1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

AD&D Fichas Terra Média - Sauron

Tópico em 'D&D e d20' iniciado por Thor, 4 Fev 2014.

  1. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Sauron, The Dark Lord of Mordor
    Fonte: O Senhor dos Anéis / O Silmarillion

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Raça: Maia
    Classe: Necromante Lv.12 / Clérigo Lv.11
    Tendência: Lawful Evil
    • Força: 20
    • Destreza: 10
    • Constituição: 25
    • Inteligência: 21
    • Sabedoria: 18
    • Carisma: 21
    Resistência à Magia: 70%
    Resistência ao Fogo: 50%
    Fear Aurea (like Dragon Fear)

    -----------------------

    Mairon / Gorthaur the Cruel / Sauron
    Fonte: O Silmarillion / Contos Inacabados

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Raça: Maia
    Classe: Necromante Lv.7 / Clérigo Lv.7
    Tendência: Lawful Evil
    • Força: 10
    • Destreza: 10
    • Constituição: 12
    • Inteligência: 21
    • Sabedoria: 18
    • Carisma: 21
     
    Última edição: 18 Abr 2014
  2. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Estou postando essa ficha nesse momento a pedido do Ragnaros.

    Sinceramente, eu ainda não tenho um idéia concreta sobre como seria a ficha desse personagem... Com certeza esses valores iniciais são muito influenciados pela minha visão do personagem relativo aos filmes... Acho que vocês podem ajudar em muito a lapidar essa ficha.
     
  3. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Só uma dúvida para quem não entende patavina de RPG, mas como se determina a tendência de uma personagem, por exemplo Sauron, o que faz ele ser Lawful Evil e não Chaotic Evil?
     
  4. Grimnir

    Grimnir Usuário

    O carisma de Sauron é uma questão meio misteriosa. Quando ele ainda era Annatar, com certeza o carisma era o máximo possível. Só que depois da Queda de Númenor e da Batalha da Última Aliança, acho que o carisma deve ter diminuído muito. É verdade que ele lidera grandes exércitos - mas sua liderança se dá pelo medo ou pelo carisma?
     
  5. Thor

    Thor ἀλήθεια

    A tendência do personagem é basicamente a sua moral e atitudes éticas perante os outros, a sociedade, o bem, o mal, e praticamente qualquer outra força do universo em geral. A tendência é uma forma de classificar a índole, para entender, de forma bem genérica, como o personagem iria lidar diante de dilemas morais... Mas a tendência é só um indicador, e não uma definição exata.

    Entenda o alinhamento como dois diferentes conflitos: Ordem vs Caos; Bem vs Mal.

    Ordem vs Caos: Personagens ordeiros argumentam que a lei, organização e sociedade são importantes e vitais para as forças do universo.
    Personagens caóticos acreditam que não há uma norma predeterminada, ou não acreditam no equilíbrio do universo. Acreditam na força do indivíduo sobre o seu próprio destino, são rebeldes.

    No caso, eu coloquei o Sauron como Lawful Evil, porque ele continuou a espalhar cultos a Morgoth, mesmo depois que o Melkor já havia sido derrotado. Tipo... Com certeza ele não é Caótico. Fiquei na dúvida entre Neutral Evil ou Lawful Evil, mas essa coisa de ele continuar a cultuar Morgoth, me fez parecer que ele sempre continuou leal ao Melkor.

    É... pensando bem, acho que o carisma dele deveria ser mais mesmo. Acho que a reputação dele pode ter caído, mas o Carisma não.
     
    Última edição: 4 Fev 2014
    • Gostei! Gostei! x 2
  6. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Não consigo lembrar de nenhum chaotic evil em OSdA.
     
  7. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Bem é altamente especulativo, mas penso que o mestre do jogo antes iria colocar um monte de restrições de uso nas habilidades dos pontos máximos de um personagem decisivo como Sauron ou Gandalf. Já que dificilmente o jogo começaria pelo ponto de vista de um personagem num nível tão alto em uma aventura, ele assumiria um papel central que tende a ser mais administrativo (igual gerenciar os recursos de Starcraft). Sauron enviaria ondas de inimigos ao máximo antes que conseguissem se aproximar dele a fim de poder se dedicar a um plano mais poderoso e mais urgente (o Um Anel)

    Nos rpgs de Snes o personagem de nível alto pode entrar em uma batalha, mas apenas lutaria em uma função específica e apenas temporariamente ficando afastado e ligado ao sistema central do jogo na maior parte das batalhas (ou às regras do mestre até que os momentos decisivos do jogo cheguem).

