1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Evolução do uso do VAR nos campeonatos

Tópico em 'Esportes' iniciado por Fúria da cidade, 8 Abr 2019.

  1. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    O recurso tecnológico do árbitro de vídeo se apresentou de maneira decisiva no último fim de semana. Em Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, o VAR serviu para corrigir erros, salvar os árbitros e, de certa forma, mudar a história dos três campeonatos estaduais em que foi utilizado.

    No
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , o
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    acabou beneficiado pela tecnologia, que evitou a confirmação de um gol irregular do
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . Um dia depois, o
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    viu a partida contra o Boa Esporte parar três vezes.

    No Rio, logo nos primeiros 15min do
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    -
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , a arbitragem consultou o vídeo duas vezes.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e Bangu também contou com a intervenção do recurso. No
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , tanto
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    quanto
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    acabaram frustrados pelo VAR.

    Campeonato Carioca
    Flamengo x Fluminense (sábado)

    Logo aos 8min de partida, o volante flamenguista Willian Arão subiu de cabeça para inaugurar o placar no Maracanã. Porém, após consultar o vídeo, a arbitragem apontou falta do zagueiro Léo Duarte no goleiro Rodolfo, instantes antes de o meio-campista acertar a finalização e estufar as redes do Maracanã.

    Praticamente um minuto depois, a arbitragem novamente parou o jogo para analisar uma falta cometida por Gilberto, que levou apenas o cartão amarelo e permaneceu em campo para, posteriormente, anotar 1 a 0 para o Flu.

    O gol obrigou o Flamengo a se abrir para buscar o empate e a classificação para a final -
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Vasco x Bangu (domingo)

    O time da Colina acabou beneficiado pelo árbitro de vídeo. Já com a vantagem de jogar pelo empate em virtude da campanha superior ao Bangu, o Vasco teve um pênalti concedido pela arbitragem, que não havia visto um puxão de camisa dentro da área.

    Confirmada a infração pelo vídeo, Bruno César converteu a finalização, abriu o placar e encaminhou a ida cruz-maltina para a final (
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ).

    Campeonato Mineiro
    Cruzeiro x América-MG (sábado)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Léo (esq) abriu o placar instantes depois de a arbitragem anular gol do América-MG Imagem: Thomás Santos/Agif
    O Cruzeiro passou de forma tranquila para a final do Mineiro, muito graças ao VAR. A arbitragem anulou um gol de Felipe Azevedo ainda na primeira etapa, depois de quase 5min de conversa e debate. O próprio jogador americano elogiou a tecnologia e admitiu a falta confirmada após o uso do recurso.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    O gol do América-MG naquele momento mudaria o confronto. A resposta quase imediata do zagueiro facilitou um duelo que tomaria ares de dramaticidade com o gol irregular do América, que perdeu por 3 a 2 na ida e dependia do resultado positivo para seguir na competição.

    Atlético-MG x Boa Esporte (domingo)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Luan "ironizou" o VAR: só o segundo gol acabou confirmado pela arbitragem após consulta no vídeo Imagem: Marcelo Alvarenga/Agif
    Ninguém usou tanto o VAR quanto Anderson Daronco ontem (07), no Mineirão.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , o árbitro visitou a cabine do VAR, todas envolvendo lances ofensivos do Atlético-MG. No início do jogo, Luan teve um gol anulado por impedimento. Instantes depois, o próprio camisa 27 do clube alvinegro se viu novamente na mira do recurso.

    No entanto, após minutos de consulta, Daronco e a equipe de arbitragem confirmaram o "segundo" gol de Luan no duelo, concluindo que não houve desvio de Ricardo Oliveira, que colocaria o "Menino Maluquinho" em impedimento. O VAR também serviu para confirmar o gol de Vinicius,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Campeonato Paulista
    Palmeiras x São Paulo (domingo)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , em pleno Allianz Parque, e avançou à final do Campeonato Paulista, depois de passar por duas vezes no teste do árbitro de vídeo. No primeiro momento, o time comandado por Cuca se viu frustrado com a confirmação do impedimento de Liziero, que havia superado Fernando Prass e aberto o placar.

    A paciência são-paulina, entretanto, passou por uma prova ainda maior por volta dos 32min da segunda etapa. Após jogada de Diogo Barbosa, Deyverson dominou dentro da área e abriu o placar para o Palmeiras. O camisa 16 comemorou, o estádio explodiu e o torcedor tricolor pela TV se frustrou.

