1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

EPISÓDIO III - PÓS ESTRÉIA

Tópico em 'Clube Star Wars' iniciado por Jumpin' Jack Flash, 18 Mai 2005.

  1. Bom, teve isso com os filmes do SdA. acho que pra não congestionar muito o tópico do Ep III é melhor abrir um novo, né ?

    pois então, quem já viu....vá em frente e comente.

    *Não é preciso dizer que aqui vai estar cheio de SPOILERS, né ? :roll:



    PS: se algum moderador achar que é melhor continuar centralizado tudo lá, me desculpe por fazer cagada :mrgreen:
     
  2. Knight

    Knight Rider On The Storm

    Acabei de chegar.

    Kralho.

    Eu to emocionado até agora.

    A luta do Obi-Wan com o Anakin foi linda.

    Nem sei o que dizer a mais, só sei que esse é um filme que emocionará qualquer fã.
     
  3. the lonely bard

    the lonely bard Usuário

    lindo, foda, sem comentarios... naum consigo descrever a minha tristesa com o fim da serie e tb com a beleza do filme... a cena final eu naum ageuntei as lagrimas...
     
  4. Knolex

    Knolex Well-Known Member In Memoriam

    O filme é foda, muito foda. E ao mesmo tempo é bem ruinzinho. Como pode ser isso? Simples. Ele é um filme fraco isoladamente, mas visto como parte da hexalogia, funciona perfeitamente. Digamos que, nesse caso, as referências valem mais do que o filme em si. Não que ele seja uma merda total. Tem várias cenas esparsas que são fodas, entre as melhores da saga (mais pra frente vou especificar melhor), mas são as referências, citações ou imagens rápidas, bobas, que tornam esse filme o melhor, DE LONGE, da nova trilogia.
    Pra começar, o início do filme é demais! Visualmente a maior ousadia que o GL fez nessa trilogia nova, e uma das poucas coisas que realmente exploram positivamente a capacidade da tecnologia atual. O visual é arrebatador e a sequência toda está entre as melhores de ação de toda a saga. Destaque pro R2D2, que chuta bundas como nunca. Uma pena que após isso ele fique meio apagado (O C3PO tb tá mortinho mortinho nesse filme). A partir do encontro entre Dooku e Anakin o tema principal (a queda de Anakin para o Lado Negro vira o foco da trama. Eu particularmente gostei da queda dele. o Alf achou meio rápida demais, mas achei no tempo certo. A cena naquela "ópera", a no gabinete do Palpatine e por final a maravilhosa sequência Mace Windu/Palpatine/Anakin (melhor cena do filme), onde Anakin se rende ao lado negro e se torna Darth Vader, formam pra mim as melhores qualidades isoladas desse filme.
    Quanto as referências, é o que eu disse, funcionam pra quem viu os 5 filmes (em especial a trilogia clássica), e na verdade, esse filme é feito exatamente pra ser visto por essas pessoas. São cenas desnecessárias em alguns casos, mas que, por sabermos das consequências delas no futuro, empolgam... ou simplesmente citações bobas, como a do Obi-Wan sobre o blaster após usar um para matar o Grievous, ou toda a passagem, completamente desncessária, por Kashyyyk (apenas uma justificativa pra mostrar de leve nosso adorado Chewie).
    Gostei bastante das atuações, algo raríssimo em SW. Tirando a Natalie Portman, achei todos bem, em especial Ewan McGregor e o Ian McDiarmid, excelentes como Obi-Wan e Palpatine (meus dois personagens favoritos da saga, aliás). Também me surpreendi muito com o Hayden. Achei que ele mandou bem.
    Uma decepção pra mim foi o duelo Obi-Wan/Anakiin. Início foda, final foda, mas em termos da luta em si, ficou devendo ao que todos prometiam.
    Eu queria falar bastante, mas são 3:30 da manhã num dia de semana e preciso dormir, então vou pular direto para o final.
    É lindo, absurdamente lindo. É pura trilogia clássica. Os robôs, o visual, TUDO, no último terço do filme, já remete ao visual de A Nova Esperança... foi foda ver a nave do Bail Organa... foi foda finalmente ver Alderaan... foi básico, sem charme algum, o nascimento dos gêmeos, mas a cena mesmo assim foi foda pelo simples fato de sabermos o quão foda serão aqueles bebês no futuro, e como é legal ver a Padme simplesmente dando seus nomes, que já estão convivendo conosco há décadas. E o Vader, Imperador e Tarkin (foda!!!) vendo o início da construção da Estrela da Morte??? Que foi aquilo, caramba!!! A cena final é um chute no saco. Covardia do George Lucas. Um dos planos mais lindos de toda a saga é aquele do Luke vendo o pôr-do-sol no início do primeiro filme, e o fdp me encerra o filme com o Owen e a Beru segurando o bebê Luke olhando para um pôr-do-sol idêntico, num plano IGUAL, após Obi-Wan deixar Luke lá. Aquilo foi pra chamar os créditos e fazer qualquer fã de SW aplaudir de pé. Fodaço.

