1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Ensino Religioso obrigatório

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 3 Nov 2010.

?

Você concorda com o Ensino Religioso obrigatório nas escolas públicas?

  1. Sim

    13,2%
  2. Não

    86,8%
  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Você concorda com o Ensino Religioso obrigatório em escolas públicas?
     
  2. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Definitivamente não.

    O estado não deve impor nenhuma religião a ninguém. Quem quiser seguir que faça um curso a parte de acordo com a sua preferência.
     
  3. Fernanda

    Fernanda Andarilho de Eriador e

    Minha mãe era professora de religião para o 1o grau em uma escola da prefeitura. Sempre evitei esse assunto dentro de casa justamente porque eu NÃO concordo com isso.

    Sou a favor de aula de ética, de filosofia, de civismo. Mas religião eu não concordo.

    A maioria dos professores é despreparada. Minha mãe procurava fazer um trabalho não doutrinário, o que é, ou pelo menos era, a obrigação dos professores de ensino religioso em escola pública. Ela ensinava, entre outras coisas, prevenção de DST e gravidez.

    Mas a maior parte do ano era de análise bíblica mesmo. Ou seja, doutrinário. De uma forma ou de outra.

    Em 2008 a escola particular e LEIGA onde meu filho estudava começou com aulas de religião. Segundo a diretora e dona da escola com quem eu fui reclamar, elas eram obrigadas por lei. Até hoje ela está me devendo a tal lei, que eu não sei se exige ou não de escolas particulares esse tipo de coisa. Mas, como a cidade é pequena, eu sei que no final do ano anterior ela tinha passado por um processo de reconversão ao catolicismo, e a professora era católica. Pode até ser coincidência.

    A professora de religião passou boa parte do ano martelando na cabeça de meninos de 14 anos que o ex-marido dela ia para o inferno porque tinha exigido se divorciar dela, e casamento é sagrado. Mas eu acabei sendo chamada na escola porque quando ela começou a chamar qualquer não cristão (budista, mulçumano e principalmente os agnósticos) de ateus e dizer que eram pessoas com o coração sem deus e sem luz. O meu filho chamou a professora, de forma não muito sutil, de ignorante.

    Esperei ele cumprir o castigo que mereceu por ser mal educado com ela, e pedi para ele ser dispensado da aula e passar o horário de religião na biblioteca. Adivinha se a direção queria deixar? Foi um enrosco danado até o final do ano, quando eu troquei o rebento de escola.

    O bom da ironia é que ele está estudando em uma escola de freira hoje, e lá tem ensino religioso em todas as séries. :lol: :lol: :lol: :lol:

    Ele está mais na dele, a atual professora é mais inteligente e faz muito menos pregação que a outra, então eles estão se dando bem.
     
    Última edição: 3 Nov 2010
  4. Cerb

    Cerb A LENDA

    Bom se fosse pra ensinar sobre todas as religiões, tudo bem, isso iria aumentar o senso crítico da criança, mas no caso eles querem impor a religião católica, ai não concordo!
     
  5. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Eu incluiria a esse belo trio o ensino de música que positivamente agrega muito a formação intelectual dos jovens. Paises como a Áustria que o digam.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  6. Fernanda

    Fernanda Andarilho de Eriador e

    :yep:
    arte de forma geral e música em particular.

    Mas já vi pais dizerem para tirar as aulas de arte que eram inúteis. 8-O

    Também já vi escola mandar os meninos para a aula de xadrez e as meninas para aula de arte. :blah:
     
  7. McLucz

    McLucz Usuário

    Pra mim o estado tem que se manter laico, se é pra ensinar religião que ensine no minimo as 4 mais expressivas.

    Caso contrario, não faz sentido.

    Acho mais valido aulas sérias de artes, filosofia, e mesmo raciocínio, que pode ser traduzido com xadrez.
     