    Contudo, minutos depois, o VAR interrompeu toda a festa para o gol que encaminharia o Palmeiras na final. O sistema flagrou impedimento do palmeirense e fez a arbitragem não dar o gol. O placar permaneceu zerado,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    A tecnologia definitivamente veio pra ficar.
     
  2. Ranza

    Ranza Macaco

    Todos os lances que pude conferir, o VAR acertou e e foi essencial.
    Povo fica reclamando do tempo que leva e discute quando se deve usar, vai bastar 1 erro pra cair de pau nele.
     
  3. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Cada vez mais considero imprescindível, até porque já estou bastante habituado do quanto o recurso de vídeo é bom em outras modalidades esportivas onde o recurso de vídeo pra decidir um lance duvidoso já é utilizado há mais tempo.
     
  4. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

  5. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

  6. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Muito menos badalada que a sua homônima europeia, a Champions League africana também realizou sua final de 2019.
    Um dia antes de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , Espérance, da Tunísia, e Wydad Casablanca, de Marrocos, entraram em campo em Radès, cidade tunisiana, para definir o campeão da África. O jogo de ida, no dia 24 de maio, em Rabat, tinha terminado 1 a 1.

    No duelo decisivo, o Espérance, que defendia o título e jogava empurrado por sua torcida, marcou logo aos 4 minutos do primeiro tempo com o argelino Belaïli.Não conseguiu, entretanto, ampliar, e o Wydad, que ganhara a Champions em 2017, empatou aos 14 minutos do segundo tempo com El Karti, de cabeça.

    Só que o gol foi anulado, com marcação de impedimento pela arbitragem. Lance duvidoso? Sim. Deveria ser um problema? Não.
    Por quê? Porque existe o
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , que deve, com o uso de recursos tecnológicos, mostrar-se infalível em lances não interpretativos, como é o caso do impedimento.

    Os jogadores do Wydad esperaram então que o árbitro Bakari Gassama, de Gâmbia, fosse avisado pelo VAR a respeito da posição de El Karti.
    Porém isso não aconteceu, e iniciou-se uma confusão, com Gassama conversando com os atletas do Wydad, tentando explicar o inexplicável: o VAR não estava operante.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    O árbitro Bakari Gassama conversa com jogadores do Wydad, avisando-os de que o VAR não estava funcional para a decisão da Liga dos Campeões africana (Fethi Belaid – 31.mai.2019/AFP)
    Algum defeito impediu o equipamento de funcionar. Ou seja: deveria ter o VAR, mas não teve o VAR. Em uma final de Liga dos Campeões, mesmo sendo na África, continente menos favorecido economicamente, é inaceitável que isso aconteça. Tomando conhecimento da situação, o Wydad decidiu não jogar mais.

    Não adiantou nem a ida ao campo do presidente da Confederação Africana de Futebol (CAF), o madagascarense Ahmad Ahmad, para tentar fazer jogadores e comissão técnica mudarem de ideia. Passada mais de uma hora de paralisação, Gassama deu a partida por encerrada, e a CAF proclamou o Espérance campeão. A decisão do clube marroquino de desistir da partida, por indignação, foi correta?

    Não. Recusando-se a jogar, a derrota era certa, por desistência, conforme estabelecia o regulamento da Champions africana.
    Mesmo com a impossibilidade de revisão do lance do impedimento pelo VAR, o Wydad deveria continuar jogando, pois poderia ter chance de fazer outro(s) gols(s). Sem jogar, a chance inexistiu.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Em tempo 1: Replay do lance mostra que El Karti estava claramente em posição legal no lance do gol anulado pela arbitragem. Se o VAR estivesse ativo, certamente haveria a validação do gol do Wydad.
    Em tempo 2: Esse foi o quarto título do Espérance na Liga dos Campeões da África, cuja primeira final foi realizada em 1965. O clube mais vezes campeão é o Al Ahly, do Egito (oito). Outro egípcio, o Zamalek, ganhou cinco vezes, assim como o Mazembe, do Congo.
     
    • LOL LOL x 1
  7. fcm

    fcm Usuário

    ontem o VAR funcionou bem por aqui. Felizmente!
     
  8. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    O primeiro ano de VAR no mundo inteiro não dá pra cobrar perfeição total, mas a tendência é melhorar.
     

Compartilhar