    Como filme: 7,5
    Como episódio: 9
     
  5. Logan Mcloud

    Logan Mcloud Usuário

    posso dizer o mesmo q o knolex o filme como parte da hexalogia eh estonteante principalmente as inumeras revelaçoes q o Yoda faz... inclusive dizendo q "sua confiança no seu novo aprendiz pode ser fatal" ou algo assim.... simplemente adorei o filme... o final eh foda !!!!! a nave Organa
    como eu sou um fã das naves nao pude deixar de ver as jedi fighter e as * wings e imaginar elas no futuro... bem como os Walkers, os ATST, e os imperial destroyers..... MUITO foda adorei!!!

    senti falta do Han Solo mas sei q nao encaixava na cronologia....


    ahhh sim e como nao podia deixar de ser caiu uma lagrima na cena q o Obi-Wan luta com o Anakin principalmente quando ele diz q eram irmaos..

    em fim um lindo filme... engraçado e bom ao mesmo tempo (pelo menos eh engraçado no inicio) adorei


    abraços Dwarf
     
  6. Lord Ashram

    Lord Ashram Denny Crane

    Tirando a parte do "O filme é foda, muito foda.", que eu trocaria p/ "o filme é bom, muito bom.", concordo com tudo isso que vc falou.

    Acho que quem discordar disso é no mínimo louco!

    Só achei muito escroto os "gritinhos" do R2. Desde quando o R2 da "gritinhos"?! :?
    Ficou tosco até a alma.

    P/ mim foi um dos pontos mais fracos do filme.
    Acho que o Lucas explorou muito mal o potencial que essa "queda" dele tinha.
    Começou muito bem, foi ficando ruim e acabou horrível.
    Tipo... tava bem legal ele cheio de dúvidas e tal, mas foi só o Palpatine falar "aí, fio... posso fazer sua mulé viver. É só abrir as pernas p/ mim que ta beleza." que ele simplesmente abriu as pernas e falou: "entra gostosão!".
    Ta certo que ele sempre foi um cara com um pé no lado negro justamente pelas suas dúvidas, medos e ansiedade (seja p/ ficar forte ou p/ crescer dentro da Ordem), mas foi tudo fácil demais.
    Por mais que tenhamos noção do tempo em que isso ta sendo "trabalhado" pelo Palpatine, ficou muito mal desenvolvido na tela.

    Eu já não gostei nem um pouco.
    Cheguei a machucar o lábio com uma mordida de raiva que eu dei ao ver a cena.
    Fora a atuação, que foi horrível! "Oh! Deus! Ele ta prestes a matar o tiozão que me ofereceu ajuda p/ salvar minha mulé e me deixar poderoso... e ele é um Jedi que o tiozão falou que é do mal e não me conta nada.
    Mas po... o tiozão é do Lado Negro e eu passei a minha vida inteira com caras que sempre foram bonzinhos, me ensinaram tudo que eu sei e não confiam em mim justamente pq eu sou um zé impulsivo que faz caquinha a torto e a direito.
    Bom, vou matar o careca bonzinho né!" *Passa o ferro no careca*
    "Buaááááá! Matei o careca bonzinho!!! Buááá!!!
    BWaahahahahaha! Agora sou 'dumal' e ganhei um nome style!"
    Fiquei totalmente decepcionado nesse ponto.

    Cenas "desnecessárias" como vc disse (e eu concordo), mas que no fim, acabam salvando o filme como um todo.

    Obi-Wan "meninão piadista" me revoltou muito!
    Porra! Cade o Obi-Wan centrado e sério do 2º filme? Se eu quisesse ver uma versão sem graça do Chandler eu ficava em casa e via Friends no SBT.
    Mas o McDrarmid foi muito bem! Já o Hayden... bom... acho que a cena que eu descrevi mais p/ cima resume bem o que eu achei. Não que a culpa fosse totalmente do ator dessa vez, mas do próprio roteiro.

    Apesar de eu esperar muito mais, eu curti. Não cheguei a ficar nem um pouco decepcionado nesse ponto.

    Faço das suas minhas palavras aqui.


    Semana que vem eu vou rever o filme, mas dessa vez sem a empolgação da estréia e com uma visão mais chata de fã, assim como fiz com os outros episódios da nova trilogia.
     
  7. Sméagol

    Sméagol Usuário

    Bem, vou discordar de alguns aqui. Não acho que o filme, de forma isolada, seja fraco (mesmo porque chega a ser difícil fazer esse tipo de análise já tendo assistido todos os outros episódios). É, no mínimo, bom. E, como filme da série, ache fantástico, de longe o melhor da nova trilogia e no mesmo nível da trilogia original. Os efeitos estão absurdamente maravilhosos (o Yoda, por exemplo, melhorou muito - talvez um efeito Gollum), as atuações estão razoáveis, as cenas de batalha estão muuuuito boas, e, principalmente, a grande maioria dos mistérios de Star Wars foram bem explicados.

