1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Frederick Forsyth

Tópico em 'Autores Estrangeiros' iniciado por Breno C., 28 Ago 2008.

  1. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Acho que posso dizer que o Frederick é um dos meus autores favoritos. Só li três livros dele, mas sempre que vou a algum sebo e vejo um livro do F F na prateleira, fico pensando "devo comprar, sei que vou gostar!", mesmo que no final outro livro chame mais minha atenção. Minha relação com o Forsyth se resume bem a isso: sei que vou gostar de qualquer livro que ele tenha escrito, porque o fato é que ler um livro desse mestre é como ler algo que posso realmente ter acontecido, ainda que o livro não seja nada baseado em fatos reais. É claro que essa impressão é acentuada pelo fato de que o Forsyth foi, antes de escritor, um grande jornalista.

    Vou deixar um trecho do wikipédia falando sobre o ele e seu livro mais famoso.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    [/quote]
     
  2. Angélica

    Angélica Visitante

    Forsyth tb é um dos meus escritores favoritos, li não me lembro onde, que ele fala algo do tipo "nos meus livros o personagem principal é sempre sozinho contra todos", dos que tenho acho que é bem por aí, mesmo.

    Também me identifico com os seus livros e atribuo esse sentimento por saber que ele sempre foi perfeccionista e que trabalhando como jornalista na área de política internacional, com certeza, conheceu muito desses bastidores; por mais fictícias que sejam as situações das histórias, com certeza, têm um bom tanto de informações verídicas, daí a sensção de realidade iminente em suas obras.

    Eis os que li: O Dia do Chacal, O Dossiê Odessa, O Manipulador, o Negociador, O Punho de Deus, O Quarto Protocolo, Sem Perdão, Ícone e Cães de Guerra. Este último é o meu preferido. O Dia do Chacal achei excelente, embora conheça pessoas que o classificam como leitura chata, O Punho de Deus e Ícone tb são muito bons, e todos os outros tb o são ... :lol: ... Sem contar que vários já foram pra telona...

    Ótima lembrança Breno... valeu!

    bjs da angel ;)
     
  3. imported_Roger

    imported_Roger Usuário

    Tambem e um dos meus preferidos!
    Tambem ja ouvi criticas ao Dia do Chacal, embora nao consiga entender, e um livro otimo.
     
  4. Marcileia

    Marcileia Usuário

    O Dia do Chacal é maravilhoso!
    Daquelas histórias que é impossível largar. Personagem forte, apesar de estar fazendo algo contra a lei a gente torce para ver até onde vai conseguir colocar seu plano em prática.
    Assisti o filme também, muito bom.
     
  5. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    Só li Sem Perdão, uma coletânea de contos do autor. Lembro que todos os contos eram ótimos, mas um especial me fez sentir como o personagem principal, o título é O Imperador. Conta a história de um pescador que quer fisgar um marlim que é conhecido pelos moradores da ilha (acho que é) onde ele está pelo alcunha de O Imperador. Não tem nenhuma reviravolta ou grande desfecho, mas a descrição da batalha do homem com o peixe é muito envolvente, você soa, puxa e sofre com ele. Vale a pena ler o livro só por esse conto.
     
  6. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Eu estou relendo esse livro (até porque ele é bem rápido) e é justamente nesse conto que estou. O mais legal é que ele constroi toda uma cena de suspense já esperada por ser parte da obra dele, quando não tem nada de mais para ser contato.
     
  7. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    Bá Breno, posta depois ai o que tu achou do conto, pode ser? Gostaria muito de saber a opinião de mais alguém sobre ele.
     
  8. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Eu estou relendo, então posso te falar agora:

    É um conto legal justamente pelo o que você falou, não tem nada de mais nele além da descrição, que sempre foi o forte do Forsyth. Mas a construção de uma cena de suspense dentro do conto é perfeita. A todo o momento você acha que vai haver algo grande, porque é um texto de muitas páginas. E no final é tudo tão simples...

    ... ver o Murgatroyd mandando tudo para o inferno, incluso sua mulher, não é algo inesperado, porém foi uma opção esquecida, porque a todo o momento você espera uma morte cinematográfica.

    Também acho que O Imperador estar logo depois do conto Não a Cobras na Irlanda uma mega sacada da editoração
     
  9. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    Putz, que legal que você também curtiu o conto, Breno. Li ele voltando da universidade, dentro do ônibus, com aquelas luzinhas terríveis, mas lembro que viajei longe, junto com o Murgatroyd, sofrendo como ele, ansioso como ele e estarrecido como ele estava ao final do conto. Muito bom!
     
  10. Breno C.

    Breno C. Usuário

    E se você for notar ele fica no meio de conto triste e de conto engraçado. A edição dessa livro foi perfeita.
     
  11. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    Não tinha atentado para isso ainda Breno, mas obrigado pela dica, realmente faz sentido. Cães de Guerra é bom? Vi ontem na biblioteca da universidade e fiquei com vontade de emprestar para dar uma olhada.
     
  12. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Eu não lembro de ter lido esse. =(
    Pior que li os livros dele muito novo e tals, então tem muita coisa que tem de ser relida. Estou começando esse processo agora, se você quiser podemos dar um jeito de começar o livro juntos.
     
  13. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    Gostaria muito, de verdade cara, mas é que estou no meu último ano de faculdade, então meu tempo para leituras é destinado praticamente para leituras acadêmicas, elaboração de aulas para estágio e monografia.
    Se estabelecermos um prazo relativamente longo, pode ser que eu termine alguma coisa dele, mas não posso prometer nada. O que achas?
     
  14. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Por mim fica até melhor, porque eu teria que achar o livro em algum lugar e depois terminar de ler esses dois que estou lendo. Mas vamos fazer assim: quando eu encontrar o Cães de Guerra, te aviso e marcamos uma data para começar, mas tudo em tom de brincadeira mesmo.
     
  15. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    [align=justify]Ótimo então, fico esperando você avisar e depois criamos um tópico no Fórum de Literatura Estrangeira, que ainda não tem nenhum sobre a obra Cães de Guerra. Fique tranquilo, vamos ler e discutir só de farra, em tom de brincadeira, senão daqui a pouco vão achar que estamos criando um Clube de Leitura dissidente, hehehe.[/align]
     
  16. Breno C.

    Breno C. Usuário

    O que não seria algo ofensivo, porque é mais ou menos o cada tópico de um livro aqui no meio representa.

    Já dei uma olhada e pedi para o cara do sebo dar uma olhada por ai e ver se pode trocar comigo ou fazer por um preço camarada.
     
  17. Pladeira

    Pladeira Usuário

    Terminei o Dossiê Odessa faz pouco tempo. Achei o Dia do Chacal melhor, porque, sim, entendo as críticas que o pessoal faz de que as personagens são planas e tal, mas eu queria um livro com mais ação apra relaxar, e achei que o Dossiê demorou para engatar (mas depois ficou bem legal).

    Vocês que são fãs, tiveram a mesma impressão?
     
  18. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    Dossiê Odessa fala sobre o que exatamente?
     
  19. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Mas os livros do Forsyth não são bem de ação. São livros de espionagem que contam mais a parte burocrática da coisa.
     
  20. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    [align=justify]Breno, tu já leu Protocolo Quatro, ou algo assim? Tem um cara dum sebo expondo na universidade e vi esse título, se tu me disser que é bom e se não for caro, posso até comprar...[/align]
     

Compartilhar