  8. Náring

    Náring Mad Hatter

    Se a aula de religião servisse para dar ao aluno uma noção basica das principais religiões, e talvez até algumas outras, explicar origens, aspectos e semelhanças, ótimo, seria muito bom para o amadurecimento dele, e otornaria mais crítico a respeito do assunto.
    Mas, sendo realista, não é assim e provavelmente não vai ser. Os professores são despreparados e só querem enfiar cristianismo goela abaixo dos alunos.
    Seria melhor realmente por uma aula de música ou artes no lugar, como já disseram.
     
  9. BeorZenni

    BeorZenni Usuário

    o Estado é laico, ou pelo menos deveria ser, isso esta na Constituição e é o bastante para responder negativamente à pergunta do tópico =)
     
  10. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Muita coincidência.

    Despeitada. Seu filho foi bem sutil.

    Ele não mereceu.

    Tudo isso para ele ir para uma escola de freiras?

    Concordo, na Áustria eles devem estudar Strauss, que inveja, arte é bem mais importante que religião, onde cada um se vira e procura o que lhe agrada.
     
  11. ARABAEL

    ARABAEL Ema Infame e

    Não concordo, se fosse sobre história das religiões aí tudo bem, conhecimento e tal, mas impor uma religião impede da criança exercer a sua capacidade de escolha.
     
  12. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Mas já não existe lei dizendo que o ensino religioso é opcional em escolas públicas? Eu acho que nem oferecido ele deveria ser. Se quiser que o filho tenha alguma instrução religiosa leve na igreja que considerar a mais adequada. Se depois o cara quiser aprofundar o seu conhecimetno nas diversas religiões que vá estudar teologia.

    Sou a favor como a maioria do pessoal é, de aulas de filosofia, música, estudos sociais. Coisas que foram sendo retiradas dos currículos e fazem uma falta danada.
     
  13. Thalion

    Thalion Mas que puxa!

    Bom, quando eu tava no Médio eu tive Ensino Religioso. A aula era uma porcaria, mas tenho a dizer que não era catecismo não.

    As poucas aulas que eu fiquei cobriram diversas religiões, desde a antiguidade inclusive.

    Se for assim eu, sou, sim a favor.

    Embora, como disseram acima, filosofia, música, arte e coisas assim sejam bem mais úteis na construção de um caráter.
     
  14. Conan

    Conan Cavaleiro Pendragon

    Bem, tambem nao entendi muito o q vc quis dizer por ensino religioso, mas pelo q o thalion falou, é algo mais abrangente do q catecismo ou a questão de se obrigar a ensinar a teria do criacionismo como alternativa a darwin.

    Porque foi numa desta que nos EUA, quase q foi aprovada a obrigatoriedade de se ensinar a alternativa do deus macarrão(isto mesmo, oia:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ).

    Nos eua, qualquer causa ganha abre precedentes para q outras causas se utilizem de paralelos e ganhem tambem. Os partidarios do criacionismo, estavam perto de ganhar em varios estados a obrigatoriedade do ensino desta teoria confrotanto a teoria evolutiva de darwin. So que um fisico se nao me engno, se utilizando dos mesmo principios da religião crista, inclusive se utilizando da exatas mesmas afirmações, so alterando o nome de materias como caos para molho por exemplo, criou o deus macarrão, ou Monstro Espaguete Voador, e ameaçou atraves de carta a imprensa se utilizar do precedente a ser aberto e requisitar o obrigatoriedade de ensino do deus macarrão. legalmente, isto seria claramente implementado, então os religiosos retiraram suas ações legais.
     
    Última edição: 4 Nov 2010
  15. Conan

    Conan Cavaleiro Pendragon

    os melhores preceitos desta religião são:

    "Um invisível e indetectável Monstro do Espaguete Voador criou o universo, começando com uma montanha, árvores e um anão."

    "Aquecimento global, terremotos, furacões e outros desastres naturais são uma consequência direta do declínio no número de piratas desde o século XIX."

