1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Friedrich Nietsche

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Vinci, 13 Abr 2003.

  1. Vinci

    Vinci Usuário

    Eu não sei NADA sobre o Nietsche... Gostaria de nesse tópico poder conhecer os ideais desse tão polêmico filósofo...
     
  2. Litzhel

    Litzhel Delirium

    Nietsche é o autor daquela conhecida frase "Deus está morto", que fa parte de um diálogo de um texto do mesmo.
    Por isso que você pode ler por aí, que Nietsche é mais conhecido como escritor, porque ele fazia textos, raramente escrevia suas filosofias, em uma "declaração" pra mesma, são textos que ele estimula suas duvidas, suas respostas e etc.
     
  3. Eru- o Ilúvatar

    Eru- o Ilúvatar Usuário

    Nietzsche foi um ponto de inflexão na história da filosofia ocidental, marcando uma ruptura já prenunciada por Hegel, em relação ao Platonismo. Vale a pena ser lido, pela ousadia com que trata da questão da arte, do dionisíaco, e da sua polêmica e controversa leitura em Genealogia da Moral, onde traça um histórico da humanidade rumo a covardia e a passividade, que tão erradamente foi interpretada, por exemplo, pelos nazis.
     
  4. Ash Nazg

    Ash Nazg Usuário

    Olhe minha assinatura :D
     
  5. Omykron

    Omykron far above

    Nietzsche pode se dizer o pai do existencialismo, e um dos maiores criticos da teoria apenas da razão de socrates.

    tou estudando ele em filosofia, ele possui umas idéias mtu boas, e com boa parte delas eu concordo, principalmente na que ele mostra em um de seus textos, a idéia q o aluno tem de nunca querer superar o mestre. ele faz com q os alunos dele queiram sempre superar ele, para q dps de tudo, eles irem la, e arrancarem a "coroa de louro" dele.
     
  6. Lembas

    Lembas Usuário

    Eu li apenas o primeiro livro dele, no começo do ano passado. É um tratado sobre a música, baseando-se na obra de Richard Wagner e como respostas às teorias de Chopenauer (está escrito errado pq eu to com sono demais pra lembrar do certo =)). Lá ele alega que a música difere de todas as artes por não estar presa a conceitos humanos, que são metáforas expressas da realidade objetiva da Vontade. A música representaria a própria vontade...
    Eu tô embaçando pra começar a ler o Humano, demasiado Humano dele porque eu sei que esse livro vai me fazer surtar...hehehehe
     
  7. patrah

    patrah Usuário

    O único livro que li dele foi "Assim falou Zarathrusta", muito bom, merece ser lido (sempre usando "filtro" é claro) :lily:
     
  8. Liurom

    Liurom Usuário

    Não há como negar a genialidade de Nietzsche. Ele foi sem sombra de dúvida um dos grandes filósofos de todos os tempos.

    Ele não é, porém, meu filósofo preferido. Tem algumas coisas que me incomodam nele. Por exemplo:

    A noção de "super-homem": ele critica Cristo e Buda por terem pregado o amor e a compaixão ao próximo (valores que considera femininos e dos homens fracos - que chama de rebanho). Faz o louvor do amor pelo perigo e do desejo de poder (valores que considera masculinos e dos homens fortes). Para Nietzsche os homens fortes devem formar uma aristocracia e tem todo direito de oprimir os fracos (pois a fraqueza é um vício). Logo, como era de se esperar, ele se opõe à democracia e prefere regimes autoritários.

    O irracionalismo: Nietzsche não acredita muito no poder da razão e dá uma certa ênfase na idéia de vontade (exatamente como fazia Schopenhauher). O desejo é uma justificativa mais do que suficiente. Por exemplo, dizer "eu quero o petróleo do Iraque", já é razão suficiente para invadir o país, na ótica de Nietsche. A piedade e o remorso, na visão dele, são sinônimos de perversão. Eis uma frase de Nietsche: "o homem deve se tornar melhor e mais perverso". Na minha opinião, o homem já é perverso o suficiente... :roll:

    Nietzsche não era nazista, ele os desprezava. Mas não é surpresa que com idéias como essas Hitler tenha se inspirado nele (e em outros pensadores também é claro). Não por coincidência, um dos filmes mais famosos da propaganda nazista se chamava "O Triunfo da Vontade".

    Observação importante: Isso não quer dizer que Nietsche não tivesse qualidades e que não fosse um gênio. Eu nunca negaria isso. Mas esses defeitos que eu mencionei me incomodam bastante.
     