    Algo que eu procuraria considerar seria colocar os homens e anões com os pontos mais baixos, os elfos com pontos de baixo a intermediários e quem fosse Maia teria restrições de poder e de corpo que os deixassem com níveis parecidos aos de um elfo pra não desequilibrar.

    Semelhantemente, Sauron da terceira era, deveria na média assumir um corpo com status físico não mais forte que alguém como Elrond, mas que devesse ter que lutar para destrancar (destravar) a maioria dos talentos e habilidades de mágica encerrados na memória depois de cada nova perda do corpo, pra poder ter coerência com a longa recuperação que ele vinha experimentando.

    Quer dizer, no começo do jogo (um corpo material novo) Sauron seria mais fraco a ponto de alguém como Thranduil poder vencê-lo na espada mas em compensação ele seria quase impossível de ser rastreado a ponto de dar algum combate direto.

    Então o diferencial em relação a uma ficha de elfo seriam essas áreas de poder a serem destrancadas da memória dele, como se fosse um "dark awekening" em que ele não se lembraria totalmente da encarnação passada. Dependendo da situação, o choque da perda de memória (junto do corpo) poderiam fazer parecê-lo desde o início como um simples elfo egoísta (tipo o Eol) mas com o passar do tempo ele lembraria rapidamente e o perigo aumentaria enormemente já que seu potencial é de Maia.
     
  8. Ranza

    Ranza Macaco

    @Grimnir Seja pelo medo ou pela palavra, ambos contam como carisma, um personagem com este atributo em níveis altos pode ganhar admiração de outros apenas com sua presença. Como ele lidera vários e vários exércitos e os mortos tem um certo fascínio com ele, ele tem um carisma bem alto.

    @Éomer Só para completar o que o Thor disse, o Sauron ele planeja tudo o que ele faz, ele tem um objetivo e uma forma de agir, isso é características de um personagem ordeiro. Personagens caóticos vivem um dia de cada vez, é claro que também fazem planos, mas não como os de Sauron, os planos são mais simples e diretos.

    @Grimnir Um chaotic/evil é o Smaug em o Hobbit, ele não segue a ninguém e nem lidera, ele vive por sí só e faz o que der na telha, se alguém tenta entrar em seu caminho ele passa por cima. Típico ser egoísta.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • Ótimo Ótimo x 1
  9. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Adicionei a ficha do Sauron, em seus tempos de um "mero" Maiar.

    Coloquei ele mais ou menos no mesmo patamar do Gandalf e do Saruman.
    Os atributos mentais são os mesmos... Mas, após forjar o anel, ele ganha 3 níveis de experiência e se torna algo próximo do Melkor, e por isso fica mais forte fisicamente. Além disso, ele fica praticamente imortal (Constituição 25).
     
  10. Ragnaros.

    Ragnaros. Usuário

    O Sauron da 3ª Era poderia se enquadrar (na minha opinião) à uma postura de Chaotic Evil. Não obstante à postura "fiel" que o mesmo possuíra na 2ª Era, quando introduzira o culto à Melkor em Númenor. O Sauron da 3ª Era, bem mais Niilista do que antes, assumiu/fingiu ser o Melkor revivido aos servos e cultistas:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Se levarmos em conta a possível capacidade regenerativa advinda do elemento Morgoth disseminado em Eä, o Sauron do SDA seria mais poderoso do que sua "versão" da 1ª e 2ª eras, conforme explanado por Ilmarinem neste post:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    No que tange à Constituição na ficha, acredito que os Maiar imbuídos do Fogo negro possuíam uma forte resistência à uma série de danos e obstáculos. Já tinha até levado em conta tal assertiva na combinação de Fäna e E.M no Balrog e, principalmente, Sauron:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Lembrar que os Tetos da Câmara do Túmulo de Balin caem no Balrog e o mesmo "ignora" tal dano, sem contar com a queda em velocidade terminal com Gandalf no abismo de Mória. Essa resistência não é exclusiva do Balrog, haja vista Sauron ter realizado um feito até ignorado por muitos fãs e que, por incrível que pareça, O prólogo da Sociedade retrata (quase) canonicamente:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Como bem explanado por Neoghoster, o Sauron da 3ª Era agia muito mais como um Jogador de Warcraft/Starcraft, num verdadeiro papel administrativo. Como? Vê-se um deveras aumento em sua capacidade telepática no que tange aos seus exércitos (lembrar do Osenwa quenta, o texto tá na Valinor). Acredito que alguns poderes seriam convertíveis aos elementos de RPG:

