1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Outros Sistemas Engel: pós-apocalipse futurista judaico-cristão (oh shit!)

Tópico em 'RPG' iniciado por Armitage, 24 Mai 2007.

  1. Armitage

    Armitage Usuário

    A essa altura, minha atração por temas bizarros já deve estar nítida. Bem, vamos lá:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    O ano é 2653, e o apocalipse judaico-cristão chegou. A Terra está devastada graças à pragas de proporções bíblicas e principalmente à chegada do Segundo Dilúvio (sim, como o de Noé). Menos de 10% da população da Europa sobreviveu. O continente europeu foi completamente desfigurado, rios viraram mares, clima caótico e constantemente chuvoso, fauna e flora bizarra. O que restou da sociedade se degenerou em algo similar à Idade das Trevas, com tribos bárbaras lutando entre si por sobrevivência.

    Até que, em meio ao caos, surge a luz: na cidade de Roma (agora chamada de Roma Eterna), surge a "Igreja Angelítica", liderada por um papa (o Potifex Maximus), que gradativamente instaura a ordem na Europa, por meio de um sistema "neo-feudal". Junto da Igreja, surgem os Engel - seres celestiais enviados pelo Senhor para combater o caos e ajudar a humanidade a se redimir, provando ser digna de uma nova chance.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    A alta-tecnologia dos velhos tempos é proibida pela igreja, mas vários JunkLords (senhores feudais que se recusam a obdecer ) a utilizam, mesmo tendo perdido o conhecimento para replicá-la (e por isso cada artefato tecnológico é altamente valioso). Esses "hereges" são motivos de cruzadas, além de serem caçados e punidos pelos Engel, assim como as estranhas aberrações que surgem nas proximidades dos chamados "Infernos" - misteriosos pilares de fogo em terras distantes, segundo os boatos dos vilarejos remotos, que se locomovem vagarosamente, deixando devastação e deformação pelo caminho. Esses "Infernos", é dito, são obras do "Senhor das Moscas" (Lord of the Flies) do velho testamento, e os Engel são responsáveis por investigar e impedir os mesmos.

    Os Engel vivem em catedrais gigantescas chamadas "Himmel" (Céu, em alemão), tão altas que atingem as nuvens. Todos sem excessão têm o aspecto de crianças ou adolescentes (menos de 18 anos). E ao redor dos Himmel, é normal surgirem vilarejos com famílias de camponeses em busca de proteção. Existem 5 Himmel espalhados pela Europa, cada um para cada ordem de Engel - Gabrielitas (guerra), Urielitas (conhecimento), Michaelitas (empatia social), etc.

    O cenário aborda 2 temas interessantes: sobrevivência e reconstrução da civilização em um ambiente inóspito; e questionamento de dogmas religiosos; Ha um tom de "algo podre no reino da dinamarca" que permeia todo o cenário: teria a Terra passado realmente por um dilúvio "divino", ou seria uma outra causa? estaria a Igreja realmente levando a cabo a vontade "divina", ou apenas manipulando o povo para seus interesses? Seriam os Engel realmente anjos do Senhor? Se não, então o quê são eles, e como explicar seus dons e poderes? Se sim, estariam eles fazendo realmente a vontade do Senhor ao obedecerem à Igreja? E porquê não há nenhum Engel adulto? Por quê mesmo os jovens, quando se aproximam da fase adulta, desaparecem da face da Terra ? (dizem que são convocados pelo Senhor, de volta ao céu. Será? )

    A resposta pra todas essas perguntas é respondida no póprio livro (de forma surpreendente), mas o livro deixa claro que não é para os jogadores (ou pelo menos não de início), apenas para o mestre.

