1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Espanhola

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Urubu Rei, 21 Fev 2011.

  1. Urubu Rei

    Urubu Rei Visitante

    Nas noites frias
    Me abrigo entre teus seios
    Um ir-e-vir de toureiro
    Noite de amor à castelhana
     
  2. Anica

    Anica Usuário

    olha o que é a mente suja de um ser. eu ainda nem tinha lido o poema e a primeira coisa que me passou na cabeça foi a conotação sexual da palavra espanhola :rofl:
     
  3. Urubu Rei

    Urubu Rei Visitante

    E no fundo eu pensava no aconchego da cama e do peito de uma bela Andaluza. As mulheres estão acabando com o romance. :dente:
     
  4. Vinnie

    Vinnie Usuário


    Tá bom!!.. não mete essa, Urubu. :rofl:
     
  5. Calib

    Calib Visitante

    Faço coro. :rofl:
     
  6. Lana Lane

    Lana Lane Usuário

    Sei. Me conta que eu sou dois reais. :rofl:

    Maaaas...tá muito legal! Mesmo! :sim:
     
  7. Tayana

    Tayana Usuário

    kkkkkkkkkkkk
    realmente foi a primeira coisa que pensei também foi na conotação sexual....

    Urubu, não se faça de inocente com "as mulheres querendo destruir o poema"..kkkkkkkkkkkkkkkk


    Gostei
     
  8. Vinnie

    Vinnie Usuário


    Lendo "Noite na Taverna" do Álvarez de Azevedo, topei com uma descrição da mulher andaluza. Me lembrei desse poema no ato!

    "Andaluzas! Sois mui belas! se o vinho, se as noites de vossa terra, o luar de vossas noites, vossas flores, vossos perfumes são doces, são puros, são embriagadores - vós ainda o sois mais! Oh! por esse eivar a eito de gozos de uma existência fogosa nunca pude esquecer-vos."
     
  9. Excluído044

    Excluído044 Banned

    Foi a primeira poesia que li hoje, por causa do título. :calado:
     

Compartilhar