    Ainda estou sob impacto agudo do filme, talvez quando esfriar um pouco mude algumas opiniões. Mas eu simplismente adorei...destaque pra cena em que Darth Vader coloca a máscara e respira pela primeira vez...arrepiei todo! E o final, com a Estrela da Morte sendo construída, e Luke sendo entregue para seus tios, ficou muito bom!

    Bom, aos poucos vou dando mais opiniões. :obiggraz:
     
  8. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    A luta do Windu com o Palpatine achei meio fraca. E eu me surpreendi com o General segurando 4 sabres! Auahauha não esperava aquilo.

    Gostei do filme, senti pena do Anakin. Pra mim está no mesmo patamar que a trilogia antiga. A gente comentou inclusive o quanto foda foi a cena dos Jedis morrendo e o Yoda sentindo. Isso me fez perceber que o filme tinha alguma alma, coisa que absolutamente não precede nos outros primeiros. E gostei da trilha! Ele deu uma diversificada. e ficou muito bom.

    Como o Ash, vou rever o filme agora mais calmamente :lol:

    E a Keisha ( rainha de Naboo ) hein? 1 segundo de cena :clap:

    No mais, com respeito à queda dele, a grande sacada são os sonhos de Anakin a respeito da morte de Padmé ao dar à luz. Aí é que deve-se tirar o chapéu para o George Lucas. Ele pegou uma idéia básica e óbvia (Anakin cai pelo medo de perder a Padmé) e a desenvolveu desde o primeiro filme! Sim, afinal não foi Yoda que disse que sentia muito medo no pequeno Annie? Era medo de perder uma pessoa querida (a mãe). Já em 'O Ataque dos Clones', com a morte da mãe do Anakin, ele se desespera e diz que um dia seria onipotente, que teria o poder de impedir a morte! É exatamente em busca de tal conhecimento que ele vadeará para o Lado Negro! É uma seqüência lógica e perfeitamente arquitetada pelo George Lucas!

    E um último comentário. Sem dúvida alguma que a cena em que o Vader descobre sobre a morte da Padmé (pensando ser sua a culpa - se bem que foi mesmo, em certo sentido...) será celebrada como uma das melhores de toda a saga... Pelo menos no conteúdo emocional, pois é o acúmulo de toda a angústia do episódio inteiro em apenas uma cena. Ver a armadura de Darth Vader pela primeira vez e justamente numa cena como essa? Foda!
     
  9. Knolex

    Knolex Well-Known Member In Memoriam

    Ah, e eu passei um tempão me mordendo achando que o GL ia esquecer de fazer algo e acabar criando um furo pra saga, mas bateu mó alívio quando o Bail Organa ordena que sejam apagadas as memórias dos dróids. :obiggraz:
     
  10. Ah, eu gostei. Mas certamente era necessário ser fã ou no mínimo gostar da trilogia antiga para se satisfazer completamente. Afinal, o que é o episódio III senão o elo de ligação entre a nova parte e a anterior? Praticamente todos os momentos vibrantes são sustentados pela emoção das relações entre uma e outra estarem se concretizando. Eu, como não-adorador da série, vibrei; mas não quanto um fã.

    O filme "em si" também não é ruim. É repleto de cenas memoráveis (a primeira, a luta Windu X Palpatine X Yoda, etc) porém com alguns momentos de... tédio. A primeira terça-parte (tirando a cena inicial) é chatiiinha, para a qualidade melhorar na segunda e atingir seu auge na terceira.

    A luta Kenobi X Anakin foi boa, mas decepcionante. Tornou-se um duelo de sabres como qualquer outro. Faltou a parte psicológica, afinal... é mestre tentando aniquilar aprendiz e vice-versa. O que deveria estar passando pela mente deles? Só mais tarde Kenobi solta um "Você era o meu irmão", que, no contexto, foi totalmente emocionante. Mas senti falta desse lado. Era muito mais uma batalha triste do que para empolgar.

    Mas, enfim, eu gostei. Primeiro episódio de toda a saga que conseguiu me comover de verdade. :clap: Se for para dar uma nota, dou um 60.

    Por último uma salva de palmas para George Lucas, pela influência tanto no público quanto no cinema. Isso não é pra qualquer um.
     
  11. Damasco o Gollum

    Damasco o Gollum Usuário

    Nossa isso acaba com muuuuuitas incoerencias!

    Chewbaca aparece pouco... acho que se era pra mostrar só aquela sena era melhor nem por...

    Aquela sena que o Anaquim fala que a Padmé ta linda... putz a bicha ta feeeeeeia que nem bater em mãe.

    Achei tb a explicação que eles arrumaram pro Lord Sedeos ser feio que nem a besta fera fraca. Po o cara é um lord sith, cheio de poder, e "derrete" por soltara raiozinhos???? Outra, se era tão facil assim evitar os raios dele como o Windu fez, pq o Yoda não fez a mesma coisa????