    - Fury Aurea; - Fear Aurea

    - Unholy Aurea - Poison fume/air;

    - Controlar/intervir no clima (Weather Control);

    - Controle do Orodruin (Volcano control) - Epic level;

    - Atrair Minions (massive mind control), à nível de exércitos/legiões inteiras;

    - Dispel Magic (absolute control in his domains);

    - Summoning Balrog (psionic power);

    - Criação de Pragas:

    - Tempestade Elétrica:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    - Divine speech (voz da corrupção):

    - Earth (matter corruption) control:

    - Mantle of Darkness:

    - Alchemestry (genetic knowlodge): Isso se dá pela resistência dos Olog-Hai a luz do Sol. Lembar que tais criaturas surgiram com a melhora introduzida pela genética de Sauron. Bem como pelos Uruk-hais:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    - Novilíngua (não, você leu certo, é Novilíngua a lá 1984):
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


     
    Última edição: 5 Fev 2014
    • Ótimo Ótimo x 3
  11. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Excelente o post, Ragnaros!

    Já coloquei um Magic Resistance de 75% na versão do Sauron que possui o Um Anel. Todas essas habilidades mágicas eu ainda pretendo colocar na ficha, mas preciso avaliar cada uma para ver qual seria o equivalente na lista de magias da 2ª edição. Mas vou colocar uma lista de "Magias que sabemos que ele tem", e não como uma lista definitiva. Provavelmente ele tem muito mais magias... Na mesma linha, futuramente também vou colocar Pontos de Perícia para cada personagem.

    Eu também já mudei o alinhamento do Sauron na 3ª era para Chaotic Evil, conforme o que você apresentou no início do post.
     
    Última edição: 5 Fev 2014
  12. Ranza

    Ranza Macaco

    @Ragnaros. Interessante seu argumento, mas você disse que ele teria que ser chaotic por não seguir mais a Melkor? Porque o espirito Lawful não é somente para os liderados e sim para os líderes.

    O SRD do d20 coloca assim

    Chaotic Evil, "Destroyer"
    A chaotic evil character does whatever his greed, hatred, and lust for destruction drive him to do. He is hot-tempered, vicious, arbitrarily violent, and unpredictable. If he is simply out for whatever he can get, he is ruthless and brutal. If he is committed to the spread of evil and chaos, he is even worse. Thankfully, his plans are haphazard, and any groups he joins or forms are poorly organized. Typically, chaotic evil people can be made to work together only by force, and their leader lasts only as long as he can thwart attempts to topple or assassinate him.

    Chaotic evil is sometimes called "demonic" because demons are the epitome of chaotic evil.

    Chaotic evil is the most dangerous
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    because it represents the destruction not only of beauty and life but also of the order on which beauty and life depend.

    Essa descrição se encaixa bem melhor nos Orcs do que no Sauron, e ainda sim tem muitos orcs que são fiéis ao olho.

    Agora olha esse.

    Lawful Evil, "Dominator"
    A lawful evil villain methodically takes what he wants within the limits of his code of conduct without regard for whom it hurts. He cares about tradition, loyalty, and order but not about freedom, dignity, or life. He plays by the rules but without mercy or compassion. He is comfortable in a hierarchy and would like to rule, but is willing to serve. He condemns others not according to their actions but according to race, religion, homeland, or social rank. He is loath to break laws or promises.

    This reluctance comes partly from his nature and partly because he depends on order to protect himself from those who oppose him on moral grounds. Some lawful evil villains have particular taboos, such as not killing in cold blood (but having underlings do it) or not letting children come to harm (if it can be helped). They imagine that these compunctions put them above unprincipled villains.

    Some lawful evil people and creatures commit themselves to evil with a zeal like that of a crusader committed to good. Beyond being willing to hurt others for their own ends, they take pleasure in spreading evil as an end unto itself. They may also see doing evil as part of a duty to an evil deity or master.

    Lawful evil is sometimes called "diabolical," because
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    are the epitome of lawful evil.

    Lawful evil is the most dangerous
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    because it represents methodical, intentional, and frequently successful evil.

