terra Média, na minha opnião, mas não sei se pode ser considerado o mais importante.

    Enfim, não vem ao caso mas vale a pena comentar isso: disseram aí que nenhum habitante da Terra Média conseguiria se desfazer do anel, pois Sauron era o de maior força de vontade, mas acho que se esqueceram do bom e velho Tom Bombadil, ele não se envolveria com esse tipo de assunto, mas ele com certeza não é afetado pelo desejo do anel, sabendo-se que ele já o teve em suas mãos quando Frodo passou por sua casa e não sofreu nenhum efeito aparente - que outros seres "normais" sofreriam devido ao anel.

    Outro comentário interessante é que ao refletir sobre a decisão que Frodo toma em Valfenda de tomar a responsabilidade de levar o anel para ser destruído na montanha da perdição é que neste momento ele já poderia estar sofrendo inconscientemente à ação do anel em seu psicológico, se fosse o caso, Frodo teria se disposto a esta tarefa só para possuir o anel por mais algum tempo. É claro que em seu raciocínio ele estaria usando a desculpa de carregar o fardo em prol do bem para seus amigos e os outros seres da Terra Média, mas no fundo é possível que tenha sido tudo um jogo do anel em sua mente, com o propósito mesquinho de continuar sendo o dono do anel e etc. É interessante refletir sobre isto, pois se foi o caso, Frodo só decidiu carregá-lo pois motivado por isto.
     
    Última edição: 22 Mai 2011
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  9. Yehonatan

    Yehonatan My Redeemer Lives!

    Pra mim não é exagero.
    Se Elrond o colocou no nível de Húrin e Beren, não sou eu que vou discordar. Tá certo que Beren, Filgolfin e Túrin (entre outros) eram os caras (principalmente o Beren, minha opinião xD). Eles enfrentaram terrores maiores do que Sauron e muito mais diretamente do que Frodo enfrentou o mal de sua época. Mas provavelmente todos esses grandiosos heróis teriam sucumbido à tentação do Um Anel muito antes dos portões de Mordor. Assim como Frodo provavelmente surtaria e pediria pra sair se desse de cara com Morgoth.
    Resumindo, eles eram diferentes e estavam preparados pra tipos de aventuras diferentes.
    Só que, na hora de ranquear os heróis da TM, eu coloco Frodo e as outras lendas citadas em pé de igualdade. Eu não me sentiria bem dando o primeiro lugar a nenhum deles.
     
    Última edição: 22 Mai 2011
  10. Lissa

    Lissa Chocolatier Honoris Causa

    Foram Eras e vilões diferentes. Frodo era um hobbit, jamais ele poderia bater de frente com Sauron, tipo tentando ser o valentão da turma, ele era um Pequeno.

    __
    Eu acho que o que ele fez foi louvável, a ponto de colocá-lo no pódio dos grandes heróis (talvez não no primeiro lugar) porque, fala sério, ele era um hobbit! Nunca tinha saído do Condado, nunca tinha feito nada de heróico, nada de nada. Tudo que ele sabia fazer era ser um hobbit, que amava sua cervejinha e seu fumo, sua tranquilidade. Só de ele não ter desmoronado quando viu no que estava se metendo foi grandioso. Se fosse outro hobbit, não tenho muita certeza se ele não teria rapidinho se escondido debaixo da terra ou fugido correndo quando topasse com o primeiro orc. Frodo teve sim, muita ajuda, muita sorte, mas esses são fatores imprescindíveis em qualquer ato grandioso. Não adianta só ser o bonitão ou o fortão (e ele não era nenhum dos dois, pelo menos fisicamente), sem falar que ele era falho como qualquer outro e já era certo que falharia na hora do vamos-ver e jogar o Anel no fogo. O Anel era malicioso e tinha poder (todo mundo sabe disso, ora essa!) e é claro que influenciou ainda mais Frodo quando sentiu que estava prestes a ser destruido.
    Por ele ter chegado lá em Mordor quando ninguém mais poderia, por tudo que ele passou e pelo ferimento que ele carregou até o fim da vida, sem esmorecer ou se esconder debaixo da cama em Valfenda acho que foi suficiente pra denominá-lo herói.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  11. Eruniauve

    Eruniauve Usuário

    Embora pequeno, simples e 'frágil', Frodo tinha muita coragem, ele enfrentou todos os desafios com determinação.. quase pereceu em alguns e conseguiu de alguma forma atingir seu objetivo. Acredito que se algum dos outros membros da sociedade ou até magos ou guerreiros ou elfos mais sábios e fortes etc... poderiam falhar na missão por não terem o coração puro e a coragem que Frodo teve.
     
  12. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Vocês não estão esquecendo um fator importante aqui? A personalidade de Frodo não era a de um 'hobbit convencional', amava o Condado mas ansiava por ter suas aventuras, adorava os elfos, tinha certos conhecimentos das tradições élficas e afins. O que eu quero dizer é que ele era um aristocrata e um estudioso, de certa forma, nada tinha mesmo de heróico mas não era um glutão babaca, a la Bilbo.

    Além disso vocês parece fazer um julgamento moral apressado e indigno dele, como se tentasse diminuir seu feito pela 'imperfeição moral'. Francamente, é exatamente essa fraqueza moral no final que Tolkien usou para assinalar, re-presentar a fraqueza humana, o homem capaz das maiores façanhas apesar da sua fraqueza mas que acaba falhando no final por causa de sua natural concupiscência.

    É uma alegoria da antropologia cristã. O homem que é escravo do pecado e tem um espírito indômito mas mesmo após tantos heróismos acaba sucumbindo. No final, ele foi 'justificado' pela fé, pela coragem, pelo senso de dever. Todo o conjunto de seus sofrimentos, sua cruz, o redime para sempre. Ele não é Cristo, não é impecável. Ainda assim foi por ele que o Mal foi destronado.
     
    • Gostei! Gostei! x 3
    • Ótimo Ótimo x 1
  13. Syd Barrett

    Syd Barrett Shine on you,

    Se fosse isso, eu acredito que ele teria afanado o Anel, não teria dito que queria o fardo para si para todos os presentes. A única influência psicológica ao meu ver era essa: A possibilidade de viver uma aventura similar a de Bilbo Bolseiro, que era uma espécie de ídolo para Frodo.
     
  14. Yehonatan

    Yehonatan My Redeemer Lives!

    É isso aí. Na hora de comparar os heróis, temos que ter isso em mente.
     
  15. Faerie

    Faerie Usuário

    É demais achar que somente ele foi o herói da TM, tenho certeza que se não fossem vários outros perso ele nem teria chegado na metade do caminho...
     
  16. etienne

    etienne Usuário

    Acho difícil dizer com certeza absoluta que Frodo foi o maior herói da TM. Mas é fato que não existe na literatura um herói independente, que não tenha necessitado de ajuda. Na verdade, é fundamental a participação de outros para as novas empreitadas e as histórias nos trazem essa importante lição de que uma andorinha só não faz verão.
    Para um pequeno hobbit, Frodo é um herói. Afinal, nenhum hobbit teria coragem para sair do Condado e cumprir um destino tão obscuro e cruel. No entanto, ele parece muitas vezes sem motivação, ou um grande espírito. Nesse caso até dá para dizer que Bilbo era muito mais corajoso do que ele. Porém, se olharmos mais profundamente, a coragem está aonde? Quando vamos atrás de perigos, aventuras? Ou quando decidimos olhar para dentro de nós e iniciarmos uma jornada para os cantos mais escuros da alma. é como interpreto a jornada para a Montanha da Perdição, todos nós temos uma dentro de si, e é preciso coragem para chegar até o fim. Até os inimigos que poupamos, não acho que foi involuntariamente pois uma vez Frodo disse a Gandalf que era melhor matar Gollum (1°livro) e no fim ele não o fez, podem ser ferramentas para nos ajudar e isso não chega a diminuir a glória. Tem quem nem consegue começar a viagem!!

    Bem, desculpe se ficou muito pedante ou se fugiu muito à ideia original.:mrgreen:
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  17. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Então vamos excluir todos os heróis, né?

    -Sem Luthien, Beren teria morrido em Minas Tirith;
    -Sem Elwing, Earëndil não chegaria a Valinor;
    -Sem Beleg, Túrin morreria em Angband;

    etc...

    Precisar/contar com a ajuda de outras pessoas não diminui o heroísmo de uma pessoa.
     
  18. Anwel

    Anwel Nazgûl Cavaleiro

    Eu concordo em parte com o Neithan, e em parte com a Maria Pretinha.

    Eu também acho que as palavras do professor não devem ser o ponto final da história. Afinal, se não nos dispusessemos a discutir os fatos além das obras, a gente simplesmente perguntaria as coisas pro Meneldur (que tem decorado os livros) e ponto.

    Porém, com certeza a opinião do professor deve ser relevada.

    O que eu quero dizer?

    Frodo falhou na destruição do Anel?
    SIM! Ele não teve força de vontade para tal.

    Mas a grande questão é: A falha de Frodo é condenável?

    E aqui vai minha opinião (que vai de encontro com a do Neithan e a do Tolkien): NÃO!

    Nenhum ser teria tamanha força de vontade pra destruir tal objeto, ainda mais no reino de Mordor. Eu não consigo condenar Frodo por isso. Alguém faria diferente no lugar dele?

    Se o herdeiro de Bilbo é um herói ou não, na minha opinião é fora de questão. Afinal, eu julgo o trajeto de Frodo (Condado - Montanha da Perdição) tão relevante quanto o momento final de jogar o Anel na lava. Pode-se ignorar todos os perigos e sofrimentos que a comitiva sofreu? Principalmente aquele que portava o objeto do Inimigo?

    Todos os membros da Sociedade são heróis, mas pra mim Frodo é o principal (e não estou querendo rebaixar o papel de Gandalf e Aragorn aqui). Essa imagem do filme mostra muito bem o que quero dizer:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    O esforço era tão grande, e o mal causado pelo Anel tão abrasador que as chagas do Frodo não ficaram só na sua mente, mas também no seu corpo. Aquela parte do livro em que os dois hobbits conversam em Mordor e Frodo diz que não consegue mais ver a imagem do Condado, nem sentir mais o sabor dos morangos é uma das passagens mais tristes e representativas do que o hobbit estava passando pra mim.

    Pronto, aqui está minha opinião :D

    Frodo: o maior herói da TM :clap:
     
    • Gostei! Gostei! x 3
    • Ótimo Ótimo x 2
  19. Pityë Lómelindë

    Pityë Lómelindë numa Gondolin imaginária

    Na verdade, eu acredito que o faz de Frodo um grande (ou o maior) herói da Terra Média, não são nem as suas qualidades superiores, nem a ausencia delas.

    Frodo não era uma pessoa muito especial... O Caio falou do nível aristocrático dele e percebo que essas qualidades peculiares só foram despertadas pela curiosidade de ver um mundo novo, mesmo que apenas pelo papel. No interior, ele ainda era um hobbit apaixonado pelos campos e pela vida simples (e seu espírito aventureiro foi motivado, principalmente, pelas histórias do tio). Não há nele nenhum caráter heróico, autruista, de grande coragem ou sede de justiça. Seu nome provavelmente nunca seria cantado em versos pelos seus atos heróicos (Barbávore, conhecedor dos povos e línguas, nem sabia que os hobbits existiam!)

    Por outro lado, Frodo possuia em si uma personalidade sensível que guardava em si um profundo amor pelos amigos, pelas coisas belas, pela natureza. Amor capaz de dar coragem, força, perseverança para transpor todos os obstáculos em prol de um bem maior e comum.

    Foi por isso que deu certo! Se ele fosse um poderoso guerreiro, certamente teria sido tentado a possuir o Um para vencer batalhas (até mesmo contra Sauron), construir uma cidade forte ou governar povos. Mas, se ele fosse um ser de carater medíocre, simplório, ele não poderia ter tido nem sequer esperanças de dominar o poder do anél e resistí-lo até o final, ou não. Ele não teria nem saído do Condado, quanto mais atravessado a TM.

    Em uma palavra: EQUILÍBRIO. De todos, ele era o mais equilibrado e, por isso, apto à missão. Nem forte nem fraco, perseverante. Nem corajoso nem covarde, mas com poder de decisão. Nem certo nem errado, mas um hobbit que viu na demanda a unica chance para as coisas que amava.

    Ele é o maior pq provou que alguém simples, comum, com qualidades e defeitos, pode mudar o rumo das coisas.
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  20. Amanda Lee Liu

    Amanda Lee Liu Bééééhh

    Então... Frodo falhou...


    Bjokas
     

Compartilhar