    Achei apelação falarem o nome do Qui-Gon Jin como o "descobridor" da tecnica de se transformar em "espirito zombeteiro" !!! O Yoda e o Obi-Wan sabiam essa tecnica, por isso seus corpos desapareceram com suas mortes.... o corpo de Qui-Gon Jin não desapareceu....


    Uma coisa eu eu não entendi direito, foi como os personagens em um momento estão fodões e cheios de poder, e em outra ora estão fracotes, ou vice-versa!!!


    Frases da noite, ou madrugada sei lá:

    "Isen't Anakin the father? Is he?.... I'm sory!"

    Obi-Wan para Amidala.


    "Rise!"

    Palpatine para Darth Vader.

    "Execute the order 66!"

    Pallpatine para os clones.


    "Anakin, he is good?"
    Padmé perguntando pro Obi-Wan.


    Ta bem, Bem passado...

    Eu gritando no cinema, depois da pergunta da Padmé

    "anakim é brasileiro, porque ele não deisite nunca!"

    Ilyria depois da seno do Anakim ao ponto.
     
  12. Eu achei que ficou no nível do Ep IV e V.
    Pra mim o V ainda é o melhor e depois vem o IV pelo soco no estomago que tomei no auges dos meus doze anos de idade.Um amigo elegeu esse o melhor de todos.E olha que é um cara que começou a gostar antes de sair o Ep I.
    Mesmo assim ele tem uma desvantagem pra comparar com os filmes da saga do Luke, pois não assistiu aos primeiros filmes no cinema já que ele nem era nascido ainda.E isso influencia.
    Eu sai alucinado do cinema quando o Ep IV estreou e mesmo que um pouco frustrado pela falta de um final feliz, sai empolgadão depois do Ep II.

    Bom agora vamos aos comentarios e SPOILERS...

    Como já disse o Knolex e o Ash o inico do filme é devastador E prova que o Lucas errou feio em usar o Jar Jar como alivio comico...Pra que isso? Já bastava o R2 e o C3PO.
    Esporrante o R2 tentando ficar na moita e se esconder dos super battledroids quando Wobi Wan chamou ele pelo intercomunicador.
    Falando em Jar Jar as melhores partes do filme são as que ele não aparece, ou seja...quase todo o filme já que ele só aparece no final, bem rapidinho...
    O Lucas fez a coisa simples, sem invencionices ou reviravoltas no roteiro.
    Muito se especulou sobre o quão obvio seria Palpatine ser o Lord Sith.Rolou até teoria de que ele seria um clone do Darh Sidius.
    Também imaginaram trocentas formas pra justificar o fato de C3PO
    não lembrar de Obi Wan ou Vader nos Ep IV, V e VI.
    E até ouvi gente falar que derrepente Amidala estaria viva...
    Mas no final ficou o feijão com arroz mesmo.
    Papatine é o Lord Sith e o Imperador, C3PO teve sua memoria apagada e Amidala morre mesmo.
    E que me lembre as pontas foram bem amarradas.Num lembro de nada que não tenha sido explicado.
    O filme é certamente o mais inovador dos três primeiro episodio, exatamente pelos riscos tomados...riscos esse que o Lucas só assumiu depois de outros cineastas trilharem esse caminho.
    E olha que tem muito rastro do PJ no caminho do Lucas.
    O final desacelerado, priorizando a força dramatica da estória e não cenas de ação vertiginosas.Isso tambem não é tipico em Star Wars.Tamanha força dramatica na resolução dos episodios da saga só está presente no final do Ep II.

    O (inevitavel) final que carece de uma compensação moral.Não é exatamente um estória com final feliz (assim como SDA e diria até RdR).Ficou um gostinho amargo e angustiante que rolou no ep V, e que extamente é o charme do filme.Afinal assim como no ep V em aqui, os mocinhos tomam uma bela surra.

    Uma cena em especial me chamou a atenção pois se resolve em, e pelo silencio.Anakin e Padme em seu apartamento sem sequer conversarem e Anakin tomando a decisão de ir proteger Palpatine.Isso num é muito tipico do Lucas. Trouxe uma certa sofisticação para o filme, e é uma evolução para filmes desse genero inundados com dialogos reduntes, criados para deixar tudo bem esclarecido para uma platéia que se imagina incapaz de deduzir as coisas por si propria.


    Como em RdR, mais um descaso na tradução tirou o sentido da risada de R2 quando esse fica sabendo que vão deletar memoria de C3PO.
    Pois é, vcs lembram do Nazgul e da infeliz legenda "Sua tola, nenhum homem pode me matar?".
    A legenda do senador Organa é algo do tipo apage a memória desses andróides e frase original em inglês é "Give the protocol droid a memory wipe". Ou seja, quem tem a memória apagada é apenas o androide de protocolo...C3PO.Por isso R2 da uma risada sacana.


    Bom, só tenho a reclamar do filme o fato do Jar Jar ter sobrevivido...ele é uma mistura de Yoko Ono e Courtney Love do Star Wars...ou seja, todo verdadeiro fã odeia.

