1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)
  1. Ulmo- o grande

    Ulmo- o grande Não quero + passear com esse

    Eu me lembro de essa questao ja ter sido levantada no Forum, mas nao conseguir achar o topico, por isso achei mais correto perguntar novamente ao inves de ficar remoendo a duvida...Quando Elros decidiu pelo lado dos homens, seus decendentes ja nao poderiam mais escolher seus destinos, pois seriam homens, de acordo com a escolha de seu antepassado. Porem, quando Elrond escolheu o caminho dos elfos, seus filhos puderam escolher o caminho dos elfos(Elladan e Elrohir) ou o dos homens (Arwen)...eu gostaria de saber o porque disso, porque que os descendentes de Elros nao podiam escolher mais, e os descendentes de elrond podiam???
     
  2. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    Apenas enquanto os descendentes escolhessem ser elfos aqueles que lhes sucediam tinham essa chance de optar pela raça a que queriam pertencer. Por exemplo, a partir do momento em que Arwen passou a ser humana, os seus filhos também só eram Homens. Foi isso que os Valar decretaram - talvez porque acharam que os filhos de Homens deveriam partilhar o mesmo destino dos seus pais; enquanto que em relação aos Elfos não havia essa necessidade.
     
    Última edição: 27 Mai 2007
  3. Anarien

    Anarien Usuário

    Devido a dadiva dos homens.Nemhum ser nascido mortal poderia tornar-se imortal.
     
  4. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Aparentemente, mesmo não auto-sustentando-se, creio que a questão da Dádiva pesaria neste caso. Um meio elfo, que escolhera ser elfo, dá a luz a elfos, ab initio, que por sua vez podem escolher seus destinos.
    Enquanto um humano, dará a luz a um mortal, que não pode (por via de regras) ascender à imortalidade.
     
    Última edição: 28 Mai 2007
  5. Aranarth

    Aranarth Romendácil

    Concordo com os argumentos dos 3.
    Fecho a conta e passo a régua.
     
  6. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    De fato, creio que seja, em suma, isso. =]

    Abraços.
     
  7. Vilya

    Vilya Pai curuja, marido apaixonado

    Os meio-elfos que escolheram o destino dos homens foram justamente os que se casaram com humanos. Ao fazerem essa escolha lhes foi permitido "trocar" a imortalidade pela dádiva da morte que é herdada pelos seus descendentes. Assim, apesar de terem antepassados elfos, seus filhos serão humanos.

    Já os meio-elfos que escolheram o destino dos elfos têm descendentes meio-elfos. Cada meio-elfo escolherá, a seu tempo, o seu destino.

    A esposa de Elros era humana, ele escolheu pelo destino dela selando a sorte de seus filhos e dando-lhes a dádiva da morte. Já a esposa de Elrond é elfa, Arwen optou pela mortalidade na época em que decidiu se casar com Aragorn.
     
  8. grlopez

    grlopez Usuário

    Realmente é controverso o ponto.

    Os valar impõem que não poderia mais "existir" meio-elfo. Tínhamos 2 existentes, Elrond e Elros.

    Eles estavam como meio elfos pois não eram nem humanos nem elfos, por completo. Os Valar então impõem que optem pela dádiva dos homens ou pela imortalidade.

    Elros encerra a possibilidade de qualquer descedente seu escolher a "elficidade" ou a humanidade quando toma seu caminho junto aos edain. Elrond opta pela vida dos eldar.

    O que vem a obscurecer a questão é o seguinte: os filhos de Elrond não tem essa faculdade de optar pela humanidade. Eles são elfos.
    O que acontece é que eles experenciam um período de êxodo dos elfos na TM, onde para eles não há mais futuro. Todas as suas obras iriam perecer e começaria o tempo dos homens. Com a passagem de Galadriel e por marco a de Elrond, acaba a era dos elfos na TM. Ali sua vida não era mais possível e qualquer um que permanecesse na TM perderia o fogo eterno, a "vida dos eldar". Ele nao viraria um humano.
    Arwen não se torna humana, tanto que nos apêndices é dito que dela e de Aragorn é restaurado o ramo dos "meio-elfos". São meio-elfos sem a "vida dos eldar" e sem sequer a chance de escolher passar para o Oeste e desfrutar da imortalidade.
    Concluo que Arwen não torna-se humana e sim opta pela mortalidade não como um botãozinho que se aperta, e sim ao não seguir os elfos (os quais o tempo e efeitos ["vida dos eldar"] deixam de existir por completo com a passagem de Elrond e desaparecimento dos três), da qual ela "experimenta o gosto amargo" pouco depois. Earendil vira imortal mais ainda é humano, p. exemplo. O filho deles (Arwen e Aragorn) é meio-elfo e não pode escolher ir ao Oeste e ser imortal, ele será meio-elfo sem vida dos eldar e vai morrer na TM.
    Portanto, passagem de Elrond = marco fim dos elfos na TM = marco de qq possibilidade de "vida dos eldar". A opção de ficar é que dita que ela vai sim morrer.
     
    Última edição: 31 Mai 2007
  9. Istui Gil-Eredh

    Istui Gil-Eredh Elder Elda

    Elrond e seus filhos eram meio-elfos, eles poderiam escolher entre morrer ou não, mas continuariam meio-elfos.