    Colocando em exemplos, um Chaotic Evil clássico é o Coringa, ele literalmente ferra todo mundo para fazer o que ele deseja o que não é uma coisa bem concreta. Além de tudo ele tem vários grupos trabalhando para eles, e nenhum tem uma organização definida. Já o Lawful Evil entram os Beholders que são uma sociedade escravocrata, que visa um certo domínio de uma área, normalmente tem exercito de outras raças trabalhando para eles com um estrutura hierárquica.

    Pra mim o Sauron entra mais no Lawful, mas se não considerar seus exércitos em termos de hierarquia e organização, ele pode ser um Neutral Evil.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  13. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Gostei bastante dos argumentos do Ranza, mas vou esperar uma resposta do Ragnaros, para ver o que ele pensa a respeito do alinhamento do Sauron na 3ª era.


    E, só para deixar claro uma coisa em relação à Constituição, esse 25 não diz respeito à resistência ao fogo ou nada do tipo. Isso seria uma habilidade específica, assim como "Resistência à Magia". Qualquer valor de 20 para cima significa Regeneração. 25 é o máximo em atributos, inclusive para deuses. Portanto, eu quero dizer com isso que o Sauron regenera 1 ponto de vida a cada 10 minutos (Ele deve ter, aproximadamente, 115 PVs totais). Ou seja, em menos do que 24 horas ele regenera 144 Pontos de Vida. Se ele for ferido, e for deixado a um estado próximo à morte, no dia seguinte ele estaria totalmente recuperado, ao menos fisicamente. Vocês acham que isso faz sentido?
     
    Última edição: 5 Fev 2014
  14. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Minha teoria é que para efeito de construção de personagem fica livre para se usar a criatividade mas sempre vale ficarmos conscientes de que em tempo real, um Sauron iniciante(pós derrota) se fosse de acordo com o livro iria demorar mais de 24h para recuperar de um estado a beira da morte. Se não me engano depois de perder o corpo Sauron demora pelo menos 100 anos para voltar a se agitar (ser detectável que é o mínimo de segurança para ele desafiar alguém). (depois da guerra da Ira ele espera a morte de Elros e mais algumas décadas que são mais de 500 anos). É como acontece nisso aqui:

    Penso que se for pelo livro em qualquer sistema, o acesso ao poder e segurança plena de Sauron incluindo o de recuperação (para ataque e defesa plena) nos livros estaria limitado pela história do personagem no mundo (sistema central de jogo ou mestre) de um jeito parecido ao que ocorre quando postaram recentemente sobre o jogo de tabuleiro de SdA aqui no fórum. No jogo ele só teria acesso ao pleno poder de recuperação se começasse já equipado com anel e tivesse reunido de volta o poder a memória que fora disperso desde a derrota anterior (Gandalf também sente um pouco a perda de memória quando cai com o Balrog). Seria como no jogo de tabuleiro, as áreas máximas de poderes e pontos de magia, habilidade teriam que esperar turnos de tempo e "testes" específicos propostos ao longo da aventura para serem liberadas da restrição do mestre.

    Tudo isso se formos pelo livro porque ele estaria limitado pelo mesmo que ocorria com Melkor que era estar cada vez menos disposto a ir diretamente para o combate a não ser que o deixassem sem outras opções. Entre outras razões porque se alguém como Gandalf pegasse primeiro de forma egoísta o Um anel para si seria a derrota dele (0s assuntos urgentes o impediam de sair para enfrentar diretamente os inimigos).

    Mas se for obra criativa para um jogo de fãs, com um Sauron derivado e não fiel a obra original, podemos fantasiar outras opções, até um duelo com Denethor logo no primeiro capítulo )é só fazer um teste para pousar um nazgul à noite na torre branca e ele descer pra lutar (seria tipo um King of Fighters na Terra média XD). Ou seja depende também do objetivo e do desejo de quem estiver criando o jogo.
     
    Última edição: 5 Fev 2014
  15. Ranza

    Ranza Macaco

  16. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Bem... A idéia da ficha é só representar da forma mais realista o possível mesmo. Nem é muito um personagem para ser utilizado por um jogador em um hipotético jogo não - embora nada a impeça. Mas, se em algum momento for haver um combate contra o Sauron, a ficha está ali pronta. Monstros e inimigos também precisam ter fichas, hehe.

