1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Final Fantasy XI: A Revolução!!!

Tópico em 'Jogos Eletrônicos' iniciado por Kyo, 16 Mai 2002.

Situação do Tópico:
Fechado para novas mensagens.
  1. Kyo

    Kyo Big bad wolf

    P.S: Se quiser trancar esse tópico, Ungoliant, pode trancar (tá, eu sei que já existe um destinado a Final Fantasy, mas acho que FF XI devia ter tópico próprio).

    "Tudo começa com uma única pedra, ou pelo menos assim diz a lenda. Eras passadas, o Sábio Cristal enorme e belo, baniu toda a escuridão. Suas luzes multicoloridas encheram o mundo de vida e trouxeram à tona quatro poderosos deuses. Banhados naquela luz, o mundo embarcou em uma era de felicidade. Até que os deuses caíram em sono profundo. Este mundo era chamado Vana´diel.

    No 863º ano da era do Cristal, Vana´diel estava à beira de uma grande guerra. Tendo de encarar a invasão do Senhor das Sombras e suas hordas de feras, os líderes das pessoas iluminadas uniram suas forças em uma última aliança desesperada, formada pelo reino de San D´oria, a república de Bastok, a federação de Windurst e o grão-ducado de Juno. Juntos ele lutaram pela sobrevivência batalha após batalha enquanto o caos engolia suas terras."

    É dessa forma que se inicia o 11º episódio da saga de RPGs mais consagrada da história dos games. Talvez Final Fantasy XI seja o capítulo que mais inove na tradição do clássico criado por Hironobu Sakaguchi por um único motivo: esta será a primeira fantasia final a se passar inteiramente On-line, como um Massive Multiplayer On-line Role Playing Game (MMORPG).

    Igual mas com estilo?

    Com as crescente moda de RPGs on-line, era apenas uma questão de tempo até que Final Fantasy pegasse uma carona nas ondas da rede. Mas não caia na besteira de presumir que se trata apenas de mais um game como tantos outros. Aqui não tem esta história de colocar uma penca de jogadores em um servidor de internet para se matar, ou cumprir diversas missões. E também não tem dessas de acumular armas tão poderosas com golpes que nem os próprios monstros do planeta fictício são capazes de suportar. Aqui a coisa é feita pela Square, conhecida por suas inovações com o próprio Final Fantasy.

    Os toques da softhouse já são sentidos logo nos primeiros momentos de jogo. À sua disposição estão quatro raças iniciais: os humanos, balanceados e multi-uso; os elfos, com aptidão mágica natural; os Galkas, grandes seres corpulentos e com pequenas cabeças de gato; as Mithras, mulheres gato, ágeis e astutas; e os Tarutaru, pequeninos seres que parecem crianças élficas de narizes pintados. Escolhida a raça e o sexo, você é levado a fazer parte de uma das três grandes regiões de Vana´diel: Bastok, San D´oria e Windurst.

    E não pense que você verá centenas de personagens iguais se degladiando. Expandindo ainda mais o sistema de classes existente em Phantasy Star On-line (o pioneiro dos games de RPG Online em consoles caseiros), as profissões surgidas em FFV e consagradas em FF Tactics voltam. Ao todo são seis Jobs iniciais: Fighter, Thief, Monks, White, Black e Red mages. Mas não estão excluídas classes clássicas, como Samurais, Ninjas, Knights, Summoners ou Engineers!

    O sistema de magia regride às suas verdadeiras origens, em FF, e os magos devem comprar pergaminhos contendo suas magias em lojas e adquirir as exigências especificadas para executá-las com sucesso. Por outro lado, à medida que encantamentos e mesmo técnicas com armas vão sendo usadas, novas habilidades surgem, indicando a especialização em certos caminhos.``

    Crescei e comunicai-vos

    Claro que num RPG On-line desse porte não poderia faltar formas de se comunicar com as outras pessoas em rede. E menos ainda poderia estar ausente o toque Squareano de fazer tudo. Além das opções de Chat em tempo real, com a possibilidade de gritar, falar em reservado e outras, você ainda tem a opção de fazer com que seu personagem gesticule. Isso mesmo, o jogo aceita comandos como "Clap", "Laught" e tantos outros, fazendo com que seu personagem realize as ações desejadas.

    Mas, como tudo na vida, há um preço a ser pago por isso. A versão PS2 necessitará, além do Modem de banda larga exclusivo, de um Kit com o HD móvel próprio do console, para que as informações on-line sejam armazenadas e processadas com maior agilidade. E não pense que os usuários de PC estão livres das exigências: o game necessita de uma placa de vídeo com o Hardware T&L, que processa automaticamente as transformações e luzes dos polígonos, permitindo que o resto do sistema se encarregue apenas das demais funções.

    E não é só aí que o bolso vai pesar. Nos dois primeiros meses após o lançamento do título a utilização do servidor será gratuita. A partir daí, será cobrada uma taxa de manutenção mensal de 500 ienes, cerca de 4 dólares ao mês, que deve ser paga on-line com um cartão de crédito internacional. Por esse mesmo motivo a Square já prepara seus cartões de crédito (Visa e Mastercard) personalizados que, além de acumularem pontos com compras on-line para serem trocados por cards e outros brindes, ainda permite que a taxa de utilização seja debitada da anuidade do cartão.

    Quando

    O lançamento da versão japonesa - que muito provavelmente trará suporte para textos em inglês, tal qual foi Phantasy Star On-line ­ está marcado para 27 de Abril, juntamente com o sistema de modem banda larga do Sony Playstation 2. A versão PC chega em meados de maio. A versão norte-americana de ambas, com os serviços e elementos próprios, estão previstos ainda para esse primeiro semestre.

    Assim, se você tiver um importador de confiança e uma boa grana para desembolsar com isso tudo, além de um cartão de crédito internacional, então até julho já pode estar com as mãos nesse game que já nasce clássico.

    (texto retirado de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    )



    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Thico

    Thico The Passenger

    KRA!!!
    VaI Acontecer a pior coisa do mundo!!!!!
    o personagem vão ter voz!!!!!!
    isso eh horrivel!!!
    Achava tão maravilhoso imaginar a voz dos kras, isso td irá acabar!!!
    NAAAAAAAAAAAUM!!!!![/list]
     
Situação do Tópico:
Fechado para novas mensagens.

Compartilhar