    Ps.: Kolex, lembra daqueles nossos debates sobre assistir ADT na sala digital e eu dizia que nem valia a pena pois PJ num filmou nada em digital?
    Mas no caso de SW o bicho pega.Faz toda a diferença, inclusive por que foi ventilado que as copias digitais teriam detalhes e até mesmo durações diferentes, já que estas poderiam ficar prontas cerca de um mês depois das copias convecionais e o Lucas iria trabalhar nelas até o ultimo segundo.
    Vc assistiu em sala digital dessa vez?
     
  13. V

    V Saloon Keeper

    O filme tem um monte de problemas, o principal sendo talvez que a melhor cena acontece nos 5 primeiros minutos - quando a "câmera" acompanha os caças através daquelas naves enormes, e de repente você vê aquela batalha imensa acontecendo atrás delas, e você está ali no meio, indo a uma velocidade vertiginosa, yowza. Foi como andar de montanha-russa.

    Mas a minha empolgação diminuiu consideravelmente quando as pessoas começaram a interagir - o duelo entre o Anakin e o Dooku não teve a mínima emoção, e logo depois do Palpatine ser resgatado o filme embarca numa meia hora de tédio, atuações forçadas, roteiro bagunçado, etc.

    Relacionamento entre Anakin e Padme basicamente constrangedor e forçado como no Ep II (mas o momento onde os dois são filmados em silêncio foi completamente inesperado e surtiu um efeito que todos os diálogos juntos não conseguiriam atingir - nem pareceu coisa do Lucas), o que é um problema pois trata-se do estopim da queda do Anakin para o Lado Negro.

    E por falar nisso, a queda em si me pareceu de alguma forma um tanto mal manejada, embora uma segunda assistida possa mudar a minha opinião. A verdade é que eu achei estranho, mas não sei dizer bem porque. Eu acho que a coisa toda precisava ser feita de forma mais sutil e gradual, ou sei lá.

    Mas logo depois da morte do Mace Windu (aliás, o duelo dele com o Palpatine foi horrível - talvez porque o Ian McDarmid seja velho demais pra lutar com espadas), quando rola aquela montagem que vai de planeta em planeta mostrando os jedis sendo mortos (aquilo foi foda, principalmente quando o Yoda sente o que está acontecendo), o filme engata uma segunda e quase consegue recuperar o ritmo.

    O duelo entre o Anakin e o Obi-Wan foi meio confuso mas teve bons momentos, principalmente no final - o Anakin todo destruído foi grotesco (no bom sentido), e a cena da reconstrução foi perturbadora. O momento onde a peça facial é encaixada e alguns segundos de silêncio (onde só é ouvida a respiração) se passam foi clássico.

    Pontas soltas em geral bem encaixadas, eu gostei esp. do Yoda mencionando a técnica de se comunicar do além-vida, porque isso se encaixa de forma assustadoramente perfeita com o momento no Ep IV onde o Obi-wan dá aquele sorrisinho e vai embora deste mundo, deixando um Darth Vader confuso e um Luke revoltado pra trás - pareceu até que o Lucas tinha realmente planejado tudo.

    Anyway, Wookies são cool (deviam ter aparecido mais), R2D2 é o personagem mais importante da saga, o Grievous é hilário (um robô-aranha que tosse é o tipo da idéia maluca que tava faltando nessa trilogia), o Sidious é tão malvado, etc.

    Tenho que ver de novo, mas provavelmente a nota vai ficar num sessenta alto/médio (pior que os Eps IV e V, mais ou menos no nível do VI [talvez um pouco melhor, talvez um pouco pior, vou confirmar], definitivamente melhor que o I e o II).

    P.S.: até que enfim mataram o pentelho do Vice-Rei da Federação de Comércio, na minha opinião (falando nisso, o Jar Jar escapou, mas pelo menos ele teve a decência de não abrir a boca).
     
  14. V

    V Saloon Keeper

    Assista de novo o quanto antes. Numa tela bem grande. Com um sistema de som foda. De preferência num lugar relativamente perto da tela.

    Os primeiros minutos desse filme já estão entre as melhores cenas de ação de todos os tempos, IMO.

    É óbvio que ele não tinha tudo planejadinho desde a década de 70, ainda mais no que diz respeito a detalhes sutis como esse. Mas isso não muda o fato de que ele conseguiu amarrar a trama direitinho.

    Entendi, um dia ele foi um homem, só que alguma coisa muito ferrada aconteceu com ele e só sobraram alguns órgãos e um pedaço da cabeça.

    Não muda o fato de que, pra todos os efeitos, era um robô tossindo ali. Um robô com vários membros que se movimentava alucinadamente em todas as direções.

    Anyway, eu gostei do Grievous porque pelas fotos que eu tinha visto ele parecia ser aquele tipo de antagonista fodão e bidimensional (i.e. Darth Maul), e pra minha surpresa ele era até bem patético.
     