    - - - -

    O único ponto fraco unânime do jogo: o sistema. A única versão em inglês é da White-Wolf lançada em 2002 (o original é alemão), e eles cortaram o sistema original alemão (de cartas de tarôt, à la Everway e Falkenstein) e substituíram por d20. O problema não é nem o d20 em si, mas a forma como foi implementada - não retrata nem um pouco as características da ambientação, é um copy-and-paste nú e crú do OGL. Eles poderiam pelo menos ter modificado à la Mutants & Masterminds e Spycraft, mas não, foram preguiçosos. Resultado: não vendeu. Os fãs de d20 não compraram (provavelmente porque acharam o cenário bizarro demais), e os fãs de jogos bizarros à la Everway e Falkenstein não compraram por causa do sistema d20. :osigh:

    Já eu, como bom colecionador de bizarrices, comprei. Ele vai enfeitar minha estante ao lado de Planescape, Unkonwn Armies, Everway, Falkenstein, e Nobilis. :joy:
     
    Última edição: 24 Mai 2007
  2. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Povinho preconceituoso, huh? :roll:
     
  3. Elminster

    Elminster Usuário

    Achei legal o cenário, bizarro preenche meus desejos também :joy:

    o ar de mistificação e dúvida sobre a religião é dominante, criando assim receio sobre os seres que devem guiar e proteger a humanidade, um jogador experiente realmente pode conquistar o poder duradouro, mas como não existe adultos entre os engel então a linha de vida fica semelhante á vampiro :think:
     
  4. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Eu não tenho como falar do sistema se nem vi o livro. Mas não entendi uma coisa da história. Como podem duvidar da Igreja ou de Deus no cenário se existem os Engel por aí para provar?
     
  5. Armitage

    Armitage Usuário

    Na verdade as massas são (quase) completamente devotas, tanto quanto OU ATÉ MAIS do que eram na idade média. Só quem tem alguma fração de conhecimento, por meio de livros, registros, e vestígios de tecnologia , é que conseguem "expandir os horizontes" o suficiente para começar a suspeitar.

    Na verdade, o principal fator de desconfiança são os próprios Engel - ao atingirem a maturidade, começam a ter visões e sonhos esquisitos, que os remetem a algum tipo de "vida passada humana" ou algo assim. Isso os deixa confusos, loucos, depressivos, e é nesse momento que são chamados pelo senhor para retornar ao céu. Seria a impuridade humana ao redor afetando suas mentes? Ou seria alguma coisa a mais?

    A maioria atende ao chamado e retorna ao céu. Mas alguns abandonam completamente a causa divina, se sentem traídos e confusos, e começam uma rebelião contra a igreja em busca da verdade. Óbviamente isso gera desconfiança da pequenina parcela da população que fica ciente desses "Anjos Rebeldes".


    (hehehe tô doido pra contar logo o segredo!!! :mrgreen: )
     
    Última edição: 24 Mai 2007
  6. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Cara, ninguém aqui vai ler o livro. Conta a porra do segredo. :jornal:
     
  7. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Eu ia dizer isso, hehehe
    Mas eu tinha viajado. Falou am anjos, ou sugeriu isso, eu imaginei mesmo o pessoal com asas, espada, voando.

    edit.: ah,duh, é só colocar o segredo com a tag de spoiler. Quem não quer, não lê.
     
  8. Regente

    Regente Serenity Painted Death

    Eu também estou curioso para saber, Armitage!
    Se for necessário, pode me contar via MP.
     
  9. Armitage

    Armitage Usuário

    Mas os caras têm tudo isso aí.

    Ok, então lá vai:

    SPOILERS (como se alguem fosse tapar os olhinhos agora )



    É tudo mentira. :mrgreen:

    Não houveram pragas bíblicas, mas sim doenças mundanas. O Segundo Dilúvio foi apenas o derretimento das calotas polares. O clima, a fauna e flora está toda alterada por cauda das catástrofes causadas pelo próprio ser humano.