    Mas, então, com esse "Sauron, The Dark Lord of Mordor", eu tô considerando ele com o Um Anel mesmo. Seria o Sauron que foi enfrentado por Gil-Galad e Elendil mesmo. Sem o anel, imagino que essa forma nem possa ser refeita novamente, né? Quer dizer, ele precisa do Um Anel para se materializar neste mundo. Sem ele, ele consegue apenas surgir como manifestações inferiores.

    A questão é:

    Em Posse do Um Anel, ele teria uma regeneração física? Você disse que ele demorou para se recuperar após ser derrotado. Neste caso ele teria sido "morto", e demoraria tempo para encarnar novamente, não é? Você ainda disse sobre se recuperar de outras coisas, que, se entendi bem, seria uma recuperação mais metafísica... Neste caso não teria relação com regeneração.

    Então, na sua opinião, se ele receber uma ferida de espada, por exemplo, o corpo dele regeneraria como se fosse o Wolverine, ou seria outro fenômeno, que não o biológico?
    Se não houver este tipo de regeneração, e ele se recuperar como um homem, elfo, anão ou até mesmo outros maiar, como o Gandalf, então o valor da Constituição dele teria que ser 19 ou menos. Caso haja este tipo de regeneração anormal, então seria de 20 a 25.
     
    Última edição: 5 Fev 2014
  17. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Com certeza...

    Outras informações da existência de Sauron que aparecem no livro e podem ser usados de base para inspirar os números:



    Para o caso de Sauron possuindo o anel e continuando a ser derrotável ele se diferencia do Sauron com anel da guerra de Frodo que, nas palavras de Gandalf, se o outro Sauron da época de Frodo conseguisse o Um anel no final da terceira ele seria indestrutível ao ponto de não se vislumbrar o dia no qual ele fosse cair.

    Nessa perspectiva, o Maia de anel na mão do primeiro caso (guerra da aliança) possui uma ficha com a possibilidade de ser derrotada por seres das terras mortais, sendo ideal para uma aventura, enquanto um Sauron com anel do futuro alcança um nível que consegue acessar a jóia a distância e teria que ser desafiado diretamente pelos Poderes ou por Eru se o anel demorasse para ser destruído. Nesse âmbito, Sauron fora adquirindo ao longo do tempo maestria nas artes malignas do anel, dos elementos do mundo e dos próprios talentos.

    Naquele ponto da guerra, Elendil e Gilgalad devem ter enfrentado alguém biologicamente fortalecido para guerra (igual Sauron fez na Primeira Era ao se transformar em um grande lobo ou morcego), quase igual ao Wolverine mesmo (Sauron podia perder no esqueleto e compensar com outros talentos mágicos).

    Considerando os seres espiritualizados da terra média (até humanos), para um Maia ou elfo a regeneração do corpo dependia também da recuperação do espírito para agir e comandar a matéria (a tristeza de um elfo significava perda do controle do corpo com conseqüente abandono da casa). De modo que um pouco antes de deixar de ser invisível havia uma emanação da vontade do espírito do Ainu sobre os elementos da matéria com a manifestação da alma acorrentando-se e afunilando-se num corpo. Por exemplo, em alguns jogos durante a fase final precisamos derrotar primeiro a forma física do feiticeiro e depois viria a segunda batalha contra a forma espiritual com uma ficha diferente (mais forte que a anterior) que em Tolkien não aparece porque pra conseguir manifestar no mundo material tem que ter corpo físico ou então possuir domínio do mundo espiritual equivalente ao de alguns dos Poderes do Mundo.

    No processo de acorrentamento algumas habilidades seriam perdidas temporariamente enquanto outras ficariam perdidas definitivamente (como a habilidade de viajar por toda parte). A sincronia perfeita entre espírito e corpo ocorreria quando as duas fichas (espírito e corpo) ficassem com Status iguais (ou quase iguais) quando o corpo evoluísse ou fosse habitado por tempo bastante para acompanhar com perfeição a vontade do espírito.