    Meio-Elfo é diferente de mortal e imortal, os Meio-elfos podem escolher em que família serão julgados. Por isso, quando Elros escolheu a morte, todos os seus filhos eram mortais. Quando Elrond escolheu a imortalidade, seus filhos continuaram escolhendo, mas quando Arwen optou pela mortalidade, seus filhos não tinham mais esse direito.

    Só para constar, Eldarion, filho de Aragorn, era homem, não meio-elfo...
     
  10. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Exatamente.
    A cisão está somente na questão da escatologia das raças.
    Mortal, ou imortal. Mas um meio-elfo não se torna elfo ou humano, plenos.
     
  11. Vainkan

    Vainkan Não sou um

    Sou muito curioso sobre esse tema dos meio-(coloque aqui sua raça), e agradeço a vocês por terem resolvido essa duvida..


    mas isso me recorda de outra que tenho...


    Elros e Elrod tinham a orelha pontiaguda ou arredondada??
     
  12. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Creio que essa questão não seja descrita, nem mesmo ao tratar os seres plenos, como elfos, etc.
    Caso, isso embasado em suposições, fosse a questão, seriam elas pontiagudas, se é assim que podemos afirmar ser a orelha de um elfo nas obras.
    Sendo assim, a aparência de Elrond seria a de um elfo, e de Elros a de um humano.

    Abraços.
     
  13. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    Bom, isso levanta algumas questões. Se me recordasse de haver uma descrição de Elrond n'O Senhor dos Anéis que indicasse que ele tem orelhas pontiagudas, certamente ajudaria, mas de momento a minha memória está um pouco enferrujada.

    Bom, o avô deles, Tuor, era um Humano, que tinha portanto as orelhas redondas; seria lógico pensar que Eärendil, o seu filho, e pai dos dois citados, também teria orelhas redondas, mas acontece que ele também era filho de Idril, uma Elfa, pelo que a questão complica um pouco. Mas como Eärendil parece evidenciar características de um elfo, como por exemplo a vida prolongada, devemos supor que também teria orelhas pontiagudas. Ora, Elrond e Elros também sempre tiveram características de elfo no início da sua vida em Beleriand - apenas mais tarde Elros viria a optar ser um Homem. Fica meio complicado então compreender o que lhe aconteceu. Elros foi efectivamente um elfo durante um tempo - podemos supor que tinha orelhas pontiagudas nessa altura, acho. Depois se tornou um Homem - as suas orelhas se foram tornando redondas então? Ou eram pontiagudas, devido à sua ascendência élfica, mas a sua descendência já as tinha redondas?

    Acho que a dificuldade com esta questão se relaciona com o facto de o assunto nunca ter sido esclarecido - Tolkien provavelmente nunca o abordou. Então teremos de especular um pouco, ou aceitar uma determinada resposta mesmo que esta não esteja devidamente explicada - por exemplo, que quando um meio-elfo escolhia ser Homem, as suas orelhas se tornariam redondas.
     
  14. MaxDirty

    MaxDirty Firefox Enthusiast

    Realmente só dá para especular sobre isso porque até onde a minha memória e meus conhecimentos vão, nunca é descrito tal mudança na "raça" do personagem.

    Eu chuto que os "meio-elfos" nasçam com as características humanas e conforme for sua decisão, as mudanças físicas vão alterando a pessoa. Isso porque todos os relatos sobre "meio-elfos" que temos falam que os principais traços são humanos, isto é, o gene humano é dominante.
     
  15. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Não ressaltaria o gêne, mas sim a questão da escolha.
    Elrond escolhe viver como um elfo (a despeito de ser um meio-elfo), e Elros decide viver como humano. Apenas a partir dessa colocação que norteio minhas suposições.
     
  16. MaxDirty

    MaxDirty Firefox Enthusiast

    Ta, mas a questão é depois que ele cresce, passa por experiencias e escolhe.

    Como é um bebe meio-elfo? Mais parecido com um humano, com um elfo? Se descobrir isso em alguma HoMe já matou a charada :wink:
     
  17. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    Sim, acho que é o mais adequado. Até porque não só Tolkien não era nenhum cientista, e raramente (ou nunca) desenvolveu o seu legendarium com base em algo desse foro, como quando na época em que viveu a genética ainda estava nos seus primórdios, e dificilmente ele saberia isso.
     
  18. Istui Gil-Eredh

    Istui Gil-Eredh Elder Elda

    Não creio que as mudanças fossem assim, pode-se ver que Legolas imediatamente reconhece em Imrahil sua ascendência élfica. Bem, seria pelas orelhas? E aliás, quem disse que elfos tem orelhas pontudas?
     
  19. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    A questão não é essa, mesmo entendo sua dúvida.
    A escolha, não está atrelada na aprência em si, mas sim na questão da mortalidade. A escolha a qual me referi, no entanto, remetendo-nos a Elrond e Elros, nos coloca a questão inicial (único momento no qual podemos incluir a aparência). A partir de então, teríamos os descendentes de Elros ao molde humano (mesmo tendo sangue élfico/divino nas veias) e a aparência élfica nos descendentes de Elrond.
    Não iremos encontrar nem mesmo nos HoME esse trato, não creio que era umas das preocupações formais de Tolkien, podendo ser essa alusão (que aqui usei) uma forma "racional" de entender a questão, um pressuposto imaginado pelo autor.
     
  20. MaxDirty

    MaxDirty Firefox Enthusiast

    Talvez ele tenha reconhecido o parentesco devido aos traços mais suaves, quase que "afeminados" em comparação com os gondorianos :think:
     

Compartilhar