1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Formas de escrita

Tópico em 'Westeros' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 20 Nov 2014.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Quais formas de escrita eram usadas em Westeros? Há alguma indicação de quais alfabetos eram usados? Algumas vezes citam runas, mas essa era uma forma corrente de escrita ou só uma escrita arcaica, tradicional, religiosa?
     
  2. Frost_Omega

    Frost_Omega The Watcher

    Nos livros (já li faz algum tempo, espero q a memoria não falhe), não encontrei nenhuma menção a isso. Algumas passagens entre os meisters, eles comentam de escritas antigas, e outras linguas (sobretudo Valyrian), mas nenhuma menção a alfabetos ou runas especificas.

    Se eu precisasse chutar, eu diria que deve seguir o estilo Star Wars (filmes, não universo expandido), quase todo mundo fala Basic ("inglês"), e um ou outro grupo, alem do Basic, fala suas próprias linguás (que pouco aparecem no livro).

    Mas se é pra numerar as diferente linguás que aparecem, eu consigo lembrar de:

    - A dos 7 Reinos
    - Dothraki (essa eu sei q fizeram efetivamente uma linguá pra serie da HBO, com dicionario, gramatica, the works...)
    - Valariano
    - A lingua antiga das cidades escravas, Ghiscari (Meereen, Yunkai e Astapor).

    e acho q estou esquecendo de alguma...
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  3. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Boa idéia. Penso que se eu fosse procurar esse tema uma forma de começar a procurar seria estudar a origem e etimologia dos nomes que aparecem nos textos como de pessoas, lugares, etc... Alguns autores costumam pensar durante longo tempo e detidamente sobre eles. Existe até autor que nem sequer começa uma história antes de bolar um "nome" perfeito. E por causa disso quanto maior o número de nomes numa história maior a necessidade de criar coerência e maior a urgência para estruturar um idioma. Possivelmente foi o que ocorreu com os anões em Tolkien (foram criadas poucas palavras para que o autor pensasse em um idioma).
     

Compartilhar