  15. bom, estou sem palavras até agora. sério, o filme é foda. tem alguns dialogos meio toscos ? tem. tem cenas que ficam meio estranhas ? tem. mas foda-se. GL realmente conseguiu fazer um filme a altura da Trilogia Clássica.

    aquele começo, com Obi-Wan e Anakin voando pelas naves é lindo. A batalha inicial ficou excelente. Tavam falando que ia ser a maior batalha da saga, e foi (mas não a melhor, devo dizer). R2-D2 é o foda também. A cena aonde ele tenta se esconder do Droids é hilária (por falar nos Droids, mudaram as vozes deles ou foi impressão minha). O duelo entre Anakin e Dooku pode ter sido meio rápido e tal mas foi muito bom. E aí já começaram as inumeras referências a TC: os dois lutando com o Palpatine observando. A morte do Dooku foi uma cena bem forte. Eu não espereva uma luta com o Grevious logo no começo do filme, mas eis que surge. Eu estranhei um pouco ele tossindo feito um velho. Achei que talvez fossem fazer ele um vilão meio cômico, mas depois lembrei do ultimo capitulo do Clone Wars e tudo se esclareçeu. Por falar no Grevious: ele ficou foda também. Era uma das coisas que eu mais temia nesse filme, mas putz, acho que ficou perfeito. Aí começa a queda do Anakin. Eu achava que ia ser algo meio forçado, mas pra mim fluiu naturalmente. O Anakin bobão ouvindo o Sidious falando. E aliás, adorei eles terem usado o medo dele perder a Padmé como uma das principais causas.
    Obi-Wan: puta foda. Depois de ter apanhado do Dooku, o cara detona o Grevious de um jeito lindo. O duelo entre Mace e Sidious, sei lá, foi meio estranho. Muito loco, mas o Sidious lutando tava muito estranho. Mas a cena em que o Anakin chega e vê aquilo: :clap: Maravilhosa !! E acho que o Hayden atuou bem. Depois da Ordem 66, vem algumas das cenas mais emocionantes do filme. Os clones se virando contra os Jedi e o Anakin invadindo o Templo e matando as crianças..... :( putz, foi dificil aguentar aquilo. E o Yoda em Kashyk se desesperando também, foi de cortar o coração. Por falar em Kashik eu curti a aparição dos Wookies. Foi mais pros fãs mesmo, mas foi muito loegal. A Padmé achei que ficou um pouco apagada. Foi meio que deixada de lado as vezes, mas no final quando o Anakin enforca ela :( O duelo entre Anakin e Obi foi excelente. Sò que eu esperava um pouco mais de dialogos lá, mas acho que assim ficou perfeito mesmo. e a música ajudou bastante pra transformar essa em uma das cenas mais fodas da saga inteira. Por falar em cena fodal, quando a máscara está sendo colocada no Vader, para a música, para tudo, aí.......a respiração. Noooosa que foda. Arrepiou mesmo. Só aquele "Noooo !!" que ele fala que ficou um pouco estranho, não sei, mas ele destruindo tudo foi ótimo.
    E GL conseguiu acabar com as confusões que ele tinha causado: a memória dos droids, por exemplo. E a explicação do Yoda sobre o segredo da imortalidade que Qui-Gon aprendeu foi foda. Enfim, Tarkin, a Estrela da Morte, finalmente vimos Alderaan, o enterro da Padmé (com aquele presente do Anakin :( ). Mas acho que uma das mais fodas de todas foi bem o final: aquele por do sol em Tatooine. Meu, o Luke olhando o por do sol é a cena mais linda de todas e o cara vai lá e coloca de novo de uma maneira espetacular. É pra matar qualquer fã do coração....

    bom, foi foda. as atuaçoes tavam boas (só a Natalie Portman que as vezes não tava muito boa), a música excelente como sempre, efeitos especiais fudidos mesmo, Sidious e Yoda lutando finalmente, e finalmente também algumas cenas realmente engraçadas.
    Não vou dar uma nota. Não dá. Mas eu repito. Foi FODA


    e assim acaba Star Wars. de uma maneira espetacular. confesso que eu estou triste porque acabou. mas também feliz porque eu tive a chance de ver o fim de tudo no cinema.
     
  16. leoff

    leoff They will bend the knee or I will destroy them.

    Fui na pré ontem (duh!), 3 salas às 00:01. Depois de uma confusão de gente entrando na sala que não devia, checagem do UCI para pôr ordem na coisa e início de projeção interrompido porque o sistema digital deu tilt e tiveram de "re-startar" o sistema... Só pra entenderem como vejo SW, eis o imaginava ser meu ranking dos filmes de SW após ver o filme:

    1) Império; 2) Retorno, 3) Vingança dos Sith, 4) Ataque dos Clones, 5) Nova Esperança, 6) Ameaça Fantasma.

    Assisti o dito e confirmei meu palpite. Ep. III leva a medalha de bronze. Porque? Império Contra-ataca é um filme perfeito. Retorno de Jedi nem tanto; o início é o melhor de todos os filmes e o final páreo com Império; só a forma como os wookies derrotam os troopers prejudica. A Vingança dos Sith tem na 2a. metade uma perfeição e emoção que superam os demais mas falha um pouco na primeira hora.

