1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Esse é bom!!

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Anica, 13 Dez 2007.

  1. Anica

    Anica Usuário

    Eu sei que às vezes corremos o risco de parecermos óbvios, mas normalmente um livro parece bom ou ruim já depois de (no máximo) umas 20 páginas. Você pode se surpreender, é claro, isso se vence a má impressão do começo e continua a leitura.

    O que eu queria saber é: o que faz você bater os olhos no começo de um livro e sentir que esse é bom, e vale a pena continuar lendo? :lendo:
     
  2. Ronzi

    Ronzi Oh, Crap!

    Acho que tirando coisas óbvias como conhecer o autor, etc., o timing que o cara tem para contar a história e se é um enredo original.
     
  3. Anica

    Anica Usuário

    Senso de humor para mim também é fundamental. Não estou dizendo "ficar fazendo piadinhas", não é isso. Mas dá para sentir na hora o cara que está se levando a sério demais e com isso soando forçado. Tipo o Matthew Pearl em A Sombra de Allan Poe. Baita idéia bacana, mas o estilo dele é sofrível (para não dizer pior). Li as primeiras páginas e lembrei de Dan Brown.
     
  4. Ronzi

    Ronzi Oh, Crap!

    dan Brown só está "ao nível de" Paulo Coelho.
     
  5. Anica

    Anica Usuário

    Os dois são incomparavelmente ruins, acho. O Dan pelo apelo ao formulaico e excesso de clichês, o Paulo pela cópia descarada de outros autores (além de escrever mal mesmo, hehe).
     
  6. Ronzi

    Ronzi Oh, Crap!

    Esse livro sobre o Paulo Coelho deve ser bom: http://www.editorahorizonte.com.br/MaisProduto.asp?Produto=101
    :lol:
     
  7. Bagrong

    Bagrong RaG

    Eu não sei exatamente o que me faz gostar do livro logo no começo... Na verdade, eu raramente gosto do livro logo no começo. :lol:

    Geralmente as primeiras páginas têm mais a apresentação da história, o comecinho do enredo e são mais chatinhas (apesar de importantes) do que o resto do livro.

    Geralmente eu olho pro estilo do autor, ver se ele escreve bem, se não está muito clichê, etc. Mas eu quase sempre avanço no livro, mesmo que não goste do começo.
     
  8. Ptah

    Ptah Usuário

    Eu não saberia especificar, mas acho que quando leio o começo tenho que sentir as palavras fluindo. Como se contar aquela historia fosse natural, como se estivesse contando ali do meu lado.
     
  9. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    Eu também...:)

    continuo lendo...e que me faz terminar é a CURIOSIDADE, não consigo muitos vezes começar e deixar de lado PRECISO SABER O FINAL...às vezes nem tem ritmo, demoro para terminar de ler :lendo:, mas leio para saber do FINAL hehehehehehe...
    pior quando o fim é ruim, então só por deus mesmo hehehehehehe...:lol:
     
  10. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Eu tenho a pessima idéia de que se não terminar de ler o livro, vou me rasgar em dois, mesmo o livro sendo uma bosta. Então sempre termino o livro. Alguns acabo vendo que são bons...
     
  11. Anica

    Anica Usuário

    Eu leio até o fim por causa da minha teoria de que só se pode falar mal do que você conhece. Mas normalmente o que começa ruim acaba ruim para mim. O que varia é quando um livro é interessante ou não (o que é diferente de ser bom ou ruim). Por exemplo, quando comecei a ler O Nome da Rosa do Umberto Eco, achei maizomeno o comecinho, mas continuei lendo. Aí, eis que a história atraiu minha atenção de tal forma que não conseguia mais parar de ler.
     
  12. Clara

    Clara O^O Usuário Premium

    Quando me parece verossímil, mesmo que seja uma história de fantasia ou ficção científica.
    Por exemplo, se a narrativa me faz acreditar no(s) personagem(ns) e no que acontece com eles.
    E se eu me identifico de alguma maneira com ele(s) melhor ainda, se me faz pensar coisas do tipo: "Eu também faria/diria isso se estivesse no lugar deste personagem".
     
  13. Fernando Giacon

    Fernando Giacon [[[ ÚLTIMO CAPÍTULO ]]]

    Gosto de livros que já no começo temos uma agilidade repleta de detalhes empolgantes, em outras palavras, que te enfia de cabeça logo na história. Não sou muito fã de livros que ficam com enrolação não.
     
  14. Marcileia

    Marcileia Usuário

    O que me faz crer que um livro é bom já no começo é se a história desperta curiosidade. Se o que está escrito te convence e te amarra a querer saber mais.
     
  15. Liv

    Liv Visitante

    Se eu gosto daquele resuminho na contracapa pego o livro e vou até o fim. :-)
     
  16. Mi Müller

    Mi Müller Usuário

    Báh eu tenho essa mania aprisionadora de sempre terminar de ler um livro, mesmo que esteja odiando, é aquele velho clichê: pra criticar tem que conhecer. Poucas vezes um livro que começa ruim surpreende com uma reviravolta e se torna interessante, mas nunca pensei mais profundamente no que me atrai em literatura, mais um item para reflexão :sim:
    estrelinhas coloridas...
     
  17. Ramalokion

    Ramalokion Mecha-de-Folha

    Bom eu acabo dando muita importância ao bom humor, assim como disse a Anica. Lógico que tem histórias e histórias, e o humor vai variar conforme as mesmas...
     
  18. kika_FIL

    kika_FIL Usuário

    Pra mim é fácil. Se for ficção é só eu conseguir me conectar com algum personagem. Se for crônica conta o assunto (gosto particularmente das mais ácidas e bem-humoradas, como Verissimo, Mario Prata e os textos do Quintana no Caderno H), Não ficção tem que ser um assunto que me interessa (quase tudo). O mais difícil de prender minha atenção é poesia.
     
  19. Palazo

    Palazo Mafioso Literário

    Concordo com a teoria da Anica, de que só podemos falar daquilo que conhecemos. O humor é algo que me cativa, principalmente se for um humor inteligente, com certo apelo a ironia. A narrativa também é fundamental. O assunto pode me fazer ir até o fim do livro, mesmo com uma narrativa que não me atraia.
     
  20. imported_Rafaela

    imported_Rafaela Usuário

    Sinceramente? A Capa. Se não gosto da capa dificilmente não gosto do livro ou se gosto da capa acabo comprando o livro. Tb dicas de outras pessoas e as orelhas dos ditos cujos.
     

Compartilhar