1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Final Fantasy X-2

Tópico em 'Jogos Eletrônicos' iniciado por Locke, 26 Abr 2003.

  1. Locke

    Locke Usuário

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Final Fantasy teve tantos sucessores desde sua primeira estréia nos anos 80, que fica difícil saber por onde começar um preview, ainda mais quando se sabe que não se trata de um simples RPG, mas um dos mais reconhecidos da categoria. Foi por isso mesmo que pensei, não existe outra maneira de analisar Final Fantasy X-2, sem nem mesmo ter tido contato direto com seu esplendor, diante vídeos e reportagens, relatos e mais noticias desde o lançamento oficial na terra do sol nascente.

    Nos últimos dois dias meu mais novo entretenimento foi uma copia da versão FFX-2, logo de inicio pude me surpreender com o game, ao contrario do que muitos acreditavam, este game talvez simbolize bem mais do que somente um caça-níquel da empresa para fins econômicos, e não vou negar que cenários, musicas, e characters design tenham sido reaproveitados em mais de 50%, como também não vou negar que isto para muitos seja motivo para colocá-lo de lado sem dar uma chance. Porem vou logo avisando, não espere comparar FFX e FFX-2, ambos podem ser versões apartes, mas ainda assim contam com os mesmo diagnósticos gráficos e ambientações, porem adaptados e expandidos de forma com que os dois ganhem exclusividades, em seus sistemas, trilhas sonoras, e diversos outros detalhes.

    É importante comentar a respeito do enredo, um dos elos principais entre FFX e FFX-2. A historia se passa dois anos após a destruição de Sin, e a partida de Tidus, tendo como personagem principal Yuna, completamente diferente, de uma jovem e ingênua summoner, a uma habilidosa e divertida aventureira, vestida com roupas sexy, e armada com um par de pistolas Al Bhed. Yuna junto de Rikku (sua prima), e Paine (uma nova personagem), buscam esferas ao redor do mundo, como Sphere Hunters, e acabam descobrindo novos mistérios e perigos em Spira, mesmo após a destruição de Sin.

    Sistema
    Sobre o sistema, não temos mais Sphere Grid, como de costume na maioria dos FF, o level volta a dominar o potencial dos personagens, quanto mais alto seu level maior sua pontuação nos status, e vice versa. Para os jogadores mais novatos em RPG vai ser uma maravilha, porque não terá mais aquela necessidade de projetar seus personagens diante uma infinidade de nodes que variavam de acordo com os caminhos escolhidos.

    Mas nem tudo será moleza, o level apenas melhora seu status, pq o que realmente os determina em FFX-2, são os Dresses. Nada mais nada menos que esferas que equipadas ao personagem por meio do menu, ou do sistema de batalha (pressionando L1), permitem que os personagens troquem de roupas, mudando assim suas habilidades e status. Difícil? Nem tanto. Por exemplo, se você equipar um personagem com um Thief Dress (ladrão), seu personagem terá mais agilidade, e nas batalhas os comandos serão relacionados a um Thief, dando ao personagem uma nova arma (no caso um par de laminas), e novo estilo de combate com habilidades exclusivas, que lhe permitirão roubar itens, dentre outros. Mas se optar por um White Magic Dress, vai poder usar magias brancas como Cure, só que o HP do personagem será bem mais baixo, e assim por diante. Esse mesmo esquema serve para todos os Dresses.

    Bom, continuando. Todos os Dresses podem ser equipados nas personagens, com um único detalhe, para se ganhar novas Abilities e outros recursos intencionados a serem utilizados em batalhas, será necessário o ganho de AP (Abilities Point), tendo determinado Dress equipado em cada personagem. Abilitiess podem ser vistas e selecionadas para o aprendizado no menu, mas exigem um determinado numero de AP, ganhos em batalhas. E vale a pena lembrar, que cada personagem tem suas Abilities ganhas individualmente, o que significa que caso Yuna tenha completado por inteiro seu Shooter Dress, não quer dizer que suas companheiras também tenham.

    Para facilitar, tente se lembrar de FFIX, aonde as armas vinham com Abilities, que acumulavam AP conforme eram usadas, é mais ou menos parecido em FFX-2, com uma diferença, as Abilities ficam na Dress, obrigando você estar sempre alterando entre Dresses.

    Batalhas
    Como as de FFX, mas um pouco mais dinâmicas. Os personagens têm seus turnos medidos por uma barra, que quando completa, esta mesma torna seu menu de batalha acessível; chega então o momento de selecionar os comandos do personagem, pois esta é sua vez de atacar (seu turno). Se por alguma razão, o jogador enrolar demais para prosseguir no ataque, seus rivais poderão tomar liberdade de atacar uma segunda vez, causando mais danos aos heróis.

    Gráficos e Sons
    Os mesmos de FFX, mas algumas mudanças no estilo, notem, por exemplo, o rosto dos personagens e o sistema de batalha, estão diferentes. Fica a critério de cada um, tirar suas próprias conclusões.

    Agora vamos revisar alguns itens importantes a serem ditos, mesmo que talvez você já saiba, pois os mesmo servem pra FFX. Bom, se você for um bom observador, deve ter reparado que existem três graus de imagens: As das cenas especiais em CG, as das cenas comuns mais vistas em diálogos, e as jogáveis usada no sistema de batalha e exploração de dungeons (as duas ultimas afetam apenas o characters design). Mas tenho certeza que já sabiam.

    Quando você insere o disco e aguarda a leitura do próprio, se depara com uma tela mostrando as heroínas, o logotipo de FFX-2, e um simples ato de pressionar o botão “circle” te leva para uma incrível e fantástica cena em CG (mas acho que todos já esperavam por isso não é mesmo?). Desde este ponto você vê uma evolução na serie, um show com Pop Dance exclusivo (gostou?), e pensa consigo mesmo “obrigado Square, era exatamente como estava esperando, se tratando de uma segunda parte para FFX”.

    Comentários
    Se as cenas em CG são pesadas impedindo a inclusão de muitas, e você tem sede pelo total aproveitamento gráfico (ou quase), do seu Plastation 2, deve ter ficado satisfeito com FFX, afinal nele estavam presentes dezenas delas.

    Embora FFX-2 tenha muitas menos cenas em CG, os characters design durantes as cenas, diálogos, confusões e divertidas situações do nosso trio YuRiPa (um nome dado ao grupo das três lindas heroínas.
     

Compartilhar