    Se fosse em um Sauron jogável com corpo de Annatar começaria com uma magia de cura tipo élfica igual a cura de uma perna quebrada em 2 ou 3 dias e evoluiria para níveis mais altos a medida que a memória e o poder lhe fossem crescendo ou fossem devolvidas (destravados). Em outras palavras, na qualidade de Ainu (um dos senhores do mundo), Sauron podia acelerar a cura biológica com uso de magia (poder sub-criativo) porque era de sua natureza realizar tarefas mais difíceis como reconstruir um corpo a partir do zero (que era mais difícil que curar um corpo). Entretanto o livro dá indicações de que construir um corpo do zero era muito extenuante até para quem usava poder sub criativo e teria novamente que ensinar e moldar o organismo tudo o que o espírito já sabia\podia fazer. Além de que o perfil de Sauron mostrava um tipo ofensivo com algum foco na cura do próprio corpo (daí um motivo dele demorar um bocado de anos no livro pra se recuperar, porque ele era mais ofensivo que defensivo).

    O que significa que ele tinha histórico e potencial pra curar mas devia usar só o básico em horas de emergência (para comparação, imagino que Lúthien tivesse a magia de cura mais desenvolvida que Sauron). Tipo uma regeneração menos rápida que lembre o Wolverine somado ao poder de magia de cura élfica com alguns lampejos de brilhantismo (mas que poderia alcançar nível alto, de maia, em algumas ocasiões específicas). Igual em alguns jogos quando o monstro pode ativar magia de auto cura quando a barra de HP cai abaixo de um certo nível. No caso de Sauron e Melkor eles tinham costume de guardar recursos secretos apelativos de última hora, dragões para Melkor ou no caso de Sauron um golpe que matou Elendil e Gil Galad ao mesmo tempo.

    Voltando a pergunta... Para ferimentos fatais, o Sauron da época de Frodo restaurava a forma física (a ponto de influir no mundo) usando o poder do anel à distância (sem tê-lo consigo), mas ele era um Sauron que vinha crescendo, diferente do Sauron de Elendil. Se ele estivesse com o anel no dedo ele poderia voltar dos mortos rapidamente igual ocorreu com Gandalf contra o Balrog (precisando apenas de tempo para habitar de novo a forma).

    Todavia o Sauron da época de Elendil estava aprendendo sobre o anel e os ferimentos feitos pelos guerreiros conseguem matá-lo mesmo estando com o anel no dedo. O que pode ser um sinal de que a magia de proteção e recuperação do anel estava lenta o bastante para ser comparada a de um elfo comum (em relação ao poder de cura). Penso que qualquer ferimento em órgão crítico (coração, pulmão, cérebro, espinha) cairia no caso de Gandalf e ele poderia voltar no mesmo corpo após alguns dias se ficasse com o anel naquele dedo. Para danos não críticos a regeneração funcionaria como a dos caso anteriores (magia élfica comum e ocasionalmente direito a um boost de cura um pouquinho maior que o de um grande elfo tipo Elrond).
     
    Última edição: 6 Fev 2014
    • Gostei! Gostei! x 1
  18. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Eu não sei se o que vou falar tem muita diferença, mas existe um debate
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . Certamente estamos falando de uma forma física inferior, mas ainda assim uma manifestação no plano físico.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  19. Thor

    Thor ἀλήθεια

    É uma discussão muito complicada mesmo isso de se ele já teria corpo ou não... Mas pelo menos nesse tópico postado pelo Grimnir, ficou claro para mim que o Sauron teria dificuldades para recriar o próprio corpo, e nada é dito sobre dificuldade para se curar.

    Recriar um corpo inexistente e/ou dar vida a um corpo morto são processos muito mais complicados do que simplesmente curar um corpo que ainda está vivo. Até mesmo pelas regras de D&D são processos bem diferentes. Por isso, acho que faz sentido manter a Constituição 25. Claro, essa Constituição é só a regeneração automática do organismo dele, enquanto estiver de posse do anel, independente da vontade dele. Além dessa regeneração, ele ainda ainda pode usar magias de cura (que, em AD&D, curiosamente são magias divinas da escola de Necromancia, porque não são em nada naturais), se assim desejar.

    E tem outra coisa. Aquele Sauron "The Dark Lord of Mordor", a primeira ficha no tópico, é o que enfrentou Gil-Galad e Elendil. Aquela encarnação é bem mais relevante para se fazer uma ficha de RPG, porque de fato ele lutou ali. Aquela é a forma mais conhecida do Sauron, independente de ser a mais forte ou a mais fraca que ele potencialmente poderia alcançar.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  20. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Também acho. É possível até pensar em outras fichas para aventuras alternativas: Sauron em Barad-dûr sem o Um Anel ou então um universo alternativa no qual Sauron tenha conseguido recuperar o Um Anel.
     
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar