1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

"Eu e outras poesias" (Augusto dos Anjos)

Tópico em 'Literatura Brasileira' iniciado por Ephemera, 22 Ago 2004.

  1. Ephemera

    Ephemera Usuário

    Coletânea de poesias de Augusto dos Anjos, Paraibano de 28 anos. Publicado em 1912, causa de imediato um confuso movimento de admiração e repulsa que continua pelas decadas seguintes. Dominam em sua obra uma ansia de conhecimento do mundo, de penetracao filosofica da realidade, elementos biológicos e quimicos fazem parte da sua obra assim como vocábulos apoéticos, um dos motivos da repulsa pelo seu estilo. Segue uma poesia de "Eu"

    "Versos intimos"
    Vês! Ninguém assistiu ao formidável
    Enterro de tua última quimera.
    Somente a Ingratidão - esta pantera -
    Foi tua companheira inseparável!

    Acostuma-te à lama que te espera!
    O Homem, que, nesta terra miserável,
    Mora, entre feras, sente inevitável
    Necessidade de também ser fera.

    Toma um fósforo. Acende teu cigarro!
    O beijo, amigo, é a véspera do escarro,
    A mão que afaga é a mesma que apedreja.

    Se a alguém causa inda pena a tua chaga,
    Apedreja essa mão vil que te afaga,
    Escarra nessa boca que te beija!


    Eu particularmente amo as poesias dele, mais não agradam a todos claro. Alguem ja leu e tem uma opinião formada?
     
  2. Lady Undómiel

    Lady Undómiel hã? hein?

    Eu adoro o poema "Versos íntimos" de A. dos Anjos. É um dos meus poemas favoritos da literatura brasileira. Nota-se pela minha assinatura. Vou colocar outro poema q eu conheço dele.

    "Psicologia de Um Vencido"
    Eu, filho do carbono e do amoníaco,
    Monstro de escuridão e rutilância
    Sofro, desde a epigênesis da infãncia
    A influência má dos signos do zodíaco

    Profundissimamente hipocondríaco
    Este ambiente me causa repugnância
    Sobe-me à boca uma ânsia análoga à ânsia
    Que se escapa da boca de um cardíaco

    Já o verme - este operário das ruínas -
    Que o sangue podre das carnificinas
    Come, e à vida em geral declara guerra,

    Anda a espreitar meus olhos para roê-los
    E há de deixar apenas os cabelos,
    Na frialdade inorgânica da terra.


    Na minha opnião "Psicologia de Um Vencido" n chega a ser tão bom qto "Versos Íntimos".
     
  3. Ephemera

    Ephemera Usuário

    Realmente nao é tão bom quanto Versos Íntimos mais também é muito legal...
    Vão dicas de poemas dele que nao minha opiniao são os melhores:
    - Budismo Moderno
    - O morcego
    - A idéia
    - Soneto
    - Idealismo
    - Poema negro
    - Queixas noturnas
    - Natureza intima
    - Guerra
    - A mesa

    Esses são os meus favoritos... lembrando que todos eles praticamente podem ser encontrados na internet, mais vale a pena comprar porque a edição de bolso é bem baratinha...
     
  4. Tamuríl Ar-Feinie

    Tamuríl Ar-Feinie Bozo Bozoca nariz de pipoca

    Esse homem é um gênio, depois de Fernando Pessoa é meu poeta preferido... Sádico, pessimista, nojento... Os poemas dele tem uma força e uma musicalidade impressionantes... alguns dizem que ele pertenceu ao simbolismo, mas a maioria afirma que ele não se encaixa em nenhuma escola literária é por isso tão intrigante e fascinante...
    gosto bastante de Monólogo de uma Sombra e Psicologia de um Vencid...
     
  5. Arwen_Tinuviel

    Arwen_Tinuviel Usuário

    Eu detestava Augusto dos Anjos, mas é pq eu não entendia o que ele queria dizer só via a parte grotesca...
    Depois de ser obrigada a ler a analisar o livro Eu, descobri que estava era sendo mediocre e injusta. Ele é fantastico
     
  6. Ingnard_Bullinart

    Ingnard_Bullinart mago verde

    Augusto dos Anjos, é minha inspiração poetica.
    Ele é simplismente magnifico.
    Na minha opnião o seu apice foi "O morcego", é tão profundo e enigmatico, quase sólido.
     
  7. Arwen_Tinuviel

    Arwen_Tinuviel Usuário

    Sabiam que os poemas do "eu" do augusto dos anjos assim como os de "mensagem" de fernando pessoa, na verdade formriam uma unidade maior, como se fossem um macro poema!
    Eu fiquei boba...
     
  8. A Arlequina

    A Arlequina Sumida e inconstante

    Como?Nunca li eles dessa forma.Mas realmente são duas obras que eu já li mais de uma vez.Eu acho ambos geniais!Acabaste de me dar outro motivo p/ ler de novo esses autores!XD
     
  9. Amani

    Amani Usuário

    Gosto muito de Augusto dos Anjos, o seu pessimismo é o que me agrada.

    Postaram os meus dois favoritos: Psicologia de um Vencido e Versos Íntimos. :yep:
     
  10. Aldamar

    Aldamar Creating a shining future...

    Augusto dos Anjos foi bala... embora eu nunca tenha tido muito tempo de analisar seus poemas, eu gosto muito de "Budismo Moderno", show...

    Abraços.
     
  11. Excluído014

    Excluído014 Excluído a pedido

    Bem aqui vai um poema do meu autor preferido..

    Um dos mais fascinantes poemas ja escrito por ele!

    "Um Dia Você Aprende Que... ​


    Depois de um tempo, você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. Você aprende que amar não significa apoiar-se; que companhia nem sempre significa segurança. E começa aprender que beijos não são contratos; que presentes não são promessas. Começa a olhar as derrotas com cabeça erguida e os olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança. Aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos e o futuro costuma desvanecer.
    Depois de um tempo, você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo. Aprende que não importa o quanto você se preocupe, algumas pessoas simplesmente não se preocupam.. Aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela o ferirá de vez em quando e você precisa perdoá-la. Aprende que pode aliviar dores emocionais. Descobre que leva anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la; que você pode fazer coisas num instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias; que o importante não é o que você tem na vida, mas quem você tem; e que bons amigos são uma família que pudemos escolher. Aprende que não temos que mudar os amigos se compreendemos que eles mudam; percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobre que as pessoas mais importantes na sua vida são tiradas de você muito depressa (por isso, devemos sempre dizer palavras doces às pessoas a quem amamos). Aprende que, apesar de as circunstâncias e as pessoas nos influenciarem, nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa aprender que não deve comparar-se aos outros, mas ao melhor que pode ser. Descobre que leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer, e que o tempo é curto. Aprende que não importa onde já chegou, e sim aonde está indo. Aprende que, ou você controla seus atos, ou eles o controlarão; que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade (pois não importa quão delicada e frágil seja a situação, sempre há dois lados). Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática. Vê que algumas vezes, a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajuda a levantar. Aprende que maturidade tem mais a ver com as experiências que teve e o que aprendeu delas do que com quantos anos você viveu. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens (poucas coisas são tão humilhantes, e seria uma tragédia se ela acreditasse). Aprende que quando está com raiva, tem-se o direito de estar com raiva, mas não o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer não significa que não o ame com tudo o que pode (pois existem pessoas que amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso). Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, às vezes tem de perdoar-se a si mesmo. Aprende que com a mesma severidade com que julga você será, em algum momento, condenado. Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára a fim de que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar atrás (portanto, plante seu jardim e decore sua alma, em vez de esperar que alguém lhe traga flores). E você aprende que realmente pode suportar, que realmente é forte e que pode ir muito mais além do que pensava poder. Descobre que realmente a vida tem valor e que você tem, valor diante da vida. (Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que conquistaríamos não fosse o medo de tentar)".​




    (William Shakespeare)
     
  12. La Fée

    La Fée Só mais um

    Já li alguns poemas de Augusto dos Anjos e gostei^^ Acho até que tenho alguns no computador...
    Mas Fernando Pessoa é meu preferido^^
    Vou procurar "Eu" também para dar uma olhada ;)
     
  13. São Rasputin

    São Rasputin Existo. Logo, penso!!!

    Augusto dos Anjos

    Augusto dos Anjos na minha opinião consta Eentre os melhores poetas do mundo, pelo fato de ser inovador, pela desprenteção de ser lido, pois ele escrevia para dar vazão ao seu talento, os versos eram vivos dentro dele, e se rebelavam, eles tinham que sair.
    Esses versos só são o que são porque estão vivos, apesar de muitas vezes falar da morte, da aniquilação. A morte é a maior denunciadora da vida.
    Adorei também o poema que Paladina postou, simplesmente lindo!!!
     

Compartilhar