    "Todas as evidências a favor da evolução foram intencionalmente plantadas pelo Monstro de Espaguete Voador. O "FSM" testa a fé dos Pastafarianos fazendo as coisas parecerem mais velhas do que elas realmente são. Ele encontra que aproximadamente 75% do Carbono-14 decaiu por emissão de elétrons para Nitrogênio-14, e infere que este artefato tem aproximadamente 10.000 anos de idade, pois a meia-vida do Carbono-14 é de 5.730 anos. Mas o que nossos cientistas não percebem é que toda vez que eles fazem uma medição, o Monstro de Espaguete Voador estará lá mudando os resultados com seu Apêndice Macarrônico. Nós temos vários textos que descrevem detalhadamente como isso é possível e as razões por que Ele faz isso. Obviamente, ele é invisível e pode passar através de matéria ordinária com facilidade."
     
  16. Haran Alkarin

    Haran Alkarin Usuário

    Para mim o grande problema é a língua portuguesa e a matemática - coisas que se aprende melhor quando pequeno (assim como música e língua estrangeira) e que são um meio, uma ferramenta, para o aluno buscar conhecimento. Um aluno que domine bem a língua e a matemática, consegue posteriormente se virar nas ciências exatas, biológicas, literatura e tudo mais.

    Então se isso fosse bem dado e cobrado, mas bem mesmo, no ensino fundamental, por mim o aluno poderia sair de lá achando que é a Terra é quadrada. Ou, melhor, que esse tipo de conhecimento geral fosse dado aos poucos, nas aulas de matemática e língua portuguesa - interpretação de um texto sobre a Antiguidade, por exemplo: o foco não seria a Antiguidade, mas sim se o aluno consegue, a partir do texto, compreender razoavelmente o período.
     
  17. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Os professores de ensino religioso onde acredito eu na maioria são formados em teologia, poderiam trabalhar com diversos temas atuais da sociedade, não focando somente questões religiosas.

    Para mim o nome da disciplina deve ser mudado para algo mais coerente com os dias de hoje até como forma de incentivar os alunos a estudarem mais e melhor onde os assuntos sejam vários.

    Estamos no século XXI e a cabeça do Estado está no século XIX ou XVIII ainda...
     
  18. Fernanda

    Fernanda Andarilho de Eriador e


    Mereceu sim. :yep:

    O fato da pessoa ser uma mula não justifica você perder a linha com ela, ainda mais com um professor.

    :lol: :lol: :lol:
    A vida é divertidamente ironica.

    Mas para meus critérios (que foram exaustivamente discutidos com o maior interessado, no caso o nerd esquisito que eu botei no mundo) as duas melhores escolas da cidade são exatemnte essas.

    Não se iluda. Nem os professores de matemática são todos formados em matemática, quanto mais uma matéria meio dúbia quanto religião.
    Pode até ser que exista algum formado em teologia, nas eu não conheço nenhum.

    Minha mãe era professora de religião e tinha só o magistério. A atual do meu filho é pedagoga, a outra que ele teve era estudande de pedagogia, a do meu sobrinho tem o normal superior e minha sobrinha teve uma que era a orientadora da escola e outra que era freira (não sei se hoje freiras tem formação em teologia, há milenios atrás, quando eu ainda era católica, elas não tinham. E como essa freira é cinquentona eu tenho quase certeza que ela não tem formação em teologia).
     
  19. Castiel

    Castiel Angel of the Lord

    Ensino religioso ou ensino cristão?
    Pq são coisas diferentes e é bem óbvio que estamos falando de ensino cristão.

    Eu tive ensino religioso, mas estudei em colégio de freira. Não acho que escolas que não sejam ligadas à religião têm que ter ensino religioso de espécie alguma. A não ser que seja algo imparcial como uma pincelada sobre as religiões mais expressivas, como falaram acima. Quem quiser aula de catolicismo que matricule seu filho numa escola de freira ou então em um catecismo.

    Tô ficando de saco muito cheio de ver essa gente querendo enfiar bíblia e Cristo goela alheia abaixo.
     
  20. Conan

    Conan Cavaleiro Pendragon

    ensino religioso como eu entendo q tem de ser estudado tem um nome já de materia. chama-se historia. se deveria ser mais abordada nesta materia, ai já acho q sim. mas ate ai, tem muita coisa na maneira corrente de como se é estudado historia em colegio q edeveria ser melhor abordada.
     
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar