1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Frank Zappa

Tópico em 'Música' iniciado por Raphael_Dias, 27 Jul 2012.

  1. Raphael_Dias

    Raphael_Dias Usuário

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Eu não sei se já deu para notar, mas a imagem que eu uso nesse fórum para representar minha pessoa não é Jesus e sim, Frank Zappa, que pra mim é um equivalente. Mas quem é este cidadão? - você me pergunta. Ora, simplesmente um dos melhores músicos que esse insignificante ponto azul chamado Terra já produziu e um dos, se não o meu favorito.
    Começando sua carreira no meio da década de 60 e no início do movimento "flower power", se tornou rapidamente um dos mais influentes e bizarros músicos de seu tempo. Com sua banda de apoio, Mothers of Invention (inicialmente, Motherfuckers, expressão usada na época para indicar um músico muito bom, o que não faltava na banda, mas com esse nome não seria possível conseguir um contrato), fazia um som que misturava rock, jazz, blues, doo-wop, com letras extremamente críticas quanto a política, e sociedade em geral, do seu tempo.

    Com o passar dos anos foi mudando seu estilo, passando por quase todos os gêneros musicais, do erudito a polka. Sempre crítico e politicamente engajado, principalmente durante a década de 80. Participando de debates contra a censura, que havia se agravado nos EUA naquela época, por culpa do governo Reagan e de uma certa "bancada evangélica" que se formou por lá. Foi nesse tempo que a pergunta -"e quanto as crianças?! - começou, assim como os selos que "proibiam" menores de idade de comprar certos álbuns. Ironicamente, para demonstrar a estupidez da censura, um álbum basicamente instrumental do Zappa, foi selado como proibido para menores e chamado de pornografia musical.

    Sua banda sempre contou com músicos geniais, que pudessem acompanhar suas loucuras sonoras, "iniciando" gente como, George Duke, Jean Luc Ponty, Terry Bozzio e Steve Vai. Além de ter acompanhado em suas turnês o grande Captain Beefheart e Tom Waits. Reza a lenda, também, que foi ele quem apresentou o wah wah a Jimi Hendrix. Também é ele o Frank Zappa da música Smoke on the Water do Deep Purple, nesse show ele foi empurrado do palco e, resumindo, se fodeu todo, perdendo parte de sua capacidade vocal. Quanto a discografia, deixarei que quem tiver curiosidade procure sozinho, pois esta é muito extensa, com certeza muito maior do que você está pensando agora que ela realmente é.

    Dava para escrever um texto gigantesco sobre a vida e obra desse cara, mas eu sempre achei melhor deixar o interessado fazer sua própria pesquisa ao invés de tentar convencê-lo. Além disso estou com preguiça de dar continuidade a isso e quero encerrar o quanto antes. Então aqui seguem alguns vídeos para demonstrar mais claramente sobre o que eu estou falando, porque este texto, com certeza, não serviu pra porra nenhuma. É muito importante para total compreensão das músicas dele que se entenda inglês ou que se tenha junto a letra da música. Para que ouvinte sinta a experiência por completo, sem perder detalhes, então considere isso uma sugestão antes de ouvir as músicas abaixo.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 5 Out 2013
  2. Raphael_Dias

    Raphael_Dias Usuário

    Última edição por um moderador: 5 Out 2013
  3. Raphael_Dias

    Raphael_Dias Usuário

    Última edição por um moderador: 5 Out 2013
  4. Raphael_Dias

    Raphael_Dias Usuário

    Última edição por um moderador: 5 Out 2013
  5. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    O músico e compositor norte-americano Frank Zappa durante show em Estocolmo, na Suécia, em setembro de 1974 Imagem: AFP

    "O Bizarro Mundo de Frank Zappa." É com esse nome que será lançada a turnê que contará com o holograma de um dos músicos mais excêntricos do rock como atração principal. A imagem de Zappa vai viajar por Estados Unidos e Europa, recriando a partir de abril um pouco do que foi a carreira do norte-americano, morto em 1993.

    A mesma empresa que criou o holograma de Ronnie James Dio, que deve ter uma turnê mundial em 2019, foi a responsável por montar o show de Zappa. A iniciativa tem apoio de Ahmet, filho de Zappa, e contará com velhos conhecidos no palco: Ray White, Mike Keneally, Scott Thunes, Robert Martin e Joe ?Vaultmeister? Travers estão confirmados.

    Ahmet afirma que hologramas eram um tema do gosto do pai. ?Nós falávamos sobre holografia e 3D, eram conceitos que ele gostava muito. Ele na verdade separou metade de um capítulo de seu livro ?The Real Frank Zappa Book? para este assunto. [Essa turnê] é uma carta de amor e uma celebração para o gênio artista que foi Frank Zappa. Me sinto encerrando algo que meu pai começou anos atrás.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Imagem: Divulgação

    Os ingressos começam a ser vendidos nesta sexta. A turnê começa no estado de Nova York, nos EUA, em 19 de abril, e continua por mais de duas dezenas de apresentações, incluindo Reino Unido, Bélgica e Espanha.

    Além da turnê, Zappa será celebrado com o lançamento de uma edição de 40 anos de aniversário de ?Zappa in New York?, álbum duplo marcante em sua carreira. O box terá mais de 3 horas de material ao vivo inédito e estará disponível a partir de 29 de março.
     

Compartilhar