1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Entre Sombras (Saul Melo)

Tópico em 'Literatura Brasileira' iniciado por Izze., 14 Out 2010.

  1. Izze.

    Izze. What? o.O

    Entre textos curtos com histórias de duração breve, porém não simples, Saul Melo preenche o livro Entre Sombras, um dos últimos lançamentos da gaúcha Dublinense. Como o título sugere, as tramas criadas pelo autor acontecem entre momentos sombrios, narrados por personagens ocultos em grande parte, falando não justamente de um momento específico de suas vidas, mas principalmente filosofando sobre elas. Saul Melo cria histórias que, não importa o contexto, sempre estarão submetidas à melancolia.

    Seus 18 contos publicados em Entre Sombras não escancaram personagens nem lugares. Elas são, muitas vezes, o mistério de suas curtas tramas – que em sua maioria mal completam duas páginas de texto –, onde o autor revela sua natureza apenas no final. E essa natureza pode ser tanto real como fantástica, uma ficção que tem ares de realidade e assim são consideradas pelo leitor. Exemplos estão em Reincidência e Cúmplices, contos onde figuram as mesmas protagonistas, aquele ser que nos tira a vida.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Pips

    Pips Old School.

    Quando lido, um livro de contos pode ser apenas textos curtos abordando diversos assuntos ou traçar diversas semelhanças entre cada um deles. Nesse último caso temos os contos de Saul Melo, Entre Sombras – lançado pela editora gaúcha Dublinense em 2010 -, que carrega narrativas curtas em clima taciturno, fantasmagóricos e, em contraste, extremamente belos ao retratarem um enredo ora comum ora hermético, oscilando entre lugares banais – como condomínios – até um poço metafísico.

    Samba em Prelúdio é o conto que foge das reflexões e permanece mais em devaneios sobre a construção de um roteiro sobre um amor platônico que surge numa roda de violão. O personagem que não se identifica revela o que viria a ser real se a realidade estampada em manchetes de jornal não despertassem desse campo de amor ilusório.

    Em O Rio do Esquecimento, temos uma bela história de duas pessoas, seres ou coisas que estão numa transformação cósmica entre o nada e o lapso quase como uma metáfora sobre o surgimento do universo – ou risivelmente apenas um simples relato sobre as águas – nessa ambiguidade o leitor se encantará com a bela concepção. Contudo, Relato Breve trata do desapego de um idoso com a vida querendo esquecer os modos convencionais de sociabilidade e finalmente se entregando a solidão, mas não sem antes se entregar a algo muito mais forte do que a presença física.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

Compartilhar