1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Exército permanente?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Fingon, 20 Ago 2005.

  1. Fingon

    Fingon Usuário

    Pode parecer uma pergunta bem idiota, mas, em tempos de paz, cidades grandes de homens (como Minas Tirith, ou Rohan) conservavam exércitos permanentes? Como uma precaução, assim...
    Se não, como suspeito, como os homens já apareciam lutando como veteranos de guerra e parecendo treinados em todas as artes da espada? Isso que eu estranho.

    Valew galera rssrrs
     
  2. Fëaldar

    Fëaldar Campeão do Clã do Lobo

    Acho que tinha sim guerreiros profissionais (um exercito), mas que eles eram poucos e em tempos de guerra todos os homens eram convocados. Aí cabia a cada um se virar pra treinar as artes da guerra.
     
  3. Lady Ellwen

    Lady Ellwen Estelion Maia...

    Nao acho q deveria ter muita gente nos tempos de paz... num maximo umas 100 pessoas para as necessidades basicas
     
  4. Styx

    Styx Banned

    Fora também que as crianças cresciam aprendendo a lutar. Acredito que tinha sim um exército embora pequeno, nos tempos de paz, como uma polícia.
     
  5. Shantideva

    Shantideva Adoro elfos ruivos!

    100? Acho que não, eles provavelmente tinham bem mais, acho que um número entre 1000 e 5000. Minas Tirith não era tão pequena assim, além de ter outros povoados ao redor.
     
  6. Alialath

    Alialath Peter Griffin

    Eu acho que saber lutar era também como uma questão social importante. Um homem jovem e forte que não soubesse manusear uma espada, lança ou arco não deveria ser muito bem vista pela sociedade. Era mais como um coisa de honra, por isso muitos já sabiam lutar
     
  7. bombadil

    bombadil FATHERLESS

    Alialath está certo. No passado (real) existiam as classes de servos, guerreiros, nobres, comerciantes (burgueses), escravos, estrangeiros. Num mundo ainda cheio de perigos, lugares ermos, acontecimentos inexplicáveis... e, caramba, uma montanha de centenas de kilômetros de extensão por perto sabidamente recheada de criaturas maléficas... na minha opinião sempre haveria um exército permanente para a DEFESA do reino.
     
  8. Aldamar

    Aldamar Creating a shining future...

    Sim, Gondor vivia sob constante ameaça, vivendo tão perto de Mordor, eles deveriam manter uns 500 - 600 homens em postos avançados, mantinham uma forte guarda em Osgiliath e ainda deveriam ter uma milícia muito bem treinada protegendo Minas Tirith.
     
  9. Fingon

    Fingon Usuário

    Muito obrigado pelas opniões galera! mas além disso, eu gostaria de saber se há alguma REFERÊNCIA em algum livro, sobre o assunto.
     
  10. Ramalokion

    Ramalokion Mecha-de-Folha

    Fingon

    Você pode ver em o Retorno do Rei as informações em As Duas Torres e O Retorno do Rei: Rohan tinha seus cavaleiros SEMPRE patrulhando suas terras (lembra que Mordor tentou negociar alguns cavalos e após não conseguirem começaram a roubar); já Gondor nunca teve uma Paz real. Na época da Guerra do Anel eram comuns as escaramuças em Osgiliath (que tinha caido nessa época), portanto seria lógico imaginar um exército treinado em tempo integral (além de camponeses que sabiam usar armas em momentos de maior perigo; que lembro era o que estava ocorrendo!)
     
  11. Aversani

    Aversani Usuário

    Acho que uma grande parte do povo (homens) sabiam pelo menos manejar uma espada, naquela época isso poderia até ser considerado como um "esporte" ou algo essencial na formação de um homem, até porquê existiam orcs espalhados pela TM e seria perigoso fazer qualquer tipo de viajem ou até mesmo morar um pouco mais distante de uma das cidades.
     
  12. Aldamar

    Aldamar Creating a shining future...

    Gondor tinha uma cultura bélica. Acho que um homem (ou governante) que não soubesse brandir uma espada não era considerado tão masculino.
     
  13. Larissa

    Larissa Usuário

    Estou lendo o "Contos Inacabados" e na descrição da chegada de Tuor a Gondolin diz que à cada portão existia um enorme contingente de soldados (arqueiros, cavaleiros, etc...).
    Tudo bem que eram tempos de guerra, mas se tratando de cidades assim acho que as guardas estavam sempre prontas. Claro que não tão alertas quanto em tempos de guerra, mas preparadas para uma eventual batalha.
     
  14. Lordpas

    Lordpas Le Pastie de la Bourgeoisie

    Umm, no próprio Retorno do Rei, senão me falhe a memória, Gondor é descrita como essencialmente militar.

    Ou seria um comentário do PJ nos extras do DVD? :think:
     
  15. bombadil

    bombadil FATHERLESS

    Entendes agora por que existiam pessoas CONTRA AS FILMAGENS?
    ehehehhee
     
  16. Aversani

    Aversani Usuário

    huauhauh certeza... muita gente confunde os filmes com os livros.
     

Compartilhar