    Não existem anjos de verdade, a Igreja não tem nada de divina. Ela é simplismente o único retentor da alta-tecnologia de eras passadas, por isso bolou essa parada de religião, anjos, deus, etc. para manter seu controle sobre o mundo. Os anjos são adolescentes carregados de nano- e bio-tecnologia (com asas bonitonas também), e que são vítimas de lavagem cerebral (por meio de uma droga ou algo assim, ainda não li isso), cujo efeito começa a passar no fim da puberdade. Eles são monitorados 24h pela Igreja (através de algum tipo de sinalizador que têm implantado no corpo). Daí quando atingem a maturidade, são chamados pelo senhor para voltar ao céu: lá no alto das nuvens, no topo da sede da igreja, em Roma Eterna, está os "portões do céu" ( uma grande fornalha hehe). Aí dizem pro coitado que a missão dele está cumprida, parabéns e bla-blá, e que esse "Portal de fogo" é o último passo para te purificar das impurezas causadas pelo tempo de convívio aqui. siga em frente e prepare-se para encontrar o Criador". E o coitado é incinerado.

    O problema é que alguns Engel não resistem às tentações e pensamentos mundanos e fogem, e procuram saber a verdade (nessa fase os Engel começam a ter desejos sexuais, o que causa um enorme conflito interior, já que sexo é repudiado pela Igreja). Daí eles descobrem alguma parte da verdade e se sentem traídos, tornado-se "anjos rebeldes", combatendo secretamente a Igreja.

    A única coisa que o livro deixa em aberto são os "infernos" e suas deformidades, assim como seu líder - The Lord of the Flies. Essa parte do meta-plot ficou delegada para outros suplementos (que a White Wolf nunca lançou), e fica à criatividade do GM. De qualquer forma, o livro parece deixar no ar 2 possibilidades:

    A) É tudo tecnológico também: "infernos" nada mais seriam do que explosões nucleares/nano-tóxicas/etc que contaminam a região onde explodem, vindos provavelmente de alguma inteligência (artificial ? ) ainda operante em algum lugar do espaço (estaçoes orbitais? ), ou em alguma região longínqua da Terra.

    B) Os Infernos são pra valer: os "Infernos" e o Lord of the Flies venham realmente do Inferno. Toda a Terra na verdade já foi abandonada a muito tempo pelo criador (se é que existiu um algum dia) e tá todo mundo fu****, já que o "Bem" é uma farsa mas o Mal é real.

    (essas alternativas são invenções minhas, mas creio que não passaria muito longe do que estava na mente dos autores. Sei lá.)


    Pronto. Contei. E aí? Excitante? Inesperado? Completamente escroto?


    EDIT: acabei de ler que na Alemanha já saiu a 2º edição, que avançou o meta-plot, e provavelmente esclareceu mais coisas. Mas a White Wolf não continuará a publicar essa linha, ou seja, só quem lê alemão poderia saber do resto.
     
    Última edição: 24 Mai 2007
  10. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    Nesse jogo, você joga com os tais anjos ou com pessoas comuns??
     
  11. Armitage

    Armitage Usuário

    Tanto faz. Apesar de o foco ser nos Engel*, o cenário é recheado o suficiente para criar todo tipo de aventuras. Em termos de sistema, o livro básico só traz regras para criar anjos, mas levando em consideração que a maioria nem usaria esse sistema mesmo, é só uma questão de adaptação para seu sistema preferido.


    *Alguem aí sabe o plural de Engel em alemão?
     
    Última edição: 25 Mai 2007
  12. Lukaz Drakon

    Lukaz Drakon Souls. I Eets Them.

    Parece ser bem foda. Um bom cenário para se fazeruma campanha de sobrevivência e descobertas sombrias.
     
  13. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Engels, Armitage.
     
  14. Elminster

    Elminster Usuário

    Isso vai revoltar os cristãos. :gira:
     
  15. Regente

    Regente Serenity Painted Death

    *cof cof Lobo cof cof*
     
  16. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Mas os cristãos já não sabem que é tudo mentira? :think:
     
  17. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    O cenário parece interessante. Sabe, é capaz de existirem vários rpgs interessantes, mas que acabam indo pro limbo devido a diversos fatores (falta de propaganda, por exemplo). É triste ver que o mercado está se resumindo a poucos sistemas e editoras. Potr mais que existem várias editoras e sistemas, o mundo do rpg se resume a Wizards/White-Wolf/Steve-Jackson-Games e seus derivados.
     

Compartilhar