  9. patrah

    patrah Usuário

    É vc. têm razão, nem todas as idéias são sinônimo de algo virtuoso. Por isso que é bom sempre usar o famoso "filtro" em tudo, até em nós. :lily:
     
  10. Excluído052

    Excluído052 Excluído a pedido

    "CALEM-SE!!!! Minha verdade fala!" - assim falou Zaratrusta no seu momento de solidão... :shhh:

    "Por que sou tão inteligente? Por que escrevo livros tão bons?"
    :aham:

    Esse é o cara! :mrgreen:
     
  11. biskvito

    biskvito Usuário

    sem querer ser chato mas já sendo, tá faltando um Z aí, é Nietzsche...

    bom eu tô lendo esse fdp, ele tem umas coisas que dá vontade de vomitar de chato, mas tem outras muito boas...

    tô lendo a coleção "Os Pensadores" da Abril Cultural de 1975, era vendido em bancas!!!!!! hoje em dia ninguém publica mais essas coisas, você tem que dar uma de arqueólogo pra achar... Ainda dessa época herdei uma coleção de MPB em vinil que era vendido em bancas tb... simplesmente uma baú de jóias....

    do pouco que li até agora de Nietzsche, vou citar o que gostei, ou não...

    Origem do culto religioso - nesse texto ele revela suas convicções fazendo uma crítica ferrenha ao cristianismo e exaltando a "religiosidade" grega. Apesar de ele ser de uma família de pastores e ele mesmo ter cogitado a possibilidade de ser um - ou talvez por isso mesmo - ele revela uma veia anti-cristã muito forte.


    Enobrecimento por degeneração - aqui ele defende um tese curiosa... em uma sociedade os indivíduos que se perpetuam são os que têm um forte senso comum(bondade,submissão)... o perigo dessas comunidades é "o aumento gradativo, por hereditariedade, do embrutecimento que acompanha toda estabilidade como sua sombra. É dos indivíduos mais desvinculados, muito mais inseguros e moralmente mais fracos que depende o progresso espiritual em tais comunidades; eles são homens que ensaiam o novo e, em geral, a variedade. Inúmeros dessa espécie se arruínam, por sua fraqueza, sem exercer efeito muito visível; mas, no geral, quando têm posteridade, eles afrouxam o elemento estável de uma comunidade e de tempo e tempo lhe causam uma ferida. Precisamente nesse lugar ferido e enfraquecido é como que inoculado nesas comunidade algo de novo;... "

    Gênio e Estado ideal em contradição - essa é boa, ele diz que se o estado dourado que os socialistas almejam fosse alcançado, o "chão que cresce o intelecto", ou seja o "terreno" propício à genialidade seria extinto...:) a humanidade tornar-se-ia débil demais pra gerar grandes intelectos...huahuahuauh

    Culto do gênio por vaidade - "Porque pensamos bem de nós, mas no entanto não esperamos de nós que possamos alguma vez fazer o esboço de uma pintura de Rafael ou uma cena tal como a de um drama de Shakespeare, persuadimo-nos de que a faculdade pra isso é maravilhosa acima de todas as medidas, um raríssimo acaso, ou, se ainda temos sentimento religioso, uma graça do alto. Assim, nossa vaidade, nosso amor-próprio, propiciam o culto do gênio: pois sempre quando ele é pensado bem longe de nós, como um miraculum, ele não fere..."


    esses textos não são nem uma décima parte do livro, se eu achar mais coisas interessantes posto aqui...


    uma das frases que me chamaram a atenção...
    Denominar alguém "divino" quer dizer: "aqui não precisamos rivalizar"(do texto acima :lol:, muito boa essa )
     
  12. patrah

    patrah Usuário

    "Gênio e Estado ideal....." se é que eu peguei o q. ele quis dizer é que na adversidade o lado criativo do ser humano é posto em pratica, e se tudo fosse muito bom, esse lado do s.humano, ficaria "acomodado por assim dizer? Geralmente a capacidade criativa do homem surge nos momentos em q. sua sobrevivência está em jogo, ou qdo. os problemas aparecem, já q. temos uma tendência a acomodação...
    Será que viajei tentando entender o que ele quis dizer? :roll:
     
  13. biskvito

    biskvito Usuário

    se vc viajou então eu fui junto pq entendi isso tb... :mrgreen:
     
  14. Ash Nazg

    Ash Nazg Usuário

    acabei de ler um livro dele: "O Anticristo"

    o livro eh otimo, o cara critica o cristianismo ateh a ultima gota, vai a raiz do cristianismo e aponto os erros, e vai mais alem ainda. Ele pega na raiz do Judaismo, a religiao que "deu origem" ao cristianismo. Fala dos dogmas da igreja catolica( cristã em geral )..... RESUMINDO o cara eh fodissimo, escreve com argumentos otimos, com fundamento


    LEIAM E NAO SE ARREPENDAM!!!
     
  15. Eru- o Ilúvatar

    Eru- o Ilúvatar Usuário

    Cara, se vc gostou de O Anticristo dá uma lidinha no capítulo 1 da Genealogia da Moral... Alí ele trucida o que considera uma moral covarde e reativa judaico-cristã... :mrgreen:
     
  16. Ash Nazg

    Ash Nazg Usuário

    eu estou com mais tres livros pra ler dele aqui em casa:

    para alem do bem e do mal
    ecce homo
    assim falou zaratustra
     

Compartilhar