1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

“Fractal” de Marcela Godoy e Eduardo Ferigato

Tópico em 'Quadrinhos' iniciado por Meia Palavra, 4 Jun 2010.

  1. Meia Palavra

    Meia Palavra Usuário

    Apesar de ser um leitor de quadrinhos preocupado com a relação da qualidade com a quantidade do que é produzido, posso afirmar que estou cada vez mais feliz por ver a adesão que as HQs estão tendo dentro do nosso país. Antes o mercado era meio restrito a grupos de autores e leitores com vícios autoafirmativos que, no contexto geral, ajudavam a criar estereótipos, excluindo quem estivesse fora do lugar comum. O leitor já esperava uma obra que tivesse uma carga “cultural” impregnada de clichês sobre a real condição do Brasil ou do seu povo. Ou seja, muitos deixavam de comprar HQs nacionais, porque tinham uma ideia do que estaria escrito e quais pontos seriam abordados constatando a falta de originalidade...

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  2. imported_Wilson

    imported_Wilson Please understand...

    Engraçado que eu li essa hq (partes dela) dia desses. Engraçado notar que eu ainda tinha certos preconceitos com trabalho nacionais de hq quando eles não são autorais, mas a história me agradou, e os traços não devem em nada a qualquer hq policial/noir.
     
  3. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Pois é, começo a pensar se nesse caso não seria mais uma questão de conceito, porque o fato é que muitos trabalhos nacionais dentro do mundo dos quarinhos eram repletos de clichês sufocantes aos leitores já acostumados com o produto estrangeiro.

    Gostei muito de Fractal e foi ainda mais legal escrever sobre ela. Espero poder fazer mais resenhas sobre os quadrinhos nacinal.

    Só acho que escrevi de mais dessa vez. =P
     

Compartilhar