    A batalha em Coruscant não é tão perfeita como a seqüência no palácio de Jabba mas finalmente evoca o charme de SW. Até os jedi pousarem dentro da nave de Grivous é só um show de efeitos especiais, mas lá dentro há seqüências realmente saborosas que culminam no confronto com Dooku. Chris Lee aparece muito pouco e não tem como fincar sua marca, mesmo erro de roteiro repetido no filme anterior. As lutas são boas, a morte dele ídem, mas a idéia do desperdício de mais um bom vilão se insinua.

    Finalmente Obi-Wan se porta como deveria: ousado, corajoso e, principalmente, tem humor. Anakin e Obi-wan se portam, pela primeira vez, como amigos e cúmplices. Chega do esquema mestre-exigente-aluno-reclamão de Ataque dos Clones. Aqui Obi-wan não fica dando sermões em Anakin, os dois trocam idéias, se respeitam, na maioria das vezes Anakin se abre com o mestre. Nas poucas vezes que esse esquema falha Anakin sela seu destino, mas isso é outra história.

    Os dróides aparecem pouco. R2D2 tem o seu melhor de toda a saga no início, quando salva a pele dos jedi, hackeando os computadores da nave de Grivous, fazendo elevadores se mover e se defendendo de outros dróides. Depois disso ele passa a ser figurante, acompanhando Anakin para todo lado, inclusive nos momentos mais sombrios. C-3PO fica o tempo todo ao lado de Padmé, um espectador impotente como ele mesmo diz, com toques ocasionais de humor. Como Padmé pouco aparece e só no fim toma alguma iniciativa, C-3PO é igualmente um figurante, mas sem nenhuma cena de destaque.

    Falando em Padmé é impressionante sua mudança de postura. Ainda não sei avaliar isso, mas a ousada Senadora de Naboo não existe nesse filme. Todas as cenas sobre a criação da Rebelião foram cortadas. Na maior parte ela se limita a contracenar com Anakin, mostrando alegria pela gravidez e preocupação pelo amado. Num dado momento ela até mostra desencanto com a República, coisa impensável antes. A proclamação do Império é aceita com tristeza e resignação. Em muito a personagem lembra Trinity em "Matrix Revolutions" que só vivia em função de Neo. Mas Trinity ainda mostrava coragem, Padmé nem isso. Quando Anakin se entrega ao lado negro ela mantém uma resga de esperança na sua reabilitação; mas ainda assim morre de tristeza, um coração partido não forte o bastante para se preocupar com suas crianças recém-nascidas.

    Anakin, felizmente, é melhor interpretado por Hayden Christensen dessa vez. Em parte pela melhora no roteiro, parte pela maior profundidade dada ao personagem. Os diálogos com Padmé ainda são as partes mais contrangedoras, mas no geral o ator se supera ao simplesmente não comprometer. Salvo talvez pela embaraçosa cena de Darth Vader, já caracterizado, gritando "Nãoooooo" após saber do destino da esposa, com direito ao clichê de ficar com os braços esticados. Culpa maior da direção de Lucas. Mas, como bem disse um crítico, a cena parecia a versão deboche feita num desenho dos Simpsons.

    Após a seqüência de abertura, A Vingança dos Sith perde bastante tempo nos bastidores da República e do Conselho Jedi, esmiuçando os motivos que levam Anakin ao lado negro. Por um tempo, o ritmo se sustenta. Passada a novidade, como outro crítico observou, "George Lucas se preocupa tanto em garantir que o espectador compreenda as ações de Anakin que repete a mesma cena várias vezes". Nisso o filme perde pontos valiosos que tiram parte do brilhantismo da metade final.

    Os último atos das Guerras Clônicas aparecem nas lutas do planeta dos Wookies e em Utapau, esconderijo de Grivous. Os wookies aparecem bem pouco, mas isso já garante os delírios de uma geração de fãs ao imaginarem como O Retorno de Jedi teria sido melhor sem ewoks. Utapau se mostra a pior parte do filme, junto dos excessos de bastidores do poder que citei acima. A razão é simples: o General Grivous é de longe o vilão mais fraco da saga. Nada interessante, suas cenas de luta não possuem carisma. Sem Dooku, 2/3 do roteiro não tem nenhum vilão que valha (Palpatine não conta ainda), arrastando o filme. As única cenas de nota se devem à Obi-wan, tanto pela sua auto-confiança ao enfrentar dezenas de separatistas quanto pela tirada genial após matar Grivous (lembrando algo que dirá a Luke).

    Se faltava alguém do mal para carregar o filme, a transformação de Palpatine no Imperador e de Anakin em Vader fazem valer o espetáculo. Quando o Chanceler enfrenta Mace Windu e obriga Anakin a escoher de que lado está, A Vingança dos Sith mostra a razão de tantos anos de espera. O auge do filme, a Ordem 66, é a cena mais bem montada e dirigida de toda a saga, destoando do padrão pouco inspirado imposto pelas limitações de George Lucas como diretor. A plasticidade (como a cena na neve com Kid-Adi-Mundi), a edição elegante e por fim os ângulos elegantes... tudo impecável. Destaque para o massacre da jedi oculta na hora H por um movimento de câmera.

