1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[Exercício] A técnica na prática =)

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Haleth, 28 Nov 2010.

  1. Haleth

    Haleth Call me Bolga #CdLXI

    Sério, to morrendo de timidez de criar esse tópico. Mas, bem, já que to na chuva, é pra me encharcar. :cool:

    O Eragon,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , escreveu:

    Então, que tal a gente pôr a técnica em prática e debater junto os "nós" q surgem nos nossos textos? Se eu estiver empolgada demais (ok, eu sei q estou), sejam delicados ao me chamar de volta à Terra, ok? Mas, se alguém quiser pegar carona na empolgação, a porta de casa é a serventia da rua =P

    Queria propor um exercício que mais parece um jogo, rs. É sobre estilos de escrita. Se colar, a gente faz mais. A teoria é a seguinte:

    Fonte:http://www.ciberduvidas.pt/pergunta.php?id=14409
    Vamos, então, jogar usando (ou eliminando) recursos/figuras de estilo, reescrevendo as seguintes frases/trechos:

    1. Tinha uma pedra no meio do caminho.

    2. Jordão levantou a almofada; pesava extraordinariamente. Saíram com ela, e sobre a mesa da sala Jordão cortou a fronha e a capa. As penas superiores voaram, e a empregada deu um grito de horror com a boca inteiramente aberta, levando as mãos crispadas às bandós. Sobre o fundo, entre as penas, mexendo devagar os pés aveludados, havia um animal monstruoso, uma bola viva e viscosa. Estava tão inchada que quase não se lhe via a boca.

    3. Certa manhã, a sangue-frio, enrolei um laço em seu pescoço e enforquei-o com as lágrimas jorrando-me dos olhos e com o mais amargo remorso no coração.

    Pra quem quiser,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    para enriquecer o exercício. Vamos?
    #prontopostei
     
  2. Zzeugma

    Zzeugma Usuário

    Manu,

    Vou ser sincero: não entendi o que é pra fazer. Tem como dar um exemplo..?
     
  3. Haleth

    Haleth Call me Bolga #CdLXI

    Então, Zzeugma, acho que não ficou muito claro mesmo, rs...

    A frase original é: Tinha uma pedra no meio do caminho.

    Aí vc reescreve a frase, podendo usar ou não os recursos estilísticos. Por exemplo, pode-se fazer assim:
    Uma pedra. Bem no meio do caminho. Viu como a redação não mudou o sentido, mas mudou a percepção?
    Outro: Tem pedra e tem caminho e tem pedra no meio do caminho.
    Mais um: Tinha, no meio do caminho, uma pedra.
    Agora, vou usar um recurso estilístico chamado apóstrofe:
    Tu, pedra que estavas no meio do caminho...

    Deu pra entender agora? O quê da coisa é fazer com que as frases tenham diferentes "impactos" na leitura. Coloquei link pra recursos estilísticos só como apoio, porque eles ajudam a ampliar suas alternativas de expressão textual.

    É como se fosse um teatro. Um sorriso, um olho arregalado, a entonação e o volume da voz conduzem as percepções e sensações do expectador. No texto, é a forma como a frase é estruturada. Essa é a ideia. ;)

    Ficou melhor agora?
     
  4. gangrel7

    gangrel7 Usuário

    Vou tentar:

    Ei pedra, porque está no meio do caminho?

    Fiz certo? :mrpurple:
     
  5. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    alguém me disse que eu estava no meio do caminho. é duro!
     
  6. kika_FIL

    kika_FIL Usuário

    Tinha, tipo assim, uma pedra BEM no meio do meu caminho, cara...
     
  7. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    Havia (no espaço amostral em vigência) um pedregulho de balxita (formado no Pré-Cambriano) barrando a trajetória retilínea uniforme que o observador (desprezadas as forças de atrito do ar bem como os intempéries de natureza não referencial) realizava naquele fatídico ciclo celeste.

    Pedra parada parando prováveis passos.
    [size=x-small]Considere passo significando passagem estreita e difícil.[/size]

    Pobre pedra perdida num alfobre de medra dividida.

    Pedra precedida de sãos sapatos do peristiarca peristáltico.

    A beleza cinde deveras especialmente formas guarnecidas [de] horrendas irradiações jocosas. Logo, meticulosamente noto opticamente [a] pedra que ri, sabendo [ela (opcional)] tapar uma vereda xeromórfica ziguezagueada.
    [size=x-small]As letras entre parênteses são reforços para que o sentido do texto não fique maquinado.[/size]

    É

    que
    esta
    pedra
    safada
    alvitra,
    narrando
    impróbios
    viandantes,
    passageiros,
    escorrendo-se.

    Ó pedra: se me amas / então deixa-me andar / pela via de famas / que tu anda a bloquear...
    [size=x-small]Hexassílabo ABAB[/size]

    És pedaço pobre, és tu, ínfima, és sim / Pois observo teu escudo último em mim.
    [size=x-small]Tentei criar um hexâmetro datílico... Alguém que manja disso pode checar pra mim?[/size]
     
  8. Haleth

    Haleth Call me Bolga #CdLXI

    Se falseio
    O sentimento
    Se perpetra

    Sem floreio
    O tormento
    Me penetra.

    Em meu seio
    Tem assento
    Uma pedra.

    ---
    Nossa, que bacana o que vcs escreveram! Adorei! Vamos mais, vamos mais! =)
    Mavericco, babei em ti.
     
  9. Brontops

    Brontops Usuário

    ...cam[size=xx-large]PEDRA[/size]nho...
     
  10. Haleth

    Haleth Call me Bolga #CdLXI

    Na carona da ideia...

    [align=center][size=xx-large]C
    A
    M
    I
    [/size]
    [size=xx-small]pedra[/size] [size=xx-large]
    N
    H
    O[/size]
    [/align]
     
  11. imported_Wilson

    imported_Wilson Please understand...

    A pedra, reconhecendo-se no caminho, teimou: aqui fico!
     
  12. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    anástrofe

    1. Pedra no meio do caminho tinha uma.

    2. A almofada Jordão levantou; extraordinariamente pesava. Com ela saíram, e a fronha e a capa cortou Jordão a mesa da sala sobre. Voaram as penas superiores, e um horror de grito a empregada deu com a aberta inteiramente boca, levando às bandós as crispadas mãos. O fundo sobre, as penas entre, os pés devagar mexendo aveludados, monstruoso um animal havia, uma viscosa bola viva. Tão estava inchada quase que não a boca se lhe via.

    3. Manhã certa, a sangue-frio, em seu pescoço um laço enrolei e com as lágrimas enforquei-o dos olhos jorrando-me e no remorso com o coração mais amargo.


    mestre yoda falando parecendo ficou, :timido:
     
  13. Lu Eire

    Lu Eire Usuário

    Meu inchaço matou a minha boca aos olhos dos outros.
     
  14. Rahmati

    Rahmati Grub grub grub uáááááá

    Segui. Olhei. Parei.
    Merda.
    Voltei. Parei. Olhei de novo.
    Merda de pedra.
    Sentei. Calculei. Xinguei. Voltei
    Desisti.
    Mas a merda da pedra não.
     

Compartilhar