1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Autor da Semana Emily Brontë

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Atyarwen, 24 Jan 2014.

  1. Atyarwen

    Atyarwen A Hobbit-size Elf Usuário Premium

    Emily Brontë
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)




    "Embora seus sentimentos pelos que a cercavam fossem benevolentes, relações com eles ela nunca procurou, nem, com poucas exceções, as experimentou. E mesmo assim ela os conhecia: sabia seus costumes, sua linguagem, a história de suas famílias; podia ouvir sobre eles com interesse, e falar deles com detalhes (...); porém, com eles, raramente trocou uma palavra".
    Charlotte Brontë, no seu prólogo para a edição de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    de 1850.



    Biografia

    Emily Jane Brontë (Thornton, 30 de julho de 1818 - Haworth,19 de dezembro de 1848) foi uma escritora e
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    britânica, autora do romance Wuthering Heights(O Morro dos Ventos Uivantes), hoje considerado um clássico da literatura mundial. É a quinta dos seis filhos de Patrick Brontë, vigário da Igreja da Inglaterra, e Maria Branwell, e irmã de Charlotte e Anne, também escritoras. Ela escrevia sob o pseudônimo masculino Ellis Bell. É, das três irmãs, a que menos se têm informações, vivendo reclusa e introvertida.

    Em1820, sua família mudou-se para Haworth, onde o pai de Emily foi um curador, e nestes arredores o seu talento literário floreceu.

    Depois da morte de sua mãe em 1821, de câncer, a austera tia Branwell foi morar com eles, e as crianças foram mandadas para um colégio interno em Cowan Bridge, o Clergy Daughter's School, onde sofriam castigos, alimentavam-se mal e não dormiam, devido ao frio. Tal situação, foi mais tarde descrita por Charlotte, em seu livro Jane Eyre. Duas das irmãs de Emily, Maria e Elizabeth, faleceram devido às condições do internato, e o pai resolveu levar as crianças, definitivamente, de volta para casa.

    As três irmãs, junto com seu irmão Patrick Branwell, passaram a ser educados em casa por seu pai e uma irmã de sua mãe, Elizabeth Branwell. Nessa época, apesar da falta de educação formal, as crianças tinham acesso à uma grande variedade de publicaçĩoes, e entre seus favoritos incluíam Sir Walter Scott, Byron, Shelley e a Blackwood's Magazine.

    Blacwood's Magazinefoi uma revistabritânicapublicada entre 1817 e 1980. Foi fundada pelo editor William Blackwood e chamou-se inicialmenteEdinburgh Monthly Magazine. O primeiro número surgiu em abril de 1817 sob a direcção de Thomas Pringle e James Cleghorn. A revista não teve êxito e Blackwood despediu Pringle e Cleghorn, relançando-a com o títuloBlackwood's Edinburgh Magazinee sob sua própria direção. Posteriormente foi adoptado o nome definitivo, mais curto, sendo que desde o seu relançamento a revista se autodesignava porMaga.

    Em casa, a nova empregada Thabitha (Taby) costumava contar-lhes histórias, e anos mais tarde Emily a homenageou como a fiel personagem de Nelly Dean, em "O Morro dos Ventos Uivantes". As 3 meninas, Charlotte, Emily e Anne, aprendiam tarefas domésticas e o único filho homem,Patrick(costumavam chamá-lo de Branwell), aprendia grego e latim com o pai.

    Emily e os irmãos criaram, em suas brincadeiras, várias terras imaginárias (Angria, Gondal, Gaaldine), inspiradas numa caixa de soldadinhos de chumbo com que Branwell tinha ganho de seu pai. Tais terras imaginárias eram relatadas em detalhes, jornais e outros artigos que as crianças costumavam escrever, e onde seus soldados de chumbo, presente do pai, costumavam “morar”, e ter aventuras com Duque de Wellington e seus filhos, Charles e
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . Poucos dos trabalhos de Emily neste período sobreviveram, exceto por alguns poemas de seus personagens. (The Brontës' Web of Childbood, Fannie Ratchford,1941).

    Quando Emily fez 13 anos, ela junto com Anne deixaram de participar nas histórias de Angria, e começaram uma nova sobre Gondal, uma ilha fictícia, com mitos e lendas que preencheriam a vida das duas irmãs. Com exceção dos poemas de Gondal de Emily, e a lista de nomes de personagens e lugares de Gondal feita por Anne, nada mais foi preservado. Alguns “diários” de Emily sobreviveram, onde ela descreve os eventos que ocorriam em Gondal, alguns dos quais foram escritos, outros representados com Anne. Há um datado de 1841, quando Emily estava com 23 anos, e outro em 1845.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Aos 17, Emily entrou para Roe Head, uma escola para meninas, onde sua irmã Charlotte lecionava, mas acabou ficando poucos meses, pois começou a sentir saudades de casa. Ela voltou pra casa, e Anne foi para seu lugar em Roe Head. Até este poto, o objetivo das irmãs era se educarem para abrirem sua própria escola.

