1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)
  1. Artigos Valinor

    Artigos Valinor Usuário

    FÁBIO forma aportuguesada do latim FABIUS, que era o sobrenome de uma família romana e teve origem em FABA favas. Significa mais espeficamente plantador de favas 
    </P>


    QUENYA
    ERDË = semente (o mais próximo que achei de FAVA)
    -MO = sufixo agental masculino
    </P>
    <P align=center>
    <FONT color=red>FÁBIO = ERDEMO
    </P></FONT>




    Comentário de um membro do Lambendili (Fabio Orffeus): penso que quando Vc. relacionou o nome "Fábio" como um "semeador" (o que semeia, dissemina, põe na terra para germinar) acertou em cheio. “Semeador" inclusive num acepção sacerdotal, religiosa e filosófica.

    Lembro de ter lido num livro de história de Roma, acho que o autor pode ser Berthold Niebuhr ou Guglielmo Ferrero, que os "Fábios" estavam estreitamente ligados / associados à introdução e a celebração dos mistérios órficos de Orfeu) em Roma.

    O Orfismo mantinha concepções bem estranhas em seus rituais / festas como, por exemplo, ligar, religar as almas dos mortos à semeadura e colheita das favas, aos favos de mel, etc....daí uma possível interpretação do sentido de "plantador de favas" para o nome da família patrícia dos Fábios, uma das mais antigas de Roma, cujos membros tradicionalmente integravam (por eleição popular) os colégios sacerdotais como pontífices (condutores espirituais, construtores de pontes entre o mundo material dos vivos e o espiritual dalém-morte...), áugures, arúspices, etc. Fazendo profecias, lendo e adivinhando os presságios, ou seja as manifestações da presença divina no mundo natural...
    </P>
     

Compartilhar