    Para quem esperava "a maior luta de sabres de todos os tempos" uma decepção: não há nenhuma luta que supere a coerografia de Darth Maul X Obi-wan. Yoda X Palpatine se mostra superior à luta anterior do mestre jedi em Ataque dos Clones por parecer menos forçada: Yoda não apela tanto para os saltos frenéticos a la Formiga Atômica. Se há algo a destacar no confronto de Obi-wan com Anakin é a tensão e qualidade dos diálogos - algo raro na NT, aqui temos as clássicas pausas para diálogos que marcaram os velhos tempos de SW. E melhor: os diálogos são bons.

    Uma satisfação pessoal minha foi advinhar com boa precisão como seria o final do filme. Acertei que haveriam uma série de curtos flashes sem diálogos mostrando o que houve com cada personagem (salvo Yoda, isso fica para Império). Com isso George Lucas amarra a maioria das pontas soltas com grau variável de sucesso. Não temos Obi-wan chamando-se de Ben antes de Luke nascer, isso contradiz A Nova Esperança. Mas temos Luke em Tatooine com direito aos dois sóis e a construção da Estrela da Morte. Porém fica implícito que a mãe triste de quem Léia se recorda em Retorno de Jedi é na verdade a mulher de Bail Organa. Finalmente uma explicação para os "fantasmas da força", ainda que lamentavelmente a explicação é muito corrida; os que acompanham spoilers sabem outros detalhes que fortalecem a cena.

    Por fim uma opinião pessoal que deve bater com alguns: Palpatine não é o destaque do filme, por melhor que seja a atuação de Ian McDiarmid. Esse papel cabe a Obi-Wan Kenobi, coroado com sucesso o melhor personagem de SW. Ewan McGregor está sublime graças à correta abordagem do roteiro, que enche a personagem de carisma, humor e humanidade. Felizmente ele deixa de lado a fleuma que engessava suas emoções, enfim permitindo aos espectador se identificar plenamente com ele. Parabéns.
     
  17. Urd Sama

    Urd Sama I can't contain myself anymore

    Bom, acho q foi melhor assim q se tivessem matado, acho q ele "cai no esquecimento" mais fácil. É até essa a impressão q se passa: "deixa eu ficar quieto q ninguém vai nem lembrar de mim".

    Uma coisa q me incomodou um pouco foi o fato da Padmé morrer logo no parto, no ep. VI vc jura q a Leia viveu uns aninhos com ela por causa de um diálogo q ela tem com o Luke...
     
  18. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    Sim! E outra coisa, a memória do R2D2 não foi apagada né? Então por quê no Episódio V quando ele encontra o Yoda age como se fosse um serzinho qualquer do planeta? :lol:

    Ok, mas acho que como o V disse, ele não tinha em mente fazer todos os filmes, ele mesmo admitiu isso. Por isso acho que ele merece alguns descontos :grinlove:
     
  19. Knolex

    Knolex Well-Known Member In Memoriam

    Sim, eu me lembro da discussão.

    Não, eu não assisti na sala digital do UCI (devo ir no fds), mas vi na sala onde realmente queria, pq foi na sessão do Conselho Jedi (ou seja, assistindo entre gente que é tão fã quanto eu, e no caso, muita gente muito mais fã que eu), que aconteceu no novo Unibanco Arteplex aqui no Rio, que tem som THX (que no caso de SW, tb é algo BEM atrativo)
     
  20. isso me lembra de algo que eu gostei muito: no fim, Padmé, antes de morrer, ainda acredita que há bondade no Anakin, assim como Luke acreditava, enquanto seu próprio mestre e Yoda já desistiram dele. o que me faz lembrar de uma outra referencia a TC que eu gostei muito: o Obi-Wan falando que não poderia matar Anakin, que era como um irmão pra ele. Bem diferente do que diz no Ep VI, aonde ele assume uma postura igual a do Yoda e diz que Anakin não existe mais, e Luke deve mata-lo

    eu não acho. tá, a luta Obi-Wan X Maul é muito boa, mas acho que Obi X Anakin supera ela em muito. Especialmente porque além de ser visualmente linda (Mustafar ficou impressionante) tem uma carga emocional imensa que praticamente não exista no Ep I. Em vários momentos quando Anakin e Obi-Wan ficam se encarando, mesmo sem dizer nada, já dá pra ver o que tá acontecendo: o Anakin com ódio de Obi-Wan e este profundamente desapontado por ter falhado. E ainda no começo da luta, quando intercalaram com Yoda X Sidious com a música no fundo, noossa....

    pelo que eu li, no dvd vai ter uma cena excluida aonde mostra Yoda chegando em Dagobah. Não acho totalmente necessário, já que ele já explica que vai ter que se exilar

    com isso eu concordo.
     

Compartilhar