    Emily tornou-se professora na at Law Hill School em
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , aos 20 anos. Sua saúde piorou sob o stress de 17 horas de trabalho ao dia, e assim, ela voltou para casa em 1839. Emily passava os dias, em casa, solitariamente. Nos intervalos dos afazeres domésticos, compunha versos que escondia. Aprendeu alemão por conta própria, e praticava piano.

    Charlotte resolveu partir para a
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    em 1842, para trabalhar, levando Emily consigo, com o objetivo de aperfeiçoarem seu francês e alemão. Há nove artigos em francês de Emily, deste período, preservados. Em
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , conheceram o Professor
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , por quem Charlotte se apaixonou, apesar de ele ser casado, e posteriormente retornam para Haworth, devido à morte da Tia Branwell e Taby estar doente. Ali tentam abrir uma escola em sua casa, porém, devido ao lugar remoto, não conseguem atrair alunos.

    Anne e Branwell vão trabalhar de preceptores, e Emily e Charlotte ficam em Haworth. Em 1844, Emily começa a revisar seus poemas, copiando-os em dois cadernos, um deles chamado de “poemas de Gondal”. Em 1845, Charlotte descobre os poemas de Emily e quer publicá-los, juntamente com os seus e os de Anne. Em janeiro de 1846, uma pequena editora aceitou publicar o livro a expensas das próprias autoras, e foi usada, para isso, a herança da tia. Foram publicados em um único volume, intitulado “Poemas de Currer, Ellis e Acton Bell, todos pseudônimos masculinos, com as iniciais dos nomes das irmãs Brontë. Apesar de apenas dois exemplares serem vendidos, as três irmãs não desanimaram, e cada uma começou a escrever sua narrativa.

    Charlotte foi a primeira a publicar,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ,
    sob o pseudônimo de Currer Bell, atingindo grande sucesso. “
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    "
    (“O Morro dos Ventos Uivantes”), foi publicado em 1847, sob o pseudônimo Ellis Bell, junto com Agnes Grey de Anne Brontë. O verdadeiro nome de Emily passou a ser publicado apenas a partir de 1850.

    O livro de Emily foi malcompreendido na época, devido ao clima tenso da história. Embora tenha recebido críticas na época em que foi lançado, posteriormente o livro foi incluído no cânone dos clássicos da literatura inglesa. Recebeu várias versões oficiais no cinema e inúmeras adaptações.

    Embora exista uma carta de seu editor, indicando que Emily tinha começado uma segunda obra, o manuscrito nunca foi encontrado.

    Emily morreu em 19 de dezembro de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , com tuberculose, e foi enterrada na igreja de St. Michael and All Angels Cemetery, Haworth, Oeste de Yorkshire, Inglaterra.
    O irmão Branwell morrera no mesmo ano, 1848. No ano seguinte morre sua irmã, Anne Brontë.
    Emily Brontë nunca soube a extensão da fama que conquistou com “O Morro dos ventos Uivantes”, pois faleceu um ano após o lançamento do livro, com apenas 30 anos.


    Fonte: Wikipédia em "
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ".



    Adaptações



     
    Última edição: 24 Jan 2014
    • Ótimo Ótimo x 8
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Bel

    Bel Moderador Usuário Premium

    O Morro dos Ventos Uivantes é um livro difícil e depressivo até, IMO. Mas é até bom ver que nem todo livro da época tinha final feliz e meloso =P
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  3. Atyarwen

    Atyarwen A Hobbit-size Elf Usuário Premium

    sim. Bom, foi um dos primeiros clássicos que li quando jovem, numa época que todos liam a série Vagalume. Embora seja uma história um tanto triste, é como você disse: é diferente de outros romances da época.
    ah, quero editar mais tarde e colocar as versões para TV e cinema que existem
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  4. Liv

    Liv Visitante

    • Mandar Coração Mandar Coração x 2
  5. Bruce Torres

    Bruce Torres Let's be alone together.

    • Gostei! Gostei! x 1
  6. Liv

    Liv Visitante

    Tem uma outra também, né?
     
  7. Bruce Torres

    Bruce Torres Let's be alone together.

    Tem várias, rs. Sei de uma estrelada pelo Timothy Dalton - que a Kate Bush teria assistido e que teria inspirado-a a compor "Wuthering Heights" - e outra pelo Laurence Olivier.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • LOL LOL x 1
  8. Atyarwen

    Atyarwen A Hobbit-size Elf Usuário Premium

    é a minha favorita. E também a trilha sonora, como @Bruce Torres disse.
    Aliás, eu li o livro primeiro, depois fui procurar o filme, vcs também?

    E estes dias assisti uma adptação onde o Heathcliff é negro. Meio parado, parado ....
    E tem uma série também, baixei, mas não assisti ainda.
     
  9. Liv

    Liv Visitante

    Olha, eu lembro de ter visto esse filme passando na televisão quando criança. Depois de anos, quando li o livro fiquei com aquele déjavu na cabeça hahaha

    Então, eu li sobre essa adaptação que você citou @Atyarwen , indicas?
     
  10. Bel

    Bel Moderador Usuário Premium

    Não vi nenhuma adaptação ainda ><
     
  11. Liv

    Liv Visitante

    Essa da imagem é boa, Bels. Mas a "Catherine" não é tão boa quanto a do livro, IMO.

    É essa daqui, tá? (o post duplo é por uma boa causa hihihi )

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  12. Atyarwen

    Atyarwen A Hobbit-size Elf Usuário Premium

    olha, se você for apaixonada pelo livro, até indicaria. Mas achei muito parada. O Heathcliff quase não fala nada, e o filme é escuro. E corta bastante partes do livro.

    (ps: aqui no trabalho não abre as imagens!!!! rs)
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  13. Bruce Torres

    Bruce Torres Let's be alone together.

    Minha mãe vive assistindo esse filme, rs.

    1) Creio que essa seja a estrelada pela Kaya Scodelario, certo? Não lembrei na hora que citei pra Liv, mas acho que é essa mesma.
    2) A série é estrelada pelo Tom Hardy, certo?
     
  14. Liv

    Liv Visitante

    Tem uma na BBC com o Colin Firth tetéia <3
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  15. Atyarwen

    Atyarwen A Hobbit-size Elf Usuário Premium

    sério? onde? aimeudeus Colin Firth!

    1 - certo, e a atriz que faz ela criança é a coisa mais fofa.
    2 - certo!


    pessoal, editei o texto e acrescentei as adaptações! :)
     
    Última edição por um moderador: 24 Jan 2014
  16. Erendis

    Erendis I'm a motherfucking woman

    ôôô suas gurias! vocês querem me matar?
    será o benedito, que vou ter que assistir essas adaptações de um livro que eu não gostei???
    assim, eu já comentei que não consegui ler o livro todo, à despeito disso, o tópico ficou muito bom, parabéns Atyarwen!
    eu já assisti ao filme com o Ralph Fiennes e Juliette Binoche, mas faz muitos anos, não lembro se gostei ou não, além do que, por algum motivo escuso, eu sempre confundo ele com A Casa dos Espíritos (sim, eu sei que é nada a ver, mas eu confundo, não consigo evitar)...
    enfim, mesmo não sendo "fã" da obra, eu não poderia deixar de elogiar um tópico bem feito :abraco:
     
    • Mandar Coração Mandar Coração x 2
    • LOL LOL x 1
  17. Clara

    Clara O^O Usuário Premium

    O livro é depressivo em alguns momentos, mas vocês também não acharam o final romântico e até feliz com a Catherine e o Hareton?
    Eu achei os dois muito fofos.
    E, em alguns momentos a história é até engraçada com o narrador almofadinha da cidade metendo o nariz na vida do Heatcliff e ficando preso lá na casa por causa da nevasca, com aquele velho pentelho lançando maldições em todo mundo.
    E tem aquele lance de ele ver o suposto fantasma da Catherine e acordar gritando no quarto (onde ele não deveria estar) e o Heatcliff não tem a menor paciência com ele.
    Eu achei isso bem engraçado, desde a primeira vez que li.
    (:

    Sobre os filmes, e gosto muito
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , de 1939.
    Conta só a parte do Heathcliff e da Cathy, não tem o desfecho do jovem casal Catherine e Hareton.
    Acho esse filme bem romântico (o Heathcliff do Lawrence Olivier é até um tanto bonzinho! :lol: ) e por ser preto e branco, tem uma atmosfera bem gótica.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Mas acho que a melhor adaptação é mesmo
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    com a Juliette Binoche e o Ralph Fiennes.

    E
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    (feita pra TV) eu não assisti mas quero muito ver, porque pareceu ser bem fiel ao livro e porque tem o Matthew Macfadyen como Hareton Earnshaw.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • Mandar Coração Mandar Coração x 2
  18. Liv

    Liv Visitante

    Ai, o Mister Darcy em O morro dos ventos uivantes. Morri!
     
    • LOL LOL x 2
    • Gostei! Gostei! x 1
  19. Erendis

    Erendis I'm a motherfucking woman

    a @Clara V. quer matar a gente!!! Definitivamente eu vou ter que assistir essa versão! Benzadeus! Matthew é tudibão!
    @Liv também curte o Matthew é?? :amor:
     
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  20. Liv

    Liv Visitante

    • Mandar Coração Mandar